versão 8.1

Pages: (2) 1 2  ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 Briss em Decadência?!, Começo de algo?...talvez um Mercenário?
LittleBear
 Posted: May 29 2018, 09:00 PM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro




Bris Kingdom é um reino em decadência. Há muitos anos, ele foi um grande império, mas depois de gerações lidando com diversos problemas, entre guerras, saques e desmandos reais, muitos cidadãos se mudaram para outros locais, o que reduziu consideravelmente o tamanho do reino. Hoje em dia o único negocio que mantém o reino vivo é a construção naval, e a líder real tem buscado incansavelmente alianças e negociações por todo o Blue para tentar reerguer o país. * E sim! Reergueremos nosso país.*

Esse é o estado atual do país, é triste saber que estamos passando por uma situação como essa, uma situação de crise no nosso reino, e isso não é nem um pouco agradável para mim que acabará de começar a criar um grande afeto a Briss, minha cidade natal. Se as coisas dependessem de mim seriam diferentes, eu faria o máximo de esforço possível para ajudá-los. *O máximo de esforço...*

Estava perdido em meu mundo, meu recomeço... mas não tinha nada a temer em seguir meu rumo, o rumo dos mares, o rumo que minha consciência me chamava. Usei essa crise como desculpa para encontrar meu caminho me deparando com a ideia de ressuscitar o reino. *todos merecem um bom lugar para viver*

Decidi viver como um mercenário tendo o objetivo de me destacar ali, chamando atenção de todos e principalmente ganhando a confiança da Rainha e, me tornar um aliado confiável dela. Para isso acontecer eu deveria ir de encontro com a fama, e melhor do que isso é ganhando reputação, obviamente que reputação positiva. E como eu poderia conseguir isso? Simples. Caçando as más influências da ilha, os famosos piratas... *aquelas malditas pessoas que tem recompensa devido ao seus crimes.*

Chegando a madrugada parti do abrigo, me despedi de meu mestre e segui em frente em direção da base de Jeann com o intuito de poder encontrar alguma informação. *Informação como pirata, situação da ilha, essas coisa importante, para tentar ajudar a reerguer o país de alguma forma, sendo diminuindo a taxa de criminalidade algo por ai.*

Spoiler
Qualquer dúvida em questão da minha péssima narração mandar pm. (Tenho apenas 14 anos.. tenha paciência ksksks.)
Obrigado por assumir seja lá quem for meu narrador. Minha personalidade não aparece muito, e só queria deixar claro que quando falo na minha personalidade ''Edgar é frio, não sente muita emoção pelos outros'' é apenas para piratas isso.

Dúvidas em relação a aparência do personagem. A seguir mostrando como ele é.
obs: esqueci de por na ficha então...né, vai ajudar.
user posted image


This post has been edited by LittleBear: May 29 2018, 10:17 PM

--------------------
mp
^
Tadiotto
 Posted: May 31 2018, 07:45 AM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



128 posts

Ficha

Tadiotto is Online

Fan-Ficker




Briss em Decadência?!

Decidido a fazer a diferença em Briss, Arthur deixava sua morada em meio a madrugada. O céu era coberto por uma fina camada de fumaça, proveniente das mais diversas chaminés que expeliam sua composição gasosa indicando o funcionamento ininterrupto do estaleiro de Godansk, cidade qual o jovem adentrava – teria de passar por ela para alcançar seu destino, a base da marinha que existia na ilha, próxima ao reino. O vento do outono soprava calmamente, levantando poeira, serragem e, vez ou outra, folhas que vinham da grande floresta. A cidade litorânea já teve dias melhores, mas ainda que vivesse momentos não tão agradáveis, Godansk tinha vida durante a madrugada.

user posted image


Vários estabelecimentos estavam iluminados, vozes podiam ser ouvidas, gargalhadas cortavam o som dos grilos e chamavam a atenção dos transeuntes, um generoso e acalorado clima boêmio dominava aquela parte em especifico da cidade e a quantidade mediana de pessoas passeando pelas ruas parecia gostar bastante disso.
Alguns poucos animais perambulavam pelo local, outros dormiam ou aguardavam ansiosos uma oportunidade de se alimentarem próximos as entradas dos estabelecimentos, quem poderia culpa-los? O cheiro de peixe e porco sendo preparados fazia com que qualquer um salivasse.
Foi então que algo captou a atenção do menino: um ganido, que se não bastasse o sofrimento transmitido, fora repetido mais duas vezes. O som, bastante desesperado, não parecia ter sido comovente – ou talvez alto, quem saberia dizer? – o suficiente para mudar o rumo de nenhuma das pessoas que passavam pelo rapaz. Parecia ter vindo de uma bifurcação a direita, mais a frente, que provavelmente daria na porta de um bar ou restaurante qualquer.
Independente se havia decidido ignorar ou ir verificar, o caminho que Arthur deveria seguir era o mesmo, e levava exatamente para o local anteriormente descrito. Seria isso um acaso do destino ou só o mestre tentando forçar uma oportunidade?
~x~

Ao passar pela bifurcação o rapaz notou que o espaço parecia diminuir, os bares, restaurantes e lojas invadiam ainda mais as ruas e isso passava a impressão de que o movimento ali era maior do que em outros pontos da cidade. Um bar em especifico chamava bastante atenção, era uma construção robusta de madeira escura, possuía um placa iluminada em sua fachada "El Xablau", com vigas grossas sustentando uma varanda não muito grande, as portas estavam escancaradas e possuíam diversas placas, anunciando as mais diversas comidas e bebidas, lá dentro Arthur conseguia ver o balcão, onde pedidos eram entregues a cada minuto, cerca de 6 mesas com cadeiras em volta e, em um canto menos iluminado pela luz vermelha bastante convidativa do restaurante estava uma escada que levaria ao segundo andar. Então...

- KUO-HO-HO-HO-HO-HO - Eclodiu uma risada, ela vinha do recinto que Arthur observava, mais especificamente do segundo andar, seguida de um ganido. Parecia ser o mesmo ouvido anteriormente.

E foi apenas isso, as pessoas na rua ou no restaurante pareciam acostumadas com a situação, não se incomodaram ou ao menos se assustaram com o barulho, parecia tudo tão comum para eles.

Agora eu deixo as decisões com você, o menino de cabelos brancos teria curiosidade de investigar o que estava acontecendo ou seu senso de dever diria outra coisa? Ainda faltavam algumas horas de caminhada para deixar a cidade e chegar até a base da marinha.

OFF ~ Opá! Tudo bem? Sinta-se livre para me comunicar via PM qualquer dúvida, se não gostou de algo, ou qualquer outra coisa. Use sempre o cenário a seu favor, eles podem saber de coisas uteis, isso não inclui apenas os objetos, mas as pessoas e animais também, obviamente se limitando ao que seu personagem consegue fazer.
~ E se divirta! É importante também :p
~ Se não quiser olhar o restaurante, pode narrar sua saída da cidade, ainda no meio da madrugada, que ai eu já entro com a descrição da base.

@LittleBear



--------------------
“All my life I have been pursued by the black dogs of unaccountable gloom”
FICHA ~ Q.N.
mp
^
LittleBear
 Posted: Jun 1 2018, 01:00 AM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro




Briss em Decadência?!
Começo de algo?...talvez um Mercenário?

user posted image
Agora mundo a fora me encontrava na rua de Briss na minha primeira vez vendo a madrugada da ilha. Não pude ter essa experiência antes porque vivia trancado em casa treinando com meu mestre, e depois dessa experiência era extremamente confortável sentir o ar puro não tão puro do estaleiro de Godansk.

Traçando meu trajeto pude ver animais ao meio do grande aroma de peixe e porco buscando uma única esperança de serem alimentados. Assim como eles eu também estava salivando e querendo uma daquelas refeições mas não pude fazer nada em relação a minha pança já que meus planos eram outros.

*barulho estranho* Hm... Acho que escutei algo mas não sei bem o que é, e não tenho nada a perder nesta manhã posso adiar um pouco meus planos, certamente vou atrás desse som e dar uma de detetive talvez melhorar minhas habilidades perceptivas antes de ir atrás de algum criminoso, um aquecimento talvez? Ou apenas eu aceitando a oportunidade do narrador.

Seguindo o som pude ver onde me enfiei um lugar onde as ruas pouco a pouco se fechavam e a movimentação parecia ser maior naquele local, acabei de ter a sensação de demofobia só que na verdade era só minha timidez que ficava evidente ali e provavelmente havia sido mais um dos motivos pelo qual eu entrei no restaurante El Xablau para me ausentar da multidão e acabei dando uma pausa respirando fundo. Aglomeração de pessoas não era muito o meu ponto forte por isso permaneci num canto mais reservado do restaurante para observar melhor.

KUO-HO-HO-HO-HO-HO – Mas que diabos de risada foi essa? Me espantei ao ouvir algo assim. Não era acostumado a escutar risadas exageradamente desse tipo e o motivo é simples, acho que nunca dei risada na minha vida ou tive tempo para ver alguém feliz. Eu nem sei o que estou fazendo nesse mundo apenas continuo por causa do meu pai.

*O mesmo som de antes* Opa! Esse som me parece familiar acho que escutei ele agora a pouco. Vualá, é o que estou atrás como não percebi haha.

Saí da minha zona de conforto e fui investigar o segundo andar. Não tinha motivos para voltar atrás e a única razão pela qual segui em frente a procura desse barulho era da minha ansiedade e curiosidade de procurar algo pra fazer, não apenas andar até meu destino. Mas também, poder ter história pra contar pros meus amigos. Droga! Esqueci que não tenho amigos, afinal, quem liga pra isso? Bem...eu ligo aff.

(OFF)
Bem como você já sabe eu perdi meu post no Word, travo bem na hora que cliquei em salvar.

Então decidi mudar um pouco meu estilo de narratção pra facilitar tentando fazer um estilo como se o personagem estivesse falando com ele no seu pensamento, talvez não fique evidente isso nas primeiras estrofes mas em algumas acho que vai dar pra ver melhor.

E também vou tentar mudar um pouco a personalidade do meu personagem e fazer um cara bem solitário que tem seus problemas de ansiedade, depressão, problemas sociais e por ai. Espero dar certo a nova forma que estou pensando.



This post has been edited by LittleBear: Jun 1 2018, 01:09 AM
mp
^
Tadiotto
 Posted: Jun 1 2018, 10:54 AM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



128 posts

Ficha

Tadiotto is Online

Fan-Ficker




Briss em Decadência?!

Arthur decidiu subir a escada, os funcionários do restaurante não pareciam fazer qualquer objeção a isso, demonstrando que aquela era uma área de livre acesso, ainda assim, a movimentação do mesmo atraiu alguns olhares curiosos, tanto das pessoas que comiam por ali quanto dos atendentes. Ao chegar ao topo da escadaria o garoto se deparou com um cômodo único, alto e espaçoso, sofás acolchoados formavam um círculo que era preenchido por uma mesa de vidro transparente. As paredes eram abarrotadas dos mais diversos quadros, quadros estes com pessoas usando chapéus (sombreiros) que o garoto nunca antes havia visto, algumas portavam armas e outras instrumentos musicais - que coisa mais bizarra, não é mesmo?

O cômodo, sem janelas, era iluminado por um lustre pequeno, exatamente no centro da mesa, com a mesma luz vermelha do primeiro andar. Do outro lado do cômodo estava a sacada, com uma porta única, fechada, será que ela estava trancada, jovem?
Era possível ver 4 pessoas sentadas. A luz fraca e única do cômodo não revelava com exatidão a face de todos, mas, da esquerda para a direita, Arthur conseguia identificar as seguintes aparências; um homem esguio, loiro, com uma barbicha que cobria apenas a ponta de seu queixo, ele aparentava ser alto, mas o garoto não conseguia ter certeza por causa de sua posição, tinha na face uma expressão de chateação, parecia emburrado, igual uma criança qualquer quando não tem o que quer; ao seu lado, mais precisamente na direita, estava uma forma estranha, de ombros largos, parecia mais baixo, porém mais musculoso que o anterior, usava uma camisa social apertada de colarinho fechado, sua cabeça era peluda, alaranjada e com listras negras, ele tinha pequenas orelhas no topo da cabeça - não parecia muito humano... ou talvez um humano bem estranho, vai saber. Ele estava de costas para Arthur, o que impossibilitava observar seu rosto; ainda mais para a direta, exatamente na frente do garoto, estava uma figura ainda maior, ocupava um espaço quase descomunal nos sofás, também utilizava uma camisa social branca, parecia menos apertada no pescoço, talvez indicando que estivesse aberta. Este, apesar do tamanho, parecia mais humano que o anterior, ou quem sabe um meio gigante, tinha um corte de cabelo diferente, curto em quase toda sua extensão, menos no topete, que era bastante avantajado e bagunçado, estava com os braços - e que braços! Tinham, sem exagero, quase a largura do garoto! - esticados por trás do restante do pessoal, segurando um charuto na mão esquerda, que queimava lentamente levantando um fio de fumaça. Também não era possível ver seu rosto já que estava de costas; mais a direita, e a última pessoa que Arthur conseguia ver era uma mulher, muito bonita, praticamente do tamanho do jovem, com cabelos loiros ondulados, a pele clara, parecia usar um uniforme escolar com uma saia, tinha as pernas estiradas por cima do encosto do sofá.

- KUO-HO-HOH-OH-HO-HO - Explodiu em risadas novamente o grande homem, ele ocupava um bom pedaço da visão do garoto, evitando que ele visse se havia ou não mais pessoas na frente do "gigante" -OHOH COF COF COF! - A risada então se tornou tosse, o homem levou a mão com o cigarro a boca e usando as costas da mesma a tampou até que melhorasse, passados alguns segundos deu um enorme trago, expelindo a fumaça para cima, aquela cena podia até mesmo ser considerada bonita, a fumaça dançava entre os raios de luz vermelha que tocavam levemente a sala.

- Já disse pra parar com isso... Você vai acabar morrendo! - Uma voz que não vinha de nenhum dos ali presentes, todos os olhos da mesa se voltaram em direção a quem, ou o que, estava na frente do "gigante".

- Se o Abrãã não morreu ainda - Balançou a enorme mão em direção ao homem esguio, talvez seu nome, ou apelido, fosse aquele - Porque eu, que me alimento bem vou ir primeiro?! KUO-HO-HOH-HO-HOH!

Todos na mesa riram, cada qual com sua risada unida, menos Abrãã, o homem esguio da ponta esquerda, permanecia emburrado. Arthur estava ali, parado na ponta da escada, sua furtividade talvez houvesse evitado que sua aproximação fosse percebida, ou as pessoas ali simplesmente não ligavam para o garoto, ele não tinha como saber.

- Morra. - Falou a mesma voz sem dono de antes, de forma fria, tão fria que o garoto sentiu um arrepio na nuca e então, o ganido ocorreu novamente, pobre animal. As pessoas na mesa riram mais uma vez.

Qual seria a atitude do menino de cabelos brancos? Se manteria ali ou, conforme seu instinto de vigilância parecia querer lhe avisar, deixaria o local?

OFF ~ Foi mal por ter prolongado tanto o post, espero que goste, qualquer dúvida em relação as aparências, local ou qualquer outra coisa é só me avisar.
Ah, e você não precisa fazer só as opções que eu deixo no último parágrafo, sinta-se totalmente livre para tentar qualquer coisa ou abordagem que lhe apeteça.

@LittleBear


This post has been edited by Tadiotto: Jun 1 2018, 11:16 AM
mp
^
LittleBear
 Posted: Jun 5 2018, 07:56 PM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro




Briss em Decadência?!
Começo de algo?...talvez um Mercenário?

user posted image
Me via em uma situação bem desconfortável ali vendo quadro de uns cara de sombreiro muito louco, e tenho quase certeza que aquelas pessoas eram de alguma organização tipo máfia, ta ligado? Mas não sabia. E ali escondido agora procurava uma oportunidade de descobrir a localização daquele barulho esquisito. Fiquei um tempo esperando e de olho fixo em um local que parecia estar ocorrendo algum tipo de reunião.

E novamente a risada de antes podia ser ouvida vindo de um cara gigantesco que estava na ‘’reunião’’. E agora sim pude entender o motivo das pessoas não se importarem com a risada irritante desse cara. Provavelmente o conheciam e não estavam afim de uma briga com um cara daqueles. Morte na certa...

Sem entender nada do que estava acontecendo vi umas pessoa dialogando e tals mas não me interessei muito naquelas pessoas, estava atrás do ganido mas não sabia que bicho era, isso é, se realmente era um bicho e não outra coisa.

Senti meio agoniado, algo parecia que ia dar alguma cagada, um mal pressentimento disso fez eu ficar mais cauteloso do que antes, mas, ainda sim permaneci no local queria mais informações, queria saber o que acontecia ali, queria entender tudo e poder desvendar o mistério do ganido. Enfim, permaneci quieto e tranquilo apenas observando mais um pouco.

@Tadiotto

mp
^
Tadiotto
 Posted: Jun 6 2018, 09:53 AM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



128 posts

Ficha

Tadiotto is Online

Fan-Ficker




Briss em Decadência?! ~ 03
Dado de Percepção - Detecção Oufativa
Spoiler
Rolling Dice! [d20 : 4] In the end, the result was: 4
(realizado no discord, 05/06/18, 21:16, caso necessite conferencia.)


Arthur resolveu manter sua posição, assim, sem dúvidas, colheria mais informações sobre o ganido, a única coisa que de fato prendeu sua atenção, até porque, quem não gosta de animais, não é mesmo? Não podemos julga-lo.
Para o jovem, os quadros poderiam representar um grupo mafioso, e de fato pareciam, mas as pessoas ali retratadas dificilmente estariam vivas hoje em dia devido ao desgaste apresentado nas fotografias emolduradas. Tudo que o garoto havia visto no restaurante, desde a entrada até a posição atual, parecia basear-se em uma cultura desconhecida, distante e talvez até mesmo esquecida.

- Abrãã, vamos lá, não fique assim, meu caro amigo! - Falou o "gigante", passando o braço pela frente do "homem" de cabeça peluda-alaranjada para cutucar com os largos dedos o companheiro magricela. O movimento levou consigo o charuto, a fumaça dançou em frente ao ser peludo e pareceu incomoda-lo. Em resposta o mesmo virou a cabeça na direção de Arthur em uma tentativa, bastante obvia, devido a sua expressão, de evitar a proximidade com o charuto e seu cheiro. Ele estava com os olhos fechados e apertados, e movia de um lado para outro seu agora bem visível focinho. Arthur nunca antes havia visto algo como aquilo, o ser possuía traços felinos, como um tigre, mas tinha trejeitos humanos, um hibrido, uma raça que, até o momento, lhe era desconhecida. Como o garoto reagiria a aquilo?

- Mil perdões, Jaja. Por vezes acabo me esquecendo como você é com esse seu maldito nariz, KUO-HO-HO-HO-HO-OHOHO-OH-HO-COF, COF... COF!

- Tudo bem, Bills. Sei que não faz por mal - A voz de Jaja era grave, ponderada, mantinha um ritmo único, uniforme, indicando um ser de bastante calma.

Enquanto falava seu focinho se movia como se tivesse vida própria, as aberturas laterais de seu nariz negro e brilhoso dançavam, como se degustassem de um odor deliciosamente atraente, separado de todos os outros que ocupavam aquele movimentado restaurante. Jaja, ainda sem abrir os olhos, aproximou suavemente a boca da orelha de Bills, o "gigante", e sussurrou: - Acho que temos companhia. - O movimento dos lábios, também negros, revelava presas ameaçadoras. A audição aguçada de Arthur permitiu que aquele sussurro se tornasse audível. O "homem-tigre" abriu os olhos brilhantes e alaranjados e focou-os no garoto de cabelos brancos, aquele era o olhar de um predador, mas, ainda assim, não parecia carregar maldade. Após o acontecido, Jaja se arrumou no sofá e voltou a se sentar virado para frente.

O silêncio imperou por alguns segundos até que Bills começou a se levantar. Parecia mais uma montanha criando pernas lentamente. Sua altura, cerca de 2 metros, obstruía até mesmo a luz da luminária vermelha no centro da sala. Com o movimento de Bills, a figura da voz misteriosa pode ser vista - o "gigante" não tem pernas que acompanhem o tamanho do seu tronco e membros superiores, logo elas não chegam a obstruir a visão. - O homem sentado na outra extremidade era magro, assim como Abrãã, possuía um cabelo longo, liso, castanho, que estava solto sob seus ombros. A sua frente, na pequena mesa de vidro, estava uma massa peluda-encaracolada, branca como a neve, imóvel. Só era possível identifica-lo como um animal, e não como uma almofada, porque suas patinhas eram visíveis (estava de barriga pra cima).

- Temos algum convidado? - Falou a voz recém identificada, sorria levemente, como se a presença de Arthur fosse algo que lhe traria divertimento. - Não se acanhe...

- Vai acabar assustando o jovem desse jeito. Você está perdido? Está com fome? O restaurante aqui é muito gostoso! - Bills não parecia ter maldade em sua voz e talvez realmente estivesse preocupado com o garoto. Havia se virado e estava de frente para Arthur. O restante dos presentes parecia não dar a mínima importância para a situação e permaneciam parados, sem sequer olhar para Arthur.

E então, o que o jovem de cabelos brancos faria? Confiaria naquele imenso estranho? Sairia correndo? Meteria a porrada em todo mundo por um motivo qualquer? Ou verificaria se aquele fofo animalzinho estaria bem?
Vale lembrar que você também pode optar por algo que eu não citei aqui, você tem liberdade para isso!



--------------------------
LOG
Spoiler
- NPCS IDENTIFICADOS -
Bills - grandalhão
Abrãã- magricelo emburrado
Jaja - "Homem" Tigre

Possível Hora Atual - 02:50 (não tem uma forma de identificar que horas realmente são)

Turno: 03


OFF ~ Lembrando que você pode cortar qualquer parte da minha narração com alguma movimentação ou ação súbita, como sair correndo ou atacar alguém, mas não tem garantia alguma de que isso vá dar certo, então sempre deixe uma linha de ação paralela, considerando a possibilidade de ter dado errado (caso escolha realmente cortar a narração em algum momento (ah, e deixe claro a partir de que momento começa sua ação caso for fazer isso.))
~ Sempre se lembre que tem liberdade pra fazer o que bem entender, compreendendo as consequências xD
~ Já me adianto e me desculpo pela quantidade de NPCs na cena, é que isso vai ser importante e assim que você identificar todos a narração fica mais fácil de compreender já que vou usar os nomes de cada um.


@LittleBear


Edit pra acrescentar a cor em uma fala, que eu acabei deixando passar.


This post has been edited by Tadiotto: Jun 6 2018, 11:47 AM
mp
^
LittleBear
 Posted: Jun 10 2018, 03:48 PM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro




Briss em Decadência?!
Começo de algo?...talvez um Mercenário?


No tempo em que fiquei ali reparei uma coisa bem incomum, dessa vez me surpreendia com um homem fantasiado de tigre e com uma ótima imitação que por sinal quase achei que fosse um humanóide animal, mas obviamente aquilo era um trabalho de muita dedicação e treinamento de imitação.

E essa mesma figura percebeu minha presença com uma maestria habilidosa com os olhos fechados e seu focinho falso. E após percebendo eu, fez questão de avisar seu companheiro gigante. Eu fiquei um pouco nervoso e não sabia o que eram eles, então fiquei um pouco em alerta para que nada acontecesse. Não sabia se eram do bem ou do mal.

E em passos de segundos todos já olhavam para mim como se eu já não fosse uma surpresa, acanhado fiquei um pouco assustado por terem me descoberto,e assim, lentamente comecei a me afastar do local olhando fixamente para eles atento para que ninguém tentasse algo contra mim, apenas o dever de casa do meu extinto de vigilância.

- Vai acabar assustando o jovem desse jeito. Você está perdido? Está com fome? O restaurante aqui é muito gostoso! – dizia o gigante com uma inocência que me convencia de certa forma a falar com ele, embora com poucas palavras dizia. – Comida? De graça? - Abandonei aquela postura cuidadosa já se lambuzando e pensando na comida, um dos meus pontos fraco. Com certeza não recusaria um prato de comida.

Vendo que tinha um animal ali cheio de pelo me lembrei do meu real objetivo ali, conferir se não havia nenhum animal machucado. - Hm...E-Esse bi-bicho ai não está sendo maltratado né?...- Um pouco gago apontei para o bicho de barriga pra cima demonstrando preocupação pelo coisinha e fiquei um pouco angustiado a espera de uma resposta sobre a comida.

(OFF)
Comida, agora!!! KK pra deixar mais legal preferi fazer meu personagem pensar que aquele cara ta fantasiado. Só isso gg vlw. Meu personagem tem 1.73 só pra avisar.


This post has been edited by LittleBear: Jun 10 2018, 03:50 PM
mp
^
Tadiotto
 Posted: Jun 10 2018, 04:42 PM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



128 posts

Ficha

Tadiotto is Online

Fan-Ficker




Briss em Decadência?! ~ 04
Comida era realmente uma oferta tentadora. O garoto rapidamente abaixou a guarda ao ouvir o "convite". - Claro. Eu pago. - Falou Bills, passando as pernas por cima do sofá e se aproximando de Arthur. - Vou leva-lo para fazer o pedido, Math. - Disse o "gigante" enquanto olhava para o homem na outra extremidade do sofá.

O jovem aspirante a caçador de recompensas logo se lembrou do real motivo de ter ido até ali, questionou o grupo sobre a situação do animalzinho, que logo mexeu uma das orelhas. - O nome dele é Junior, é o cachorro do Jaja! - Explicou Bills. O cachorro ouvindo seu nome rapidamente se pôs em pé na mesa de vidro, abanando o rabo e colocando a língua de fora.

Bills colocou a mão no ombro de Arthur e o conduziu até uma das mesas no andar de baixo. O garoto de cabelos brancos conseguia sentir um certo incomodo com o peso da mão do homem, mesmo parecendo que o mesmo não estava forçando-a intencionalmente, era apenas o peso natural do membro.

Bills ergueu a mão e logo um garçom se aproximou. - Olá, Sr. Bills, o que vai querer hoje?! - O garçom parecia conhecer o "gigante" e tratava-o com respeito, como um velho cliente.

- Traga um copo de suco de manga e alguns tacos de porco para ele. - O pedido para o garoto era um tanto quanto estranho, nunca havia ouvido falar dessa comida chamada "tacos". Logo que Bills terminou de falar o garçom assentiu com a cabeça, anotou em um pequeno bloco o pedido e foi em direção ao balcão. - Não é hora de alguém jovem estar na rua, sabia? Mas eu posso entender, nós que não temos casa vagamos por ai em busca de uma oportunidade melhor, independente do horário... - Parecia pensar que Arthur era um morador de rua. - Toma. Apareça para nos assistir. Tenho certeza que vai gostar. Talvez até encontremos um espaço para você! Bom, o garçom logo vai trazer sua comida. Tenha uma boa noite. - Bills havia colocado em cima da mesa um pequeno papel retangular, colorido, parecia uma entrada para algo. No convite havia o local, que não era muito distante dali, nos arredores da cidade, "Circ du Soleu", "entradas a partir das 16:00 hrs, indispensável a apresentação deste documento.”, e após isso, o homem sorria para Arthur, deixando a mesa e novamente subindo as escadas.

Não demorou muito para que a comida chegasse, era um prato grande, com coisas que mais pareciam pasteis, abertos e recheados com uma suculenta carne de porco cortada em cubos. Dentro destes "pasteis" também haviam algumas folhas verdes, o gosto daquilo tudo era um tanto quanto peculiar, mas extremamente agradável, como acompanhamento vinha o suco de manga. O garçom colocou o prato e o copo na mesa e se direcionou a Arthur. - Não precisa se preocupar, tudo por conta da casa. Tenha um bom apetit! - Retornando então para o balcão.

Arthur naquele momento tinha liberdade de continuar investigando o estranho grupo, mesmo sem nenhum motivo aparente, ou voltar a se focar em seu objetivo primário que era o de chegar a base da marinha. Caso a decisão seja a de ir até a base da marinha, pode narrar a sua ida ao local, você chegaria a base pela manhã.

--------------------------
@LittleBear
LOG
Spoiler
- NPCS IDENTIFICADOS -
Bills - grandalhão
Abrãã- magricelo emburrado
Jaja - "Homem" Tigre
Junior - O doguinho.
Math - Voz Misteriosa
Possível Hora Atual - 03:45 (não tem uma forma de identificar que horas realmente são)

Turno: 04



mp
^
LittleBear
 Posted: Jun 14 2018, 09:17 PM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro





Briss em Decadência?!
Começo de algo?...talvez um Mercenário?

Guiado pela mão do gigante senti o peso de suas mãos o que me fez ficar um pouco sufocado naquela situação, aliás eu sou um garoto magro, e era muito fácil me esmagar e nem perceber de que eu havia sido esmagado, aliás o vento compensaria meu peso.

Agora parado fiquei aguardando meu prato. O pedido era um tal de tacos, logo me veio a mente que tacos era algo usado em combate e que comer isso era loucura. Mas enquanto estava ali, Bills interagia comigo me convidando para assistir um tipo de um show ou algo parecido que me fez ficar bastante curioso, em seguida recebia o bilhete contendo todas as informações da apresentação.

16:00 Talvez eu dê um jeito de chegar lá nesse horário, mas agora vou comer isso que parece delicioso. Finalmente meu prato chegava e conhecia o ‘’tacos’’ da qual nunca havia visto e não perdi muito tempo encarando a comida e comi os primeiro pedaços me lambuzando tudo e vi que tudo aquilo era bom e continuei a comer, e definitivamente nunca tinha tomado o melhor suco de todos, com certeza o suco de manga se tornou meu suco preferido depois desse dia. Nunca esquecerei desse gosto.

Finalizando o prato com a boca suja continuei sem sequer usar um guardanapo e agora via que ter parado ali foi uma ótima ideia, com certeza aquele grupo teria meu apoio total depois do que aquele grandalhão fez por mim, alimentando um pobre garoto faminto. Levantei e parti até meu objetivo com altas expectativas agora que estava com a barriga cheia. Marinha! lá vou eu.

(Ao chegar lá, buscaria encontrar algum oficial e lhe perguntar sobre a criminalidade dali e se podia pelo menos saber se há boato de algum pirata na região de Briss, e também onde podia encontrar algum armazém de armas como espada, para ver se iria comprar, mas provavelmente com o dinheiro que tinha seria algo bem barato mesmo.)

@Tadiotto

mp
^
Tadiotto
 Posted: Jun 15 2018, 08:49 AM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



128 posts

Ficha

Tadiotto is Online

Fan-Ficker




Briss em Decadência?! ~ 05
Arthur se alimentou como se fosse o único prato que havia degustado em toda a semana. Os garçons, observando a lambança, sorriam. Pareciam estar felizes por ver alguém apreciar tanto assim um prato bastante simples do restaurante. - Ele parecia estar faminto! -. Cochichavam entre si.

Assim que terminou a refeição o jovem partiu do bairro boêmio, mesmo que não tivesse encontrado nada relacionado a bandidos ou algo do gênero acabou encontrando pessoas bondosas e um baita prato de comida... ah! Não podemos esquecer do suco de manga! O garoto atravessou uma boa parte da cidade, bairros mais industriais, bairros com casas maiores, bairros com casas menores, até que, já a alguma distância de Godansk, ele avistou uma construção que, considerando os arredores com casas pequenas e algumas barracas, se destacava bastante. Era uma construção feita de tijolos brancos, com três andares, bastante robusta. Tinha em sua fachada o símbolo da marinha e, apesar do horário, havia um movimento constante de homens fardados entrando e saindo. Outros dois permaneciam estáticos, fazendo guarda na porta da construção.

Arthur se aproximou, questionou um dos guardas sobre a situação de Briss, o homem utilizava um uniforme comum da marinha, era mais alto que o garoto, de olhos claros e cabelos azulados. Tinha o queixo quadrado, BEM quadrado. Ele observou o garoto do pé a cabeça e colocou a mão na bainha da espada que estava presa a sua cintura.

- Pra que céus você quer saber? Não tem porque crianças se meterem com assuntos como esse! Armas? O que tem planejado?! - Falou de maneira ríspida. Seu companheiro apenas observava o garoto, sem se mover.

O sol já começara a dar suas caras, no horizonte uma bela faixa de luz amarelo-claro espantava suavemente a escuridão. O nascer do sol era algo a se apreciar, sempre único e belo. Ainda assim, cabia a Arthur se explicar aos marinheiros, talvez, deixando claro suas intenções ele pudesse obter as informações necessárias.

--------------------------
@LittleBear
LOG
Spoiler
- NPCS IDENTIFICADOS -
Bills - grandalhão
Abrãã- magricelo emburrado
Jaja - "Homem" Tigre
Junior - O doguinho.
Math - Voz Misteriosa
Possível Hora Atual - 05:48 (não tem uma forma de identificar que horas realmente são)

Turno: 05


OFF ~ Eu não consegui descrever direito, mas pra acrescentar, a construção da marinha fica fora da cidade, imagine como se ela estivesse em meio a um povoado, pequeno, com algumas casas e barracas, provavelmente são todas construções destinadas aos militares.

mp
^
LittleBear
 Posted: Jun 15 2018, 11:49 AM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro




Briss em Decadência?!
Começo de algo?...talvez um Mercenário?

Chegando lá fiz as devidas perguntas. Perguntas que foram mal interpretada pelo marinheiro achando que eu estava tramando algo e realmente tinha motivos para isso, mas não sei se eu seria tão burro ao ponto de perguntar aos marinheiros deixando evidente meu plano e qualquer suspeita, enfim, só me restava responder o queixo quadrado.

- Er...Então...Tipo. Eu vo...Hm...Ser marinheiro. Ops não, quis dizer Caçador de Recompensa. E... eu sou não criança. E arma? Eu ser um Espadachim. Hehe. – De forma toda desajeitada as falas saiam toda confusa, não tão bem como eu queria falar. Maldita timidez, me pegou dessa vez.

Agora provavelmente iria soar estranho isso. Me admiro minhas falas não terem saído igual a outra vez que eu estava no restaurante, hm...quando se trata de comida e animal eu acho que sou mais comunicativo. Droga! Será que ele vai ficar mais desconfiado? Ele vai acreditar em mim né? Ahhh...Por favor cara quadrada confia em mim.

(OFF)
Tranquilo @Tadiotto. Imagino que seja igual Shell Town com aquelas casas apertadas e tudo mais.

Se não entender a fala, só pra avisar que foi proposital pra interpretar a dificuldade de comunicação do meu personagem.

mp
^
Tadiotto
 Posted: Jun 15 2018, 07:01 PM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



128 posts

Ficha

Tadiotto is Online

Fan-Ficker




Briss em Decadência?! ~ 06
Que situação! A timidez acertou Arthur como um uppercut diretamente no queixo, deixando o garoto tão desorientado que nem ao menos uma resposta simples foi capaz de formular. O marine queixudo comprimiu as sobrancelhas, então ergueu uma delas e, retirando a mão da bainha da espada se direcionou a seu colega. - Esses caçadores a cada dia são mais estranho, não é, Maicon? Ai ai... bom, era só ter dito isso antes. Você consegue achar armas a venda em qualquer loja de armamento. Normalmente elas ficam dentro de Godansk, não deve ser muito difícil de achar, e julgando de onde você veio, deve ter passado por algumas e nem ao menos se deu conta. Mas não se esqueça, garoto, a partir do momento que você aponta uma pistola você aposta sua própria vida. Isso vale pra qualquer arma! - O marine fez uma pausa, coçou aquele queixo incrivelmente quadrado. - Sobre os criminosos... normalmente nós deixamos vários quadros espalhados com os procurados e suas recompensas, pra sua sorte, também temos um por aqui. Mas não temos informações dos meliantes, do contrário faríamos o trabalho nos mesmo! - O marine apontou para a direita, a alguns metros de Arthur existia um quadro, feito de madeira, preso ao chão. Nele haviam vários cartazes espalhados, ao se aproximar o garoto pode ver os seguintes:

Spoiler
user posted image
user posted image
user posted image
user posted image
user posted image

Que estranho, o garoto parecia conhecer a maioria dos rostos ali apresentados. Mas enfim, cabia a Arthur agora escolher seu rumo. Poderia dar início a caçada ou primeiro se armar. O sol da manhã já surgia imponente no horizonte. O garoto deveria se manter atento aos horários já que, caso escolhesse algum naqueles cartazes, até agora a única informação que tinha estava ligada ao ingresso que recebeu.

--------------------------
@LittleBear
LOG
Spoiler
- NPCS IDENTIFICADOS -
Bills - grandalhão
Abrãã- magricelo emburrado
Jaja - "Homem" Tigre
Junior - O doguinho.
Math - Voz Misteriosa
Possível Hora Atual - 06:10 (não tem uma forma de identificar que horas realmente são)

Turno: 06


OFF ~ Exatamente! Algo muito semelhante a Shells.
~ Caso escolha alguma ação pode narrar sua partida, vale lembrar o horário de apresentação. Você tem o local onde eles vão estar (ou talvez já estejam)

mp
^
LittleBear
 Posted: Jun 18 2018, 09:33 PM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro




Briss em Decadência?!
Começo de algo?...talvez um Mercenário?

Me deparei com algo bem estranho ao olhar o mural, tinha visto as mesmas pessoas do restaurante, e pensar que elas eram criminosos é quase loucura. Eu...Eu confiei tanto naquele grandalhão achando que ele era gente boa, mas, agora... parece que essa bondade seria em vão. Mas, talvez...o Bill, eu poupe sua vida, aquele suco de manga, suas palavras, posso perceber, ele estava tentando ajudar. Já os outros, to nem ai. Vou matar.

No entanto não posso matar sem estar equipado. Então voltei indo ao local que o marinheiro me passou, e quando eu chegar lá, iria observar o lugar, depois veria as espadas e katanas baratas e depois por acaso compraria alguma de meu interesse.

@Tadiotto


This post has been edited by LittleBear: Jun 18 2018, 09:38 PM
mp
^
Tadiotto
 Posted: Jun 19 2018, 06:38 PM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



128 posts

Ficha

Tadiotto is Online

Fan-Ficker




Briss em Decadência?! ~ 07
O que um suco de manga é capaz de fazer? Para Arthur é o que decide se sua vida será poupada ou não. Após ter se decidido quanto a sua caça acreditou que o melhor a se fazer era buscar armamento e, com isso em mente, deixou o local atrás de alguma loja, seguindo as indicações do marinheiro.

A cidade portuária que mantinha o reino de Briss vivo não havia cessado suas atividades um segundo sequer desde que o garoto deixara seu abrigo. O movimento nas ruas havia sem dúvida alguma triplicado se comparado com a primeira passagem de Arthur. Levou mais de uma hora para encontrar a tão desejada loja. Era uma construção simples, com um estilo mais antigo que o restante das casas e lojas, ao lado da porta dupla que dava entrada ao estabelecimento estava fincado ao chão uma placa, anunciando que o local vendia armas e armaduras, além de outros artefatos para combate e alguns itens diversos não especificados.


Ao entrar o futuro caçador de recompensas se deparou com uma construção rustica, com as paredes forradas com blocos de pedra e diversas vigas grossas de madeira, responsáveis por sustentar o teto. Arthur pode perceber que o local de entrada era alguns centímetros mais baixo do que o restante da loja, tendo que subir dois degraus de pedra para ter acesso aos itens dispostos. O chão da maior parte do estabelecimento era de madeira, diversas armaduras e armas de todos os tipos possíveis eram exibidas de forma peculiarmente organizada, como se a intenção fosse passar a impressão de algo desarrumado, quando na verdade não o é. Escudos, espadas, clavas, pistolas, adagas, lanças e tudo mais que se possa imaginar havia ali, nenhum deles com qualquer indicador de valor. Mais a frente, a esquerda do garoto, havia uma pele de urso forrando o chão e próximo da decoração uma bancada de madeira com uma antiga caixa registradora, ao lado desta um pequeno quadro com algo escrito a giz, devido a distância o garoto não conseguia enxergar o que era. Atrás da bancada um homem estava sentado em uma cadeira de madeira, com os pés apoiados na bancada, hora empurrava-se, equilibrando a cadeira somente nas pernas traseiras, hora recuava, fazendo um baque surdo quando as pernas dianteiras atingiam o chão de madeira.

O homem, que tinha as orelhas estranhamente mais pontudas que o normal, não aparentava ser muito amigável. Usava roupas feitas de couro, sujas. Tinha olhos castanhos, assim como seus cabelos e barbas, ligeiramente longos. Prendia entre o queixo e o ombro um violino e, com notável maestria, passava o arco pelas cordas do pequeno item, lançando ao ambiente notas melancólicas, porém, ainda assim, extremamente agradáveis. Ele havia visto Arthur, mas não interrompeu sua atividade.

O garoto de cabelos brancos podia dar inicio a suas compras.
--------------------------
@LittleBear
LOG
Spoiler
- NPCS IDENTIFICADOS -
Bills - grandalhão
Abrãã- magricelo emburrado
Jaja - "Homem" Tigre
Junior - O doguinho.
Math - Voz Misteriosa
Possível Hora Atual - 08:30 (não tem uma forma de identificar que horas realmente são)

Turno: 07



mp
^
LittleBear
 Posted: Jun 24 2018, 02:32 PM
citar


LittleBear




N/A



272 posts

Ficha

LittleBear is Online

Aventureiro




Briss em Decadência?!
Começo de algo?...talvez um Mercenário?

- Espada? Katana? – perguntei para o homem sem complicação, imaginei que fosse o dono da loja. – Bom preço? – na bancada de madeira joguei tudo que tinha, dando explicações que queria alguma coisa em torno daquilo que tinha.

Enquanto isso fiquei olhando em volta a bela decoração da loja, aquele urso forrado no chão me chamo muita atenção. Fez com que eu quisesse ter uma casa só pra forrar as parede dos piratas que eu matar.

Então encarei o homem fazendo uma expressão de durão, não queria passar impressão de apenas um garoto que veio comprar uma arminha pra brinca com os amigos de ‘’lutinha’’, mas passar a noção de um grande guerreiro que seria famoso e foda. Que assim seja.

@Tadiotto



This post has been edited by LittleBear: Jun 24 2018, 02:34 PM
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (2) 1 2 
responder
novo tópico
fazer enquete