versão 8.1

Pages: (5) 1 2 3 4 5  ( Go to first unread post )
fechado
novo tópico
fazer enquete

 Life Starts Now, MIssão aberta para participação.
HeroMadao
 Posted: Feb 27 2018, 02:05 PM
citar


HeroMadao




N/A



640 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Estagiário




Ficava bastante tenso e agitado em saber que estava errando todas as suas tentativas. Por falta de algo melhor arremessava o bastão, mas isso logo se provou ser uma cagada. Já que perdia a estabilidade do corpo.

Era possível ver a expressão de Yuki mudando quando sentia seu corpo sair de seu total controle, em específico, o biquinho que fazia, e as palavras que falava sem produzir som, apenas o suficiente para um ser inteligente entender sua situação claramente:


"Fo-deu"

Sentia o impacto do imenso gorila. Nessa hora finalmente tirou os olhos do gorila que estava na árvore, pois a dor lhe forçou instintivamente á observar seu agressor. Pelo golpe, soltava todo o ar que tinha acumulado quando sofria o impacto contra a árvore, soltando um grito abafado, já estava bastante sem fôlego, agora sentia sua coluna se espremer entre o tronco e a fera.

Yukimaro: - UH-UFFFF!!!!

Se deixava cair sentado, já que era necessário recuperar do grande impacto. Via que errara o gorila na árvore também, e que aquele TAMBÉM estava com raiva. Tentava analisar a distância de onde estaria seu bastão e se levantava aos poucos. Ainda segurando a corrente, com esta enrolada em seu punho direito.

Era necessário se preparar para outros impactos, então logo ficava de pé para se defender. Quando ALGO era arremessado em sua direção! O gorila idiota havia atirado a fruta!

"Essa é minha chance! Vou pegar essa merda e virar o alfa"

Abriu a boca, vendo o melhor ângulo para capturar a fruta com a boca. Não contava com a força, e por um segundo se sentiu como uma cobra: parecia que o alimento passava DIRETO pela sua boca, novamente falhando em sua missão. Passando direto pela garganta, machucando-a.

user posted image


"Que...gosto de....MERDA?"

Parecia que os segundos tinham se tornado minutos inteiros. Pois seu coração desacelerava rapidamente e seu suor parecia descer frio pela cabeça e coluna. Seus olhos estavam arregalados como se tivesse sido ferido fatalmente.

E o gosto...de merda? Literalmente?

"Que porcaria...ele jogou? Não era uma fruta?"

Sentia algo mudar no seu corpo. Sentia...sangue? O gorila parecia estar conectado com ele de alguma forma...que tipo de fruta era aquela?

"Aquilo...era merda não era? Macacos jogam cocô ás vezes..."

"Eu comi..."

"...merda?"


Sua cabeça parecia fazer uma conexão bem mais nojenta do que se tratava. Ele se convenceu de que viu a fruta por estar atordoado com o impacto do alfa. Estava completamente convencido que tinha engolido esterco e seu corpo estava reagindo à isso. Estava drogado?

"...desgraçados"

user posted image


Começava á ficar SUPER irritado, sentia o sangue correr mais rápido no corpo. Mas em sua mente era sua raiva de ter comido merda. Em nenhum momento sua mente lhe ajudou á lembrar da existência das Frutas do Diabo. Pensava que sentir seu sangue ou do gorila era simplesmente um efeito negativo de comer merda. Afinal, o que eles comem naquela ilha?

"Esses bichos...me fizeram comer merda...agora to passando mal..."

Tentou se acalmar. Lembrava que tinha uma missão à cumprir, que muito provavelmente acabaria não conseguindo pela demora que estava tendo. Estava descalço, preto por um gorila branco e com gosto de merda na boca.

Ah...se sua garganta estava arranhada e doía. Estava longe do bastão e...

...quando se deu por conta, estava full puto completamente fora dos sensos, irritado ao extremo. Se sentindo humilhado pela refeição de esterco que teve.

Seus olhos ficavam sérios, esticava os membros como podia como se os alongasse e os preparasse. Era provável agora que sua expressão fosse mais próxima de uma fera do que qualquer humano.


user posted image

Yukimaro: - ...eu vou acabar com você, e todos os que entrarem no meu caminho...estou cansado de você! Eu to cansado desse LUGAR!!!

A última palavra saía rouca e em tom bem alto de voz. Sentia a dor na garganta, mas não se deixaria abater: era importante sair dali antes do seu corpo rejeitar o alimento nem um pouco saudável que consumia.

Se debatia com vigor e força, até que percebeu que, para derrotar uma fera, deveria ser uma fera também.

Sem pensar duas vezes, aplicou sua mordida rábica no pescoço da criatura. Parecia decidido á escapar com força bestial. Mas sua cara parecia mais de alguém com ódio do que qualquer coisa.

Sairia de perto do gorila para se posicionar, realmente achava que tinha comido merda. Queria pegar novamente o bastão.

Yukimaro: - Eu vou arrebentar vocês! E vocês VÃO me obedecer!



Spoiler


Em vermelho habilidades consideradas:


✦ TÉCNICAS 1 SLOT -
user posted image
Mordida Rábica (2PE):
Descrição: É exatamente o que o nome parece ser: uma mordida (ou dentada) no oponente, sem dó nem piedade. Ele não quer arrancar pedaço no entanto: ele quer desmoralizar e mostrar até que ponto está disposto a ir em uma luta. Provocando as mais diversas reações.
Slots: Status (MEDO)
Bônus:+7 dano
Custo: 10 EPs (7*1,5)



FORÇA: 19
✦ ACUIDADE: 7
✦ PRECISÃO: 15 [+2 Racial]
✦ DESTREZA: 12 [+2 Racial]
✦ VITALIDADE: 16

✦ DANO CORPO A CORPO: 22 -> [+19 Força] + [+3 Arma]
✦ DANO A DISTÂNCIA: 10 -> [+7 Acuidade] + [+3 Arma]
✦ DANO DE ARREMESSO:22 -> [+19 Força] + [+3 Arma]

✦ ACERTO CORPO A CORPO: 23 -> [+15 Precisão] + [+2 Racial] + [+6 Estilo]
✦ ACERTO A DISTÂNCIA: 23 -> [+15 Precisão] + [+2 Racial] + [+6 Estilo]

✦ ESQUIVA: 15 -> [+12 Dex] + [+2 Racial] + [+1 Le Parkour]
✦ BLOQUEIO: 15 -> [+12 Dex] + [+2 Racial] + [+1 Le Parkour]
✦ AGILIDADE: 15 -> [+12 Dex] + [+2 Racial] + [+1 Le Parkour]

✦ RESISTÊNCIA: 14 -> [vit/2= 8] + [+3ND Armadura do Sonhador] + [+1ND Capa] + [+2 Pele de Aço]
✦ PONTOS DE VIDA: 120/150 -> [16x5= 80 vit] + [+70]
✦ ENERGIA: 143 -> [+73 Atrib] + [70 Nível]

✦ PECULIARIDADES:
+ 1 PE - Sincronismo Natural
Benefício: A partir do terceiro turno de combate contra um inimigo em particular, o personagem recebe um bônus +1 nas jogadas de acerto, dano e defesa, e esse bônus aumenta em +1 a cada novo turno, até um máximo de +3. Esse benefício só pode ser usado contra um oponente por vez, e é perdido ao final de cada combate.
+ 1 PE - Pele de Aço
Benefício: Concede um bônus +2 em Resistência.
RACIAL - Cabeça Dura
Benefício:Reduz em 100% as chances de sofrer o efeito "Atordoamento".
RACIAL - Duro de Matar
Benefício: Quando recebe um dano que zeraria seu PVs, o personagem fica com 1PV e o ataque é finalizado, interrompendo combos se necessário. Isso pode ser usado apenas uma vez por aventura. Ferimentos e dores são levados em consideração normalmente.


✦ APRIMORAMENTOS:

[*]+2 PE - Arma Viva
Benefício: concede um bônus até +3 em dano quando usa objetos improvisados (dano normal +0), mas estes se quebram facilmente (resistem entre 1 e 3 ataques, dependendo do objeto).
[*]+2 PE - Brigão experiente
Benefício: No primeiro ataque de cada combate o valor do atributo somado ao dano (Força ou Acuidade) é aumentado em 1/4
[*]+2 PE - Equilíbrio Perfeito
Benefício: Interpretativo; Recebe um bônus +4 contra testes de derrubar, e tem 25% de chance de ignorar o estado "derrubado".
[*]+2 PE - Força Bruta
Benefício: O valor de força no cálculo de dano é aumentado em 1/4, mas só consegue usar uma arma (bônus da arma)x2 antes de inutilizá-la.
[*]+1 PE - Minerador
Benefício: Interpretativo; Permite o jogador coletar matéria prima para criação de itens com metal, garantindo até 10% de desconto no valor total do item (De acordo com o GM).
[*]+1 PE - Lábia
Benefício: Interpretativo.
[*]+2 PE - Le Parkour
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de defesa e agilidade, e ignora penalidades por terrenos difíceis.
[*]+2 PE - Linguagem corporal - Combate
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de acerto e defesa.
[*]+1 PE - Oportunismo
Benefício: Recebe um bônus +2 em todas as jogadas contra o oponente até o fim do combate sempre que este rolar uma falha crítica.

[*]+1 PE - Sabotagem
Benefício: Interpretativo.
[*]+2 PE - Treinamento Doloroso
Benefício: Interpretativo; Penalidades por dano nos atributos secundários é diminuído em 5%.
[*]+2 PE - Vigilância
Benefício: Concede um bônus +2 nos testes de Percepção. Concede um bônus +3 no acerto do primeiro ataque no combate.

[*]+1 PE - Ambidestria
Benefício: Interpretativo; Requisito para estilos que usem mais de uma arma ao mesmo tempo.
[*]RACIAL - Determinação
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +1 nas jogadas e testes quando envolve diretamente seu objetivo (Objetivo tem que ser especificado neste Aprimoramento, e deve ser algo direto).

[*]RACIAL - Especialista em Armadilhas
Benefício: Interpretativo.

✦ ESTILOS PRIMÁRIOS:

+1 PE - Armas de Haste
+1 PE - Lutador de Rua
+1 PE - Armas de Corrente
+1 PE - Armas-de-Corte: lâminas longas

--------------------
"Acts of goodness are not always wise, and acts of evil are not always foolish, but regardless, we shall always strive to be good".
"Para o covarde, não há vida. Para o herói, não há morte."

Música Tema
Música Tema (Combates)

user posted image
mp
^
Sakeko
 Posted: Feb 28 2018, 11:56 AM
citar


Sakeko




N/A



10 posts

Ficha

Sakeko is Offline

Aventureiro




Percebendo que não seria levado a sério, voltou à sua feição blasé de monotonia ou desdém enquanto o provável líder dos bandidos tirava sarro de sua cara com uma fala tão boba. Na verdade, se fosse considerar todos os humanos com quem chegou a conversar, aquela talvez fosse a descrição mais próxima da realidade mesmo - mas os peixinhos dourados eram maiores que o próprio sireno.

Ao ouvir o urro, seu corpo também estremece, como tudo ao redor, chamando sua atenção para onde seria a origem e o que deveria estar por vir (enquanto ainda estava amarrado). No seu caso, o medo rapidamente se transformou em aflição por estar incapacitado de fazer qualquer coisa para salvar sua pele. Quando pensou em tentar falar com os bandidos novamente para que o soltassem, vê o imenso vulto negro correndo, passando pelo líder dos bandidos e pisca forte várias vezes ao ver a cena.

"A cabeça dele... Girou mesmo?" - coçaria os olhos se pudesse, mas cerra-os na tentativa de focar melhor o corpo do seu sequestrador - "Como isso é poss-..."

Antes mesmo que pudesse terminar seus pensamentos, o gorila de quatro braços já estava na sua frente. Impulsivamente acaba fechando os olhos, esperando pelo mesmo fim do humano, e ao ouvir o forte estalo de algo se quebrando, imagina se esse seria o som de sua coluna se espatifando também.

"Ué... Tô vivo ainda?"

Sentia algo escorrendo pelas suas orelhas e tenta levar instintivamente sua mão à região, percebendo que havia recuperado parte dos movimentos. Rapidamente se põe a tentar se soltar das amarras que faltavam, procurando objetos cortantes ao redor para ajudar se ainda estivesse muito difícil. Ao mesmo tempo em que o faz, fica de olho nas redondezas para ver se os bandidos que debandaram voltariam para lá, para procurar seus pertences, e o mais importante, ver se mais alguma coisa tentaria matá-lo ali.
mp
^
Raamar
 Posted: Mar 8 2018, 09:57 AM
citar


Raamar




CP6 - Comandante



890 posts

Ficha

Raamar is Offline

Aventureiro




LIFE STARTS NOW


A lua brilhava prateada no céu índigo, poucas nuvens se atreviam a encobrir sua beleza e graças a isso tudo indicava que aquela seria uma noite clara. Foi graças a essa claridade que Sakeko conseguiu encontrar em meio a clareira um faca de esfolar, ainda suja com o sangue e couro da carcaça que estava esparramada ao lado. Poderia limpá-la antes de usar para se libertar, mas seu instinto de auto-preservação clamava por urgência em romper aquelas cordas. Era impossível saber se o gorila havia mesmo fugido, assim como os próprios bandidos poderiam retornar em busca de seus pertences.

Estando livre poderia vasculhar o acampamento e recolher tudo aquilo que lhe despertasse interesse, ou poderia simplesmente correr para longe de toda aquela confusão.

Yukimaro sofria com o gosto que preenchia sua boca, sentia-se frustrado por ter sido enganado por um mero primata, sendo levado a comer bosta quando acreditava ser a tão almejada fruta. Tal sentimento de raiva e ressentimento do caçador não era compatível com o puro desespero estampado na cara dos gorilas negros, em especial aquele que havia lhe arremessado a fruta. Todos os gorilas negros começavam a descer de suas árvores com certo receio. Mesmo o Girallon albino já começava a hesitar.

Diferente dos humanos, os animais possuem um senso muito mais apurado para o perigo, era como se cada Gorila naquela clareira e mesmo as criaturas menores, pudessem sentir o nascimento do mais perigoso predador. Como se movido por essa hesitação, Yukimaro se lançou para frente impedindo que o líder albino fugisse através de seus próprios dentes, o gorila por sua vez ao perceber tentou se afastar ainda mais rapidamente, o que levou o caçador a arrancar um grande pedaço de carne da clavícula.

Nesse momento uma coisa surreal passou a acontecer, o sangue do gorila albino em vez de escorrer por entre a pelagem prateada, passou a flutuar entre ambas as bestas. Os olhos de Yukimaro pareciam refletir a lua cheia do céu, Caso se movimentasse, Yukimaro iria perceber que aquele sangue lhe seguiria, e não somente ele, qualquer sangue derramado naquela clareira poderia ser sentido pelo caçador, ansiosos por seguirem as ordens de Yukimaro.

Conseguia distinguir o estado no qual o sangue se encontrava, fresco e puro como este que deixava o corpo do albino, ou coagulado e maculado por terra e outros componentes do solo como o sangue derramado pelo ato vândalo do albino contra seu próprio subordinado.

Os cinco sentidos de Yukimaro começavam a entrar em pane, como se recebessem uma carga muito maior da qual são capazes de processar. Seu olfato conseguia cheirar diferentes tipos sanguíneos e identificar não somente seu hospedeiro original como diversas outras informações, estado de coagulação, grupo sanguíneo, fator Rh, quantidade de plasma, bastonetes, mesmo hemácias e leucócitos.

Era como se conseguisse fazer um hemograma completo apenas pelo oufato. O mesmo valia para seu paladar, pois sem o menor esforço conseguia fazer uma análise completa de todos os cortes no interior de suas boca, identificando o tamanho da ferida, sua cicatrização, o fluxo de sangue que por lá atravessava e pasmem, sem sequer pensar nisso explicitamente, conseguia fazer o sangue retornar para dentro do ferimento e lá permanecer, mesmo com o ferimento ainda aberto. O sangue que escorria do pedaço de carne de gorila em sua boca podia ser facilmente identificado e separado de seu próprio sangue e tão logo um gota encostou em sua língua, soube que o Girallon pertencia a uma genética extremamente antiga, originário de uma outra ilha que não Gourmet Island, portador da deficiência que causava albinismo, detentor de um sangue AB +, estando levemente resfriado e com início de febre, além de estar plenamente apavorado e irritado.

Sua visão estava completamente fora de controle, distinguia em cores diferentes o sangue de cada indivíduo que havia sido derramdo naquela clareira, distinguindo tanto a forma líquida, condensada em alguns locais, em geral no solo, árvores e nos próprios animais, quanto da forma gasosa, que se mostrava como uma leve cortina de seda vermelha, esta menos abundante.

Seus ouvidos captavam cada mísera batida cardíaca e se isso não bastasse, conseguiam escutar o trajeto do sangue desde sua saída do coração até seu retorno, isso de cada criatura viva no local.

Beirando a insanidade, o alcance dos sentidos foi aumentando e aumentando, até perceber que haviam outros humanos próximos, em geral fugindo para longe por um motivo desconhecido, porém um permanecia por perto, talvez a pouco menos de 100 metros, estava assustado e com um pouco mais de atenção Yukimaro até mesmo percebia que não era de fato humano, mas sim algo aquático.

Tudo isso poderia ser uma mera alucinação, pois seus sentidos estavam fora de controle, em meio a isso o líder albino tentava fugir do local, enquanto os demais estavam assustados demais até mesmo para se moverem.
Controle de Narração:

Turno: HeroMadao: 14 | Sakeko: 3

Dia: 1 (4/4)

HP: HeroMadao: 120 | Sakeko: 15

EP: HeroMadao: 119 | Sakeko: 23

Ganhos: HeroMadao: - | Sakeko: -

Perdas: HeroMadao: B$ 10.000,00 (Viagem) | B$ 2.000,00 (Alimento) | Capa de Verona (Precisa ser reparado) | Sakeko: -



@HeroMadao @Sakeko

--------------------

user posted image
mp
^
HeroMadao
 Posted: Mar 15 2018, 01:12 PM
citar


HeroMadao




N/A



640 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Estagiário




Estava tão irritado que mal reparava na reação dos outros gorilas. Parecia que o Albino também estava tentando fugir, e se sentia cada vez mais irritado pela situação.

"Agora perceberam que me irritaram né? Não vão fugir!"


Acertava a dentada no albino, exagerando na força. Mas algo parecia fora do comum: o sangue flutuava?


"...eu to delirando é?"

Checava seus arredores. Reparava que os outros gorilas estavam acuados e reagindo. Decidiu que era hora de usar o momento para mostrar dominância.

Yukimaro: - UOOOOOHHHHHHH!!!!

Berrava, e dava alguns batuques no próprio peito, imitando os gorilas. Parecia decidido em usar aquela situação em sua vantagem. Se movimentava avançando pela clareira, e via o sangue lhe acompanhando.


"Ca....que brisa é essa velho? Que tipo de comida eles comem pro escremento deles ser alucinógeno?"

Mas tentava analisar racionalmente e parecia, de repente, entender tudo que aquela situação: informações inundavam sua mente, como uma máquina recebendo uma nova instalação.

Parecia tão chocado que seus olhos estavam arregalados e desfocados, como se não olhasse nada em especial no seus arredores. Estava olhando para si mesmo procurando alguma lógica naquilo. Odiava a ideia de estar fora do controle, mas era o que mais parecia estar acontecendo.

Se surpreendia das informações que recebia do Girallon e seu bando, não entendendo como descobria tudo aquilo. Mas parecia aceitar como uma situação se desenrolava. Seria por que estava com efeito do cocô alucinógeno?

Parecia estar chegando ao cansaço, claramente se apoiando em uma árvore. Não sabia como interagir com aquilo tudo, mas precisava COM CERTEZA continuar sua missão.

Colocava a mão no ouvido em pânico, mas estava irritado e sabia que precisava manter a postura: seja o que fosse.

Solta um urro e pisava forte no chão, tentando bestialmente manter a superioridade. Percebendo a existência de outros humanos e outros batimentos cardíacos. Decidiu que precisava impedir que outros lhe atrapalhassem ainda mais.


"Vou usar o medo como arma"

Começava á correr e berrar em direção aos humanos identificados. Mas com uma mudança bem específica de trajeto: tentava afugentar os gorilas para a mesma direção quepretendia ir: usaria do medo para disparar os "subordinados". Jáque parecia que pelo menos era visto como uma ameaça.

Yukimaro: - VAMOS IDIOTA! PRA LÁ! PRA LÁ!!!!

Correria em direção aos "corações" sentidos. Tentaria ao máximo ignorar as sensações mistas que estava vivenciando.
mp
^
Sakeko
 Posted: Mar 19 2018, 11:22 PM
citar


Sakeko




N/A



10 posts

Ficha

Sakeko is Offline

Aventureiro




Assim que consegue se soltar, passa as mãos rapidamente em suas vestes na tentativa de limpá-las do excesso de sangue do instrumento que usara e as leva às orelhas para identificar o que seria o fluido que estava sentindo. Preferiria encontrar um espelho ou algo que refletisse bem o bastante para conseguir se enxergar, contudo, na ausência de tal objeto, passaria os dedos mesmo.

O céu aberto e os astros que iluminavam a região pareciam não condizer com a situação caótica que se desenrolou desde que despertou do golpe que o fez desmaiar quando chegou na ilha. Desde o urro que o fez tremer nas bases, o dia pareceu ter escurecido rapidamente como um chamado ao abraço das sombras dessa misteriosa região. Aproveitando o acampamento, procura por alguma fonte de iluminação como as chamas de uma fogueira que deveria ter sido acesa antes e usá-la para procurar devidamente pelos seus pertences.

Tudo o que acontecia eram gritos e urros, e enquanto não estivessem parecendo estar por perto, se manteria firme na busca por suprimentos ou equipamentos que fossem ajudá-lo a sair daquela enrascada ou pelo menos a escalar uma árvore para passar a noite sem que caísse dela.
mp
^
Raamar
 Posted: Mar 20 2018, 07:07 PM
citar


Raamar




CP6 - Comandante



890 posts

Ficha

Raamar is Offline

Aventureiro




LIFE STARTS NOW


O local onde Sakeko estava era uma pequena clareira, completamente cercada por grandes árvores, mas sendo a clareira em si livre de qualquer coisa que não fosse uma grama baixa e os artefatos dos bandidos, como uma pequena fogueira acessa, um caldeirão fulmegante em cima das chamas, alguns tocos que claramente era usados como bancos, diversos utensílios menores espalhados como panelas, pederneiras, tijelas, comidas, animais em processo de esfolamento, peles, ossos, adagas, pedras de amolar, penas, hastes com ponteiras de flechas, duas tendas improvisadas e, sim, um alaúde, afinal mesmo os bandidos precisam de diversão em suas vidas. Qualquer coisa ali podia se tornar sua, para isto bastava pegar e, se quisesse, reivindicar aos quatro ventos, pois o único remanescente daquela corja jazia de bruços poucos metros a frente.

Os pertences de Yukako em si estavam divididos entre as duas barracas, o que deixava claro que os bandidos já haviam dividido entre eles os espólios de sua captura.

Yukimaro urrava a plenos pulmões enquanto transformava seu tórax em um tambor de guerra, tal qual o albino fizera ainda a pouco. Com o jogo virado, utilizava o que havia aprendido para tomar as rédeas da situação, se aproveitando do medo que havia se instaurado no peito daqueles animais e os colocando em movimento tal qual um rebanho.

As criaturas sequer hesitaram, assim que se sentiram impelidas a correrem em determinada direção, o fizeram. Corriam em uma postura típica dos primatas, porém utilizando todos os quatro braços que possuíam.

Na posição que estava na clareira, Sakeko começava a perceber que algo estava acontecendo na floresta pouco mais a frente, desta forma não tardou para ouvir guinchos de primatas e a escutar batidas ritimadas, típicas de animais debandando, aquele som aumentava, o que levava qualquer ser racional a se dar conta de que a confusão se aproximava. Aos poucos via que uma região da floresta se tornava levementer mais negra. Ao centro dessa escuridão apenas um ponto de puro contraste se ressaltava.

Yukimaro acompanhava animado sua manada, ficando um pouco atras para continuar impelindo seus novos servos a avançarem. Ninguém ousou entrar no caminho deles, porém com a nuvem de terra que levantavam com aquela corrida desenfreada era dificil perceber alguém ao redor. Uma região mais clara se abria a frente do grupo, indicando que estavam saindo da região de floresta cerrada que haviam entrado para desbravar otra clareira.

Nesta, entretanto, somente havia um homem vivo, ou ao menos era o que sua aparência deixava aparente, pois o outro homem estava caido de bruços pouco além dos limites do acampamento.

Os novos poderes de Yukimaro começavam a diminuir sua potência, de forma que não ficava mais tão claro quem era aquele rapaz parado no acampamento em relação aos que havia sentido antes. Infelizmente o jovem caçador estava longe de dominar seus novos poderes.
Controle de Narração:

Turno: HeroMadao: 15 | Sakeko: 4

Dia: 1 (4/4)

HP: HeroMadao: 120 | Sakeko: 15

EP: HeroMadao: 119 | Sakeko: 23

Ganhos: HeroMadao: - | Sakeko: -

Perdas: HeroMadao: B$ 10.000,00 (Viagem) | B$ 2.000,00 (Alimento) | Capa de Verona (Precisa ser reparado) | Sakeko: -



@HeroMadao @Sakeko
mp
^
Sakeko
 Posted: Mar 21 2018, 11:08 PM
citar


Sakeko




N/A



10 posts

Ficha

Sakeko is Offline

Aventureiro




Enquanto procurava suas coisas, teve uma ideia para tentar se proteger do que quer que tivesse ao seu redor. Por onde passava, ia pegando utensílios de madeira, papel, ou qualquer material inflamável ou combustível, e ia jogando numa pilha. Ao encontrar e recolher seus aparatos nas duas barracas, rapidamente se põe a colocar o plano em ação.

"Bom, já que estamos aqui é morrer tentando ou morrer morrendo... Enquanto tiver recursos poderei buscar algum tipo de vantagem..."

Com a aproximação iminente de criaturas, a julgar pelo crescente som que se espalhava pela clareira, ateia fogo em tudo, na tentativa de levantar grandes chamas capazes de chamarem a atenção e assustar ou frear as intenções de quaisquer criaturas que ali chegassem, abrindo pelo menos uma brecha para que pudesse sair pela tangente e se esconder.

Ao perceber que por entre as árvores se pintavam vultos negros por trás de uma névoa de poeira trazida por eles, esperava com uma última gotas de esperança que aquele plano desse certo. Talvez tivesse mais alguém no meio daquelas criaturas imensas, isso poderia ser muito bom ou - mais provavelmente - muito mal.


"Se eu ficar cercado vai ser ruim... Pelo menos tenho várias coisas pra jogar ou usar pra me defender de seja lá o que for aparecer"

Tenta se posicionar de modo que a grande fogueira/pilha de coisas amontoadas fique entre ele e os outros, com uma mão posicionada próxima da cintura para sacar sua pistola caso fosse necessário.

This post has been edited by Sakeko: Mar 21 2018, 11:10 PM
mp
^
HeroMadao
 Posted: Mar 28 2018, 11:20 AM
citar


HeroMadao




N/A



640 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Estagiário




Se surpreendia com o fato de conseguir comandar os gorilas. De repente, parecia estar no topo daquele grupo no momento, e isso lhe enchia de energia para continuar sua investida.

Aparentemente a ação tinha sucesso, se animava em ver que, de certa forma seu plano tinha dado certo, e sua raiva claramente era superada com a velocidade de uma criança que recuperou sua mamadeira depois de um chilique.

Sorrindo, forçava e avançava a ganguee toda, tentando ficar o mais bestial possível, seguiu com o grupo batucando e berrando. Chegava em uma clareira e freava, começava á ver oque acontecia ao redor.
000

"...tem mais gente aqui e estav escuro...precisamos agilizar!"

Parecia que a vontade de continuar era grande, mas uma pessoa se mantinha de pé na clareira. E agora?

Yukimaro: - Amigo ou inimigo? Responde rápido pq to com pressa!

Parecia que seus poderes e delírios estavam passando. Será que tinha consumido algo ilícito mesmo?

Yukimaro: - Ae bonde! Vamos para o alto da montanha! Podem descer o cacete em quem entrar no caminho!

Não sabia quanto tempo ainda tinha, por isso precisava ser rápido, mas já que estava numa clareira...

"Será que tem algo pra tirar o gosto de merda da boca? Ta foda..."

Logo continuaria sua jornada. Com ou sem ajudar precisava ir atrás da planta.





mp
^
Sakeko
 Posted: Mar 29 2018, 10:19 PM
citar


Sakeko




N/A



10 posts

Ficha

Sakeko is Offline

Aventureiro




[strike]Tendo ateado fogo em tudo com sucesso ou não,[/strike] Sakeko percebe que uma das figuras era na verdade um humano, e que este lhe perguntava algo depois dos urros e gritos que pareciam comandar o bando de criaturas enormes. Sem hesitar, considerando sua desvantajosa posição:

- Ahm-... - começa a falar mas acaba tossindo - Amigo, amigo! - se recupera e fala em alto e bom som, sem entender como aquilo estava acontecendo.

"Então esse é o tipo de pessoa que se encontra nessa imensidão de terras da superfície... As histórias dos caçadores de recompensa não eram tão mentirosas..."

A essa altura, demonstrar agressividade ou fazer qualquer movimento brusco seria uma péssima ideia. Abandona a ideia de segurar a pistola e levanta calmamente as duas mãos, demonstrando que seria colaborativo. Percebe que ele fala algo sobre subir numa montanha e logo tem um estalo, uma epifania.


- Com licença... - tenta puxar conversa - Por acaso, de alguma forma, posso acompanhá-lo? Estou à procura de uma planta rara e talvez ela se encontre numa região inóspita como... essa... montanha... - falava mais pausadamente no final, passando o olhar pelos gorilas.
mp
^
HeroMadao
 Posted: Apr 2 2018, 06:35 PM
citar


HeroMadao




N/A



640 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Estagiário




Parecia que alguém na clareira tentava lhe chamar atenção. Deixou ser distraído por um omento, dando um urro firme para que alertasse os gorilas. Meio bestial, quase se apoiando nas mãos como os próprios gorilas, ele se levantava e encarava o homem.

"Ele disse amigo, será que está com medo dos gorilas?"

Yukimaro: - Essa floresta é um inferno,eu to puto, e preciso ir naquela direção **apontaria para a direção da montanha que ainda almejava alcançar**.

Não esperava muito a resposta na realidade. Parecia ter receio de perder o comando dos gorilas, que poderiam ser uma força considerável em seu favor.

Ouve com atenção tudo que aquele ser lhe dizia. Naquela altura do campeonato e NAQUELA situação, nem poderia dizer se estava delirando. Desconfiando de sua própria sanidade, sorria para o estranho.

Yukimaro: - Bora, mas fica de olho aberto, aqui até planta tem dente. Espero que não esteja procurando a mesma coisa que eu.

Respirava fundo e deixava todo o ar sair em um grande grito. Batia os punhos no peito como um primata furioso, e então se preparava para voltar á correr.

Yukimaro: - Vamos embora por que eu tenho prazo pra voltar, uma cacetada de coisa rolando nessa ilha...

Parecia bem menos irritado, mas estava convencido que delirava.
mp
^
Raamar
 Posted: Apr 9 2018, 10:23 AM
citar


Raamar




CP6 - Comandante



890 posts

Ficha

Raamar is Offline

Aventureiro




LIFE STARTS NOW


A noite já seria clara pela presença da lua, porém a pilha incandescente criada por Sakeko banhava o céu com um alaranjado vívido, quase dando a sensação de uma amanhecer. O bando de Yukimaro se aproximava, não sem receio, daquelas chamas, afinal não podiam ignorar completamente seus instintos primatas que urravam para correr na direção oposta de um incêndio. Poucas palavras eram trocadas entre os humanos presentes, afinal Yukimaro não tinha intenções de perder o pequeno controle que havia obtido sobre os animais.

A permissão para que Sakeko se juntasse ao grupo fora simples e clara, portanto nenhum do Girallons o viu como obstáculo, podia se juntar ao grupo na corrida desenfreada que fazia até que chegasse ao destino ou que caíssem duros no chão por completa fadiga, o que viesse a acontecer primeiro. Ou poderia simplesmente fingir a resignação e aguardar aquela comitiva passar, para então seguir solitário seu caminho.

Caso seguissem juntos rumo a montanha ampulheta, seriam escoltados pelos Girallons durante o caminho, veriam muitos vultos se escondendo para não ficar no caminho do grupo, outras tentativas mais ousadas de predadores eram afastadas pelos Girallons de pelagem escura, de forma que tirando a fadiga absurda que sentiam, nenhum outro dano era causado aos humanos.

O mesmo não podia ser dito dos Girallons, pois com a luminosidade cinzenta que antecede o amanhecer inúmeros cortes e hematomas podiam ser vistos naquelas pobres criaturas. Sua postura imponente e agressiva havia sido esmigalhada, deixando-os pouco mais ameaçadores do que um grupo mal cuidado de chimpanzés. Suas pelagens estavam desengrenadas, emaranhadas, com sujeira e galhos presos, além de tufos deixados para trás de forma a revelar partes sangrentas de músculo. Em comum consentimento, os primatas debandaram no sopé da montanha, aproveitando a região rochosa para se esconderem e não serem facilmente localizados por aquela estranha criatura que tanto lhes impusera medo.

Yukimaro havia perdido boa parte de seu controle sobre a Akuma, não por não conseguir acessá-lo, mas sim por estar latente, a espera de ser chamado de forma voluntária. Pairava em seu corpo apenas um sexto sentido, que permitia ao caçador identificar onde estavam cada um dos Girallons, pois conhecia as características do sangue de cada um. Ao menos por enquanto.

Sakeko estava tão cansado quanto Yukimaro, afinal mal recobrara a consciência e se vira envolto em tamanha confusão, também carregava, além de seus próprios pertences, tudo que havia escolhido não queimar do acampamento, desta forma estavam com fome, cansados e solitários. Uma montanha íngreme lhe privava da maior parte da visão, tampouco permitindo que enxergassem o topo dada a sua forma incomum.

Restava a dupla decidir o que fariam a seguir se é que se manteriam juntos.
Off:

@Sakeko preciso que você indique o que do acampamento você pegou.

O amanhecer do segundo dia se aproxima, vamos em frente com a aventura.

Ps. Sempre me marquem no post de vocês, acabei demorando para postar porque não vi que vocês já tinham feita a segunda rodada de posts.

Controle de Narração:

Turno: HeroMadao: 15 | Sakeko: 4

Dia: 1 (4/4)

HP: HeroMadao: 120 | Sakeko: 15

EP: HeroMadao: 119 | Sakeko: 23

Ganhos: HeroMadao: - | Sakeko: -

Perdas: HeroMadao: B$ 10.000,00 (Viagem) | B$ 2.000,00 (Alimento) | Capa de Verona (Precisa ser reparado) | Sakeko: -



@HeroMadao @Sakeko
mp
^
HeroMadao
 Posted: Apr 12 2018, 07:12 PM
citar


HeroMadao




N/A



640 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Estagiário




O fato de que o homem que ali estava parecia pacífico lhe fez questionar sua própria sanidade. Como poderia ter uma conversa comum como aquela estando drogado com cocô lhe deixava bastante incomodado.

"O que será que tem nessa floresta que me deixa tão confuso?"

Partia para seu avanço, formava agora em sua mente a imagem da moça que lhe contratava, e no possível sorriso que lhe daria quando retornasse com os ingredientes. Não era bom com mulheres (definitivamente), mas era um apreciador clássico da beleza feminina, se desdobrando e derretendo por simples sorriso. Pensava por último no dinheiro: se queria continuar sua jornada sem necessitar de marinha ou ajuda de outros, precisava ser pago logo.

"...esse mundo inteiro é meio pirado...eu vivi uma realidade diferente esses anos todos..."

Ainda como um animal guiando os gorilas, abria um sorriso característico de empolgação, sem falar nada além de grunhidos de comando. Começava á se cansar logo com a corrida. Mas se frustrava ao dizer que os gorilas se escondiam e se protegiam dele.

Yukimaro: - Ah qualé...eu não era o alfa de vocês? Eu até comi merda pra ganhar dominância...tirei mais sapatos, quase esqueci meu bastão...pensando bem que dia de merda...

Um suspiro de cansaço lhe escapava, substituindo o sorriso constante por uma expressão fadigada. Corrigia sua postura, voltando á parecer uma criatura civilizada. Era possível ouvir sua coluna estalando quando era endireitada. Nota que o homem que havia conversado com ele continuava ali. Virava para o mesmo:

Yukimaro: - Os gorilas estão todos se escondendo. Idiotas, estão ali, ali, ali e ali.....

Não sabia COMO sabia essa informação, mas lhe vinha de maneira tão natural que imaginava que era algum elo...um elo bem fedorento entre eles.

Yukimaro: - Acho que virei o alfa mesmo...comer merda teve suas vantagens...mas se tiver que escolher eu prefiro não repetir isso...

Colocava a lingua para fora várias vezes, raspando-a no dente, como se estivesse tentando limpa-la. Bem animalesco, cospe no chão no final de sua "higiene". Checava seu equipamento e escaneava visualmente a região que estava.

Yukimar: - Eu te disse meu nome ilusão? (era o Sakeko quem ele se referia).

Encarava a montanha como um objetivo sério, tentando calcular, mesmo sem educação e treinamento para tal, sua altura e distância até o topo. Tinha as correntes e o bastão consigo, e tinha certa facilidade para escaladas (parkour).

Yukimaro: - Preciso chegar até o topo, bora? Acho que vou usar o bastão como suporte, e vou te jogando a corrente pra subir se precisar...tem uma parada lá que eu preciso e não posso atrasar mais...

Fala enquanto se alongava, principalmente braços e joelhos. Tinha um ânimo renovado, acreditando que estava chegando ao destino.

Yukimaro: - Se dermos sorte, tem fruta lá em cima e eu tiro esse gosto de merda...os gorilas estavam com uma fruta bem esquisita vermelha, mas ela sumiu no meio da bagunça...

Batia com força o bastão no chão. Agora sem bandeira alguma, diferente do seu tempo na marinha, deixava a corrente no braço esquerdo e tentava a escalada. Não pretendia correr, mas tinha ritmo acelerado visível. Usava o bastão como bengala, lhe ajudando no apoio e firmamento do caminho. Se fosse necessário escalar, sempre iria inserir primeiro o bastão antes de jogar seu corpo para cima.

O sorriso havia sumido sim, mas estava decidido em continuar sua missão, mesmo diante do cansaço. Não esperava precisar lutar mais.

Yukimaro: - Vamos ilusão! O objetivo está perto agora!


QUOTE

PECULIARIDADES:
+ 1 PE - Sincronismo Natural
Benefício: A partir do terceiro turno de combate contra um inimigo em particular, o personagem recebe um bônus +1 nas jogadas de acerto, dano e defesa, e esse bônus aumenta em +1 a cada novo turno, até um máximo de +3. Esse benefício só pode ser usado contra um oponente por vez, e é perdido ao final de cada combate.
+ 1 PE - Pele de Aço
Benefício: Concede um bônus +2 em Resistência.
RACIAL - Cabeça Dura
Benefício:Reduz em 100% as chances de sofrer o efeito "Atordoamento".
RACIAL - Duro de Matar
Benefício: Quando recebe um dano que zeraria seu PVs, o personagem fica com 1PV e o ataque é finalizado, interrompendo combos se necessário. Isso pode ser usado apenas uma vez por aventura. Ferimentos e dores são levados em consideração normalmente.

✦ APRIMORAMENTOS:

[*]+2 PE - Arma Viva
Benefício: concede um bônus até +3 em dano quando usa objetos improvisados (dano normal +0), mas estes se quebram facilmente (resistem entre 1 e 3 ataques, dependendo do objeto).
[*]+2 PE - Brigão experiente
Benefício: No primeiro ataque de cada combate o valor do atributo somado ao dano (Força ou Acuidade) é aumentado em 1/4
[*]+2 PE - Equilíbrio Perfeito
Benefício: Interpretativo; Recebe um bônus +4 contra testes de derrubar, e tem 25% de chance de ignorar o estado "derrubado".
[*]+2 PE - Força Bruta
Benefício: O valor de força no cálculo de dano é aumentado em 1/4, mas só consegue usar uma arma (bônus da arma)x2 antes de inutilizá-la.
[*]+1 PE - Minerador
Benefício: Interpretativo; Permite o jogador coletar matéria prima para criação de itens com metal, garantindo até 10% de desconto no valor total do item (De acordo com o GM).
[*]+1 PE - Lábia
Benefício: Interpretativo.
[*]+2 PE - Le Parkour
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de defesa e agilidade, e ignora penalidades por terrenos difíceis.
[*]+2 PE - Linguagem corporal - Combate
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de acerto e defesa.
[*]+1 PE - Oportunismo
Benefício: Recebe um bônus +2 em todas as jogadas contra o oponente até o fim do combate sempre que este rolar uma falha crítica.
[*]+1 PE - Sabotagem
Benefício: Interpretativo.
[*]+2 PE - Treinamento Doloroso
Benefício: Interpretativo; Penalidades por dano nos atributos secundários é diminuído em 5%.
[*]+2 PE - Vigilância
Benefício: Concede um bônus +2 nos testes de Percepção. Concede um bônus +3 no acerto do primeiro ataque no combate.
[*]+1 PE - Ambidestria
Benefício: Interpretativo; Requisito para estilos que usem mais de uma arma ao mesmo tempo.
[*]RACIAL - Determinação
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +1 nas jogadas e testes quando envolve diretamente seu objetivo (Objetivo tem que ser especificado neste Aprimoramento, e deve ser algo direto).
[*]RACIAL - Especialista em Armadilhas
Benefício: Interpretativo.

ESTILOS DE COMBATE
(13-PEs + 1-Gema)


✦ ESTILOS PRIMÁRIOS:

+1 PE - Armas de Haste
+1 PE - Lutador de Rua
+1 PE - Armas de Corrente
+1 PE - Armas-de-Corte: lâminas longas


✦ ESTILOS AVANÇADOS:

Nome do Estilo: De-Flow
Descrição: Usando bastões, ataques de média-longa distância o usuário se especializa em desestabilizar o oponente. Os golpes são focados na "quebra" de sinergia e ritmo do oponente, fazendo-o cansar mais rápido. Socos e pontapés são usados da mesma maneira, embora para impactos mais diretos ou desesperados.
Requisito: Armas de Haste, Lutador de rua, Equilíbrio perfeito.
Custos:
- Desarmar Aprimorado 2 (2 PE)
- Derrubar Aprimorado 2 (2 PE)
- Arremessar aprimorado 2 (2PE)
- Foco em ataque 3 (3 PE)
- Maestria em Manobra (Desarmar)(+1 Gema).
Bônus Numéricos: Desarme +6, Derrubar +4, Arremessar +4, Acerto +6.


mp
^
Raamar
 Posted: May 2 2018, 09:24 AM
citar


Raamar




CP6 - Comandante



890 posts

Ficha

Raamar is Offline

Aventureiro




LIFE STARTS NOW


O Sol do novo dia começava a clarear a escuridão da noite, o horizonte já se mostrava com um forte brilho e as coisas ao redor dos aventureiros pareciam recuperar suas cores. O efeito só era reduzido pois estavam no lado oposto ao nascer do Sol, de forma que ainda estavam encobertos pela magnitude da montanha.



Era uma estrutura completamente incomum, não que algo na ilha tenha sido normal até o momento, porém aquelas duas estruturas rochosas em formato cónico apoiadas uma na outra pela sua extremidade mais frágil era tanto encantador quando amedrontador. Alpinistas em sã consciência refletiriam por mais tempo sobre os riscos envolvidos naquela escalada, porém Yukimaro estava obstinado com o pedido que recebera dos cozinheiros e por isso não tardou em desbravar aquelas rochas.

Conversava com Sakeko enquanto se alongava, porém o jovem parecia estar sofrendo com tudo que lhe fora imposto na noite anterior, de forma que apenas olha atônito para as rochas a sua frente, sequer piscava, o que misturado com o pó acumulado da corrida desenfreada, o suor produzido por seu corpo e as olheiras pela falta de um devido descanso lhe resultavam em uma aparência cadavérica.

A base da montanha permitia que seguissem em uma caminhada leve, pois não havia de fato uma trilha a ser seguida, nesse momento o bastão sendo usado como bengala ajudou no avanço, porém logo duas coisas se tornaram evidentes, a primeira era a mais óbvia, uma pessoa é incapaz de sobreviver com parcas refeições por dia, os efeitos colaterais para isso dependem de cada indivíduo, assim com o tempo para os efeitos se apresentarem, porém era inevitável que se tornassem cada vez mais fortes. O segundo fato era que a montanha se tornava mais íngreme conforme se aproximavam da junção daquelas duas estruturas.

O meio da montanha ainda estava longe, e após 1/3 do percurso, da primeira metade, em forma de caminhada, deveriam começar a escalar. Nesse momento o bastão se mostrou mais um incômodo do que um verdadeiro suporte, pois as fissuras eram estreitas demais para que um bastão longo se encaixasse e permanecesse firme. O avanço através dessa tática foi lento, mesmo para alguém com um corpo tão hábil, pois buscar os poucos encaixes perfeitos para o bastão tomava uma quantidade excessiva de tempo.

As vestes colavam na pele por conta do suor produzido e a frustração se instalava conforme parecia não sair do lugar.

Com a proximidade, a dimensão da montanha se tornava mais clara, de forma que era possível perceber que, ainda que contrariando as leis da física, as duas pontas dos cones eram muitos mais largas do que pareciam sob a perspectiva do solo, bem nesse ponto sobras pairavam circulando e adentrando as rochas. A claridade do dia impossibilitava distinguir suas reais formas de onde estavam.
Controle de Narração:

Turno: HeroMadao: 16 | Sakeko: 4

Dia: 2 (1/4)

HP: HeroMadao: 120 | Sakeko: 15

EP: HeroMadao: 119 | Sakeko: 23

Ganhos: HeroMadao: - | Sakeko: -

Perdas: HeroMadao: B$ 10.000,00 (Viagem) | B$ 2.000,00 (Alimento) | Capa de Verona (Precisa ser reparado) | Sakeko: -



@HeroMadao @Sakeko
mp
^
HeroMadao
 Posted: May 8 2018, 08:57 PM
citar


HeroMadao




N/A



640 posts

Ficha

HeroMadao is Offline

Estagiário




Parecia que logo o sol nasceria novamente e, escalando a montanha, sentia todo o peso de um dia da missão se passando no corpo e na sua cabeça. Suspirava e tentava subir com precisão, abrindo mão da velocidade ao perceber que não conseguiria mais coletar o material naquele dia.

Seguindo de uma bufada, olhava para baixo e aos arredores procurando algum consolo visual: pensava naquele momento que sabia o local, mas não tinha ideia de como era ou como seria realizada a coleta. Seus olhos tinham certo cansaço, mas não parava.

Continuava escalando como poderia, guardando o bastão quando não fosse mais útil. Não percebia sua companhia lhe seguindo, por isso se convencia de que era uma ilusão da merda (literalmente).


"Sozinho mesmo...que dia louco esse...gorilas, pessoas falando comigo...plantas com dentes..."

Tinha enorme receio de cair. O suor lhe causava desconforto, munido da vestimenta de armadura que lhe dava pequenas dores localizadas. Estava tendo um dia difícil, mas seria ainda mais difícil se não permitisse que suas falhas e defeitos lhe dessem os alertas de que precisava descansar.

Estava em seu limite físico. Mas em foco total com seu objetivo proposto pela moça anteriormente. Tinha medo imenso das rochas conectadas, mas queria chegar ao sucesso da missão. Seguiria com cuidados extras, enrolando as correntes no braço para não abusar da sua sorte na escalada.

Precisava logo chegar ao topo, e logo a fome lhe chamaria. Era questão de tempo agora até que seu organismo reclamasse de dores, fome e cansaço. Ainda pensava em tudo que havia presenciado, agora confuso e atordoado com tudo aquilo.

Assim que chegasse ao topo, baixaria a guarda por alguns instantes, relaxando o corpo e tentando fazer senso em tudo aquilo...


"Heh...nem a marinha teria me preparado para tudo isso..."


QUOTE
@Raamar
Pode responder normal o post, meu amigo sumiu pra mim também. Perdão esse contratempo.
mp
^
Raamar
 Posted: May 9 2018, 10:05 AM
citar


Raamar




CP6 - Comandante



890 posts

Ficha

Raamar is Offline

Aventureiro




LIFE STARTS NOW


As sombras já diminuiam com o Sol agora completamente exposto, ainda que Yukimaro estivesse na face oposta da montanha, de forma que não conseguia ver a paisagem deslumbrante daquele alvorecer. Percebendo os contratempos que criava para si mesmo ao usar o bastão como apoio, optou por guardar este, agora já marcado por novos arranhões causados pelo atrito com a superfice irregular das rochas.

A corrente enrola lhe dava um apoio extra, mas logo o jovem se viu banhado em seu próprio suor por conta do esforço, por sabedoria, sorte ou destino, não estava percorrendo este caminho com o Sol irradiando calor diretamente em suas costas, mas ainda assim sofria com a temperatura por causa de sua armadura.

Logo se aproximou do meio da montanha, e com uma circunferência já bem menor o caçador conseguia ver que do outro lado o Sol já se encontrava na posição que indicava ser a metade da manhã. O caminho era mais árduo do que parecia e conseguia estimar que levaria meio dia no percurso completo da escalada.

Naquela parte da montanha apoios para as mãos e para os pés eram mais comuns e logo se transformaram em entradas maiores do que a própria altura de Yukimaro.

[???]-CRÁ Crá CRÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ - Ouviu o aventureiro às suas costas, se olhasse na direção, primeiro veria somente um vulto em contraste com o céu azul. Mas tão logo sua vista se ajustasse veria o perigo que se aproximava. Tudo se encaixava rapidamente e ficava óbivio que aquela região era usada como ninho para aquelas aves gigantes, nem mesmo 6 Yukimaros de braços abertos, um ao lado do outro, conseguiriam equivaler com a curvatura daquelas asas. As garras de tão grandes permitiam que o aventureiro memsmo ainda distante distinguisse restos de sangue e víseras, o olhar da criatura parecia repleto de ineteligência e maldade.



Ao contrário daqueles gorilas, esse era um animal muito mais dificil de ser dobrado a sua vontade, o ambiente também não favorecia o combate direto para Yukimaro, precisaria usar a inteligência, fosse para fugir ou para atacar, pois o animal descrevia alguns circulos no ar para pegar a corrente de ar certa e então descia ao ataque.

Sua armadura reluzia com os movimentos e isso era ainda mais perturbador, pois a armadura estava impecavelmente cuidada, isso era algo que um bom ferreiro como Yukimaro não conseguiria deixar passar batido.
Controle de Narração:

Turno: HeroMadao: 17 | Sakeko: 4

Dia: 2 (1/4)

HP: HeroMadao: 120 | Sakeko: 15

EP: HeroMadao: 119 | Sakeko: 23

Ganhos: HeroMadao: - | Sakeko: -

Perdas: HeroMadao: B$ 10.000,00 (Viagem) | B$ 2.000,00 (Alimento) | Capa de Verona (Precisa ser reparado) | Sakeko: -



@HeroMadao @Sakeko
mp
^
0 User(s) are reading this topic (0 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (5) 1 2 3 4 5 
fechado
novo tópico
fazer enquete