JS
versão 8.1

Profile
Personal Photo

No Photo

Options
Custom Title
Gracie doesn't have a custom title currently.
Personal Info
Location: Shells Town - East Blue
Born: No Information
Website: No Information
Interests
No Information
Other Information
Atalho 2: No Information
Atalho 3: No Information
Ficha:: http://rpgonepiece.com/index.php?showtopic=5937&st=0&#entry47779
Atalho 1: No Information
Imagem da Facção: http://files.jcink.net/uploads/bnwrpg/marinheiro.png
Cargo da Facção: Soldado Aprendiz (二等兵, Nitōhei)
Cor da Facção: 3d7af6
Pronome:: Ele
Idade: No Information
Alias: Ringabell Gracie
Statistics
Joined: 30-April 18
Status: (Offline)
Last Seen: Yesterday at 07:45 pm
Local Time: Aug 15 2018, 03:46 AM
65 posts (0.6 per day)
( 0.12% of total forum posts )
Contact Information
AIM No Information
Yahoo No Information
GTalk No Information
MSN No Information
SKYPE No Information
Unread Message Message: Click here
Unread Message Email: Private
Signature
View Signature

Gracie

Estagiário

Topics
Posts
Comments
Friends
My Content
Jul 19 2018, 02:05 PM
[dohtml]<center><div style="width: 450px; height: 100px; padding: 20px; background-image:url(https://78.media.tumblr.com/10520bb3fd7d82f7c1cd7cea9218282a/tumblr_oh9s8lUC0D1t6limbo2_540.gif); background-color: #9dbab2;"><div style="width: 240px; padding: 10px; font-family: 'lato', arial; font-weight: 300; font-size: 15px; text-transform: uppercase; text-align: center; line-height: 100%; margin-top: 30px; background-color: rgba(255,255,255,0.7);">Uma nova aventura...</div></div></center>
[/dohtml]

A visão de Shells Town por sobre o muro da Base era icônico. De lá era capaz de ver grande parte da ilha, desde as crianças brincando com seus animais até o senhor que vendia frutas em uma esquina desde sempre. Gostava da cidade, tinha mais boas lembranças que más, e agora era encarregado de fazer parte de sua proteção. Porém, não poderia prolongar essa relação por muito tempo pois sabia que o meu futuro não estava ali, naquela pequena ilha no East Blue. Estava bem mais longe..

- Tenho um acerto de contas para fazer.. - A imagem do meu progenitor veio a mente, em um flash, porém logo a afastei. Não era hora de alimentar rancor, não era o momento para aprofundar meu ódio. Tinha muito a fazer até o instante certo chegar e precisava me encarregar de continuar ascendendo até lá. Primeiro, tinha que alcançar meu avô. Em seguida, iria a caça.

Um sorriso maléfico passou por meu rosto em segundos, mas logo o semblante sério voltou. Retirando um elástico do bolso, amarrei os cabelos em um rabo de cavalo frouxo e escorreguei os dedos pelo queixo, sentindo a barba por fazer. Não podia parar de pensar qual seria minha próxima missão, se enfrentássemos outro oponente como Jinru e seu bando não poderíamos depender do capitão novamente. Se toda vez nosso líder tiver que agir, que tipo de subordinados seremos...

Por fim, desceria do muro, indo aos meus afazeres.

@T. Wall
Jun 6 2018, 08:46 AM
Olar http://i.imgur.com/CZGVweN.gif

Se eu quiser criar itens com vantagem narrativa utilizando o sistema de criação para Engenheiro como por ex.: Botas com ventosas para andar em superfícies verticais; Manopla que lança gancho com corda e retrai a corda; Capacete com sistema para respirar embaixo da água; Armadura com "membranas" entre pernas e braços, retráteis, que permitem planar no ar amortecendo a queda; etc. Há alguma restrição quanto a isso?
May 16 2018, 09:27 AM
Gracie olhava para o céu e refletia por um instante. “A vida não é fácil, não é mãe?” - Ele nunca conhecera sua progenitora, porém sentia uma conexão especial com ela. Não era nada místico ou sobrenatural, era apenas um mal costume vindo de uma infância solitária, desejando o colo da mãe, e a personificando como um ser imaginário, uma espécie de guardião com a qual ele refletia consigo mesmo. “Mas isso não é desculpa. Afinal se fosse fácil não teria sentido em ser vivida.”

E então retomava sua caminhada, o destino do rapaz era a 153ª Base da Marinha. “Vô, sei que me disse pra não seguir seus passos. Não buscar vingança contra o desgracado que abandonou todos nós, mas eu não consigo superar. Não consigo deixar de imaginar como tudo seria diferente se ele não nos tivesse abandonado...preciso olhar em seus olhos e perguntar: por quê?” - Aquele ao qual Gracie amaldiçoava era seu pai biológico, um pirata, um maldito pirata abobalhado atrás de um tesouro de contos de fada.

Apesar da mente conturbada, o jovem aspirante a marinheiro não deixava transparecer isso em suas feições, mantendo o semblante calmo e sério, focado à frente com olhos determinados. Ele vestia-se com roupas simples, camisa de manga longa vermelho escuro com preto e calça preta. Carregava nas costas sua arma, uma arma de haste de madeira e lâmina curvada na ponta, sem dúvida alguma bastante chamativa. Gracie orgulhava-se de suas aptidões marciais, treinara desde criança com o avô o uso de armas de haste e combate corpo-a-corpo. Era a princípio para garantir que o jovem fosse capaz de se proteger no futuro, mas para o infante era tudo parte do plano de partir à Grand Line atrás do paradeiro de seu pai.

“Por fim, hoje é o dia que tudo começa. É o dia que minha luta contra a injustiça e também minha vinganca tem início.” - E assim Gracie iria dirigir-se diretamente ao local de alistamento na marinha. Caso fosse necessário o jovem indagaria aos transeuntes sobre direções, buscando o local exato para concluir seu objetivo. - Com licença, você pode me informar onde posso me alistar na marinha? - Com certeza não seria uma tarefa difícil encontrar tal lugar. Ao adentrar na base propriamente dita, Gracie manteria o tom cordial, cumprimentando os funcionários e marinheiros, e dando os esclarecimentos devidos sobre sua presença ali. - Bom dia. Vim me alistar, pode me ajudar? - Encontrando algum auxílio pronta,ente seguiria as orientações. Chegando ao local do alistamento, iria seguir conforme protocolo e continuar até terminar o processo. - Sou Ringabell Gracie, vim me tornar um marinheiro. - Abriria um sorriso amigável, involuntário, ao ouvir o som de suas próprias palavras.

QUOTE
OFF: Olá querido narrador. O grande objetivo dessa aventura seria me alistar na marinha e realizar minhas primeiras missões. Deixo a seu critério as rédeas da aventura, mas gostaria que não fosse apenas combates por combates. Se possível gostaria que envolvesse desafios sociais, exploração e combates com objetivos diferentes de apenas derrotar o oponente. Mas, no fim, se a aventura for divertida não precisa se preocupar muito com isso http://i.imgur.com/Ozgus6F.gif
Last Visitors


Jul 30 2018, 09:10 PM




Jul 29 2018, 11:01 PM




Jul 25 2018, 09:36 AM



Comments
No comments posted.
Add Comment

Friends

108 posts
Active: Yesterday at 10:35 pm


284 posts
Active: Yesterday at 09:41 pm


126 posts
Active: Yesterday at 02:13 pm