versão 8.1

Pages: (3) 1 2 3  ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 Cortando Laços Indesejados
Seth
 Posted: Jan 11 2018, 07:21 PM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

“Eu não irei ordenar que pare de nos seguir, mas você não ganhará nada conosco. Não há motivos para nos ajudar.”, o Chacal diz, em meio a passos rápidos no caminho sinuoso do túnel que a pouco descobrira. O lugar era bem apertado, deixando tanto Irus quanto Arash desconfortáveis pela ausência de espaço. A situação era ainda mais complicada por precisar carregar Siena em seu colo, não lhe deixando escolha alguma além de cruzar as pernas da Gata ao redor da sua cintura e colocar seu tronco de frente contra o dela, dando a sensação de estar carregando uma filha. “A não ser que pretenda nos usar.”, concluiu, sem qualquer expressão no rosto.

Vendrick estava logo atrás do trio animalesco, numa luta para acompanhar os passos largos do Chacal. Desde que desceram pela passagem secreta, o homem vinha tentando convencê-lo a aceitar sua ajuda, mas a resposta e expressão de Irus mantinham-se imutáveis durante todas as suas respostas. Arash, por outro lado, semicerrava os olhos para Vendrick, mantendo-se atento a qualquer movimento inesperado vindo do mesmo. Mesmo com o corpo virado para frente, havia girado seu pescoço completamente para trás, causando uma sensação incômoda para aqueles não acostumados. Corujas não eram animais comuns, especialmente uma com um metro de altura. “Mercenários não oferecem ajuda sem ganhar uma compensação em troca, isso é claro para qualquer um. Do quê você está atrás, Vendrick?”

Estava tentado a subir o lenço de seu pescoço como habitualmente fazia para inibir possíveis odores indesejados, mas o fato de que isso poderia atrapalhar a detecção do rastro de Kamshad deixava-o sem opções. Teria de manter o focinho exposto até reencontrar a presa, e não sabia quanto tempo isso poderia demorar. Além do lenço, havia também toda a poeira agregada no chão, teto e paredes da passagem. Podia sentir seu pelo gradualmente tornando-se sujo e perdendo a cor negra da noite para um tom amarronzado de terra. Banho...com urgência, pensa, dando uma olhada de canto para a Coruja em seu ombro. Suas penas também estavam começando a perder a cor. ...Para nós dois.



QUOTE
@Kaimon, e aqui começamos Parthevia 2.0.


Spoiler
Irus

Atributos:
QUOTE
✦ FORÇA: 12
✦ ACUIDADE: 4
✦ PRECISÃO: 10
✦ DESTREZA: 11
✦ VITALIDADE: 8

✦ DANO CORPO A CORPO: 19
✦ DANO A DISTÂNCIA: 4
✦ DANO DE ARREMESSO: 13

✦ ACERTO CORPO A CORPO: 14 (+3 (Vigilância - Primeiro Ataque Apenas))
✦ ACERTO A DISTÂNCIA: 10

✦ ESQUIVA: 15
✦ BLOQUEIO: 13
✦ AGILIDADE: 18

✦ RESISTÊNCIA: 5
✦ PONTOS DE VIDA: 70
✦ ENERGIA: 75



Peculiaridades e Aprimoramentos:
QUOTE
Faro Aguçado : Você tem um olfato com sensores capazes de farejar tão bem quanto um perdigueiro.
Benefício: Quando identifica o cheiro de algo ou alguém consegue seguir os rastros, mesmo à grandes distâncias e em meio a outros cheiros (desde que esses não sejam excessivos), mas pode perder o alvo caso este modifique seu cheiro ou algo externo apague os rastros (como chuvas pesadas ou cheiros muito fortes interferindo a busca).

Recuperação Espantosa: O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para dores ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).
Benefício: Quando fora de momentos de tensão o personagem recupera 1% de sua vida total por turno (arredondado para cima), e se conseguir usar seu método preferido a recuperação aumenta para 2% por turno . (À critério do GM essa taxa pode ser maior quando o turno avança longos períodos de tempo, como uma noite de descanso ou uma viagem entre ilhas).

Aceleração: Você é mais ágil que o normal e pode realizar ações e correr mais rápido. Esta Vantagem permite realizar uma tarefa que normalmente tomaria sua movimentação no turno, como recarregar uma arma ou desativar uma bomba, porém ela não permite atacar mais do que o estipulado pelo mestre.
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +4 em Agilidade

Noção do Perigo : Seu personagem praticamente tem um sexto sentido e sempre está alerta, podendo pressentir quando está sob qualquer tipo de ameaça. Isso não significa que ele "sente" personagens, e sim que sabe quando há risco perto.
Benefício:Concede um bônus +4 nos testes de Percepção.

Audição Aguçada :Possui uma audição sensível, capaz de perceber sons baixos e distantes, ou identificar de onde vêm.
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +2 nos testes de Percepção.

Ligação Natural: Você tem uma ligação poderosa e sobrenatural com um animal, criatura ou personagem. Os dois foram destinados um ao outro desde que nasceram. Este ser jamais irá atacá-lo, e será capaz de sacrificar a própria vida para proteger o companheiro que, por sua vez, vai retribuir essa proteção.
Benefício: Recebe um animal caso não tenha (sem ficha própria), e o animal faz de tudo para proteger seu dono. Pode ser usado em conjunto com "Adestrador" para aumentar a ligação entre adestrador e seu mascote, e nesse caso o mascote recebe um bônus +2 nas jogadas de acerto, dano e defesa quando age para proteger seu dono.

Sincronismo Natural : O personagem uma habilidade natural para se adaptar aos diferentes estilos de combate de seus adversários, sendo capaz de aumentar sua eficiência conforme estende suas lutas.
Benefício: A partir do terceiro turno de combate contra um inimigo em particular, o personagem recebe um bônus +1 nas jogadas de acerto, dano e defesa, e esse bônus aumenta em +1 a cada novo turno, até um máximo de +3. Esse benefício só pode ser usado contra um oponente por vez, e é perdido ao final de cada combate.

Le Parkour : É uma atividade onde seus adeptos percorrem um caminho cheio de obstáculos e tem por finalidade chegar ao final do percurso em menos tempo. É composta por escaladas, saltos e outras manobras arriscadas na intenção de superar obstáculos rapidamente. Soma com Acrobata.
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de defesa e agilidade, e ignora penalidades por terrenos difíceis.

Linguagem Corporal - Combate : Esta perícia permite que você “leia” os movimentos sutis e alterações na postura do adversário.
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de acerto e defesa.

Minerador : Perito em minérios e rochas, consegue identificar diversos tipos de pedras e metais encontrados na natureza, assim como seus métodos de extração.
Benefício: Interpretativo; Permite o jogador coletar matéria prima para criação de itens com metal, garantindo até 10% de desconto no valor total do item (De acordo com o GM).

Sobrevivência: Você tem conhecimento e treinamento básico de sobrevivência em emergências. Sabe criar fogo, pescar, criar um refúgio. Isto independente da região que aconteça o acidente. Suas medidas serão rudimentares, mas serão suficiente.
Benefício: Interpretativo. Pode ser usado em conjunto com aprimoramentos regionais (como "Homem das Montanhas" ou "Homem das Selvas") para melhores resultados.

Acrobata : Com grande capacidade de movimento, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +1 nas jogadas de defesa.

Vigilância : Treinamento excessivo fez do seu personagem um “paranoico saudável”, seu senso de perigo fez com que estivesse sempre pronto para o combate. Sempre que for surpreendido ou se iniciar um combate, seu personagem já estará pronto para reagir, seja com punhos ou com arma, e o primeiro ataque sempre terá acerto com chance bonificada.
Benefício: Concede um bônus +2 nos testes de Percepção. Concede um bônus +3 no acerto do primeiro ataque no combate.





This post has been edited by Seth: Jan 11 2018, 07:24 PM
--------------------


mp
^
Kaimon
 Posted: Jan 12 2018, 03:15 AM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



196 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




CORTANDO LAÇOS INDESEJADOS - Post 1


O corredor realmente era estreito, estreito até demais. Qualquer um que passasse por ali poderia perceber que havia sido feito para a altura de Kamshad, o que fazia a caminhada de um mink de quase dois metros de altura ser um tanto quanto desconfortável. Mesmo assim Seth seguiu bravamente levando Siena no colo, que insistia em não acordar, e Vendrick no seu encalço, insistindo em ajudá-lo.

A caminhada durava um bom tempo, e nenhum sinal de movimentação podia ser vista, além da deles. Os braços de Seth já começavam a mostrar cansaço por carregar a mink por tanto tempo.

-Você acha mesmo que foi uma boa idéia trazer ela pra cá? Nós poderíamos andar muito mais rápido se fossemos os três, além do que sabe-se lá o que vai acontecer quando ela acordar e me ver contigo... - Vendrick claramente ignorava as dúvidas e questionamentos que Seth fazia a ele. Para ele estava tão certo que iria ajudar que tudo aquilo era irrelevante.

Os dois andarilhos não eram da regiam, mas aquele caminho claramente não passava apenas de um lado da rua a outro, ele mostrava um grande caminho que poderia ser percorrido, e que levava, aparentemente, de um lado a outro da ilha. Os conhecimentos de Seth em mineração, entretanto, conseguiram mostrar ao mink que aquela túnel era novo, bem construído e seguro, com vigas de madeira segurando as pedras acima dos rapazes nos locais certos.

A caminhada seguiu por cerca de mais 20 minutos, e caso Seth olhasse para trás, veria sempre o rapaz loiro de cabelos espetados com um sorriso no rosto, bem diferente da primeira impressão causada ao entrar na taverna, horas atrás. Um olhar mais atento mostraria também que ele não levava mais consigo a sua espada, mas parecia estar certo de sua decisão.

Os 4 integrantes daquele grupo improvável chegam então em uma bifurcação. O caminho a partir dali formava um Y exato, porém o lado direito aparentava ser um pouco mais ingreme, mostrando que levava para cima, enquanto o lado esquerdo seguia em linha reta. As horas passaram, e Seth começa a sentir uma dor na ponta do estômago, mas não era nenhum machucado, e sim fome. Faziam horas desde a última refeição dele e de Arash.

Vendrick aproveita a oportunidade de um espaço um pouco maior do que uma fila indiana apertada, analisa os dois caminhos, volta-se para Seth e fala, dessa vez em um tom um pouco mais sério:

- Parece que esse túnel ainda vai mais durar mais bastante tempo... E aí, qual o plano?

@Seth

QUOTE
aeeeee, vamos nessa, como prometido, vamos tentar fechar essa aventura em um mês, um post por dia.

Ps.: Tu gritou shazam e recebeu a sabedoria de salomão foi? que buff de atributo foi esse? kkkkkkk

--------------------
user posted image
mp
^
Seth
 Posted: Jan 12 2018, 01:50 PM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

Independente dos anos na forja e de todo o esforço físico que fazia ao carregar lingotes, armas e armaduras diariamente, todos tinham um limite, e para Irus horas carregando Siena, Arash e Solar numa caminhada contínua por um caminho estreito certamente era o seu. Sua respiração já estava alterada, além do pequeno indício de fome que começava a atingir tanto a si quanto ao seu companheiro. Quando foram suas últimas refeições, na clínica? Teria de parar logo, embora o receio de perder Kamshad parecesse desconfortante. Não irei conseguir manter o ritmo se continuarmos assim, mas não é uma opção deixar Siena desacordada em qualquer lugar., seus olhos vagam até a Gata, preocupados. Precisaria aguentar por mais tempo.

“Eu não posso deixá-la desacordada e sozinha, mesmo com nosso metabolismo, ela ainda não se recuperou completamente. E nossa conversa viria de uma maneira ou de outra. Não me arrependo de tê-la salvado, mas não deixarei que isso me impeça de completar o contrato. Eu tenho meus motivos, assim como Kamshad e seu grupo têm os deles.”, ele faz uma pausa, antes de virar levemente sua cabeça para trás e encará-lo. Sua expressão era séria, porém, para sua surpresa, via o humano sorrindo descontraído. Parecia ter encontrado uma fonte de entretenimento em seguir o Mink e a Coruja, embora Irus não visse a diversão nisso. "Só você ainda não me contou os seus.”

Continuaram com o ritmo por um pouco menos de meia hora, até encontrarem uma bifurcação, impedindo-os de continuar. Pelo formato dos dois novos túneis podia deduzir que um deles provavelmente daria para a superfície, enquanto o outro seguia ainda mais adiante, para um destino desconhecido. “Subir… talvez fosse uma boa opção, mas a troca seria o rastro de Kamshad…”, escapou-lhe o pensamento num sussurro involuntário. A distância que caminharam durante todo esse tempo podia facilmente ter levado o quarteto até o outro lado da cidade, e não duvidava muito que o houvesse feito. Caso subissem agora, era provável que ainda pudessem encontrar uma taverna ou estalagem para comerem e tomarem um banho enquanto esperariam Siena acordar. Caso seguissem, poderiam acabar em um outro esconderijo do líder, ou um pequeno porto para uma fuga inesperada. Parthevia era uma cidade grande, as vezes pensada como duas cidades em uma. Mesmo com uma fiscalização, haveria partes que passariam despercebidas.

“Devo concordar com você que esperar Siena acordar será necessário. Não sabemos até onde essa rota de fuga pode seguir, contudo... apostar na sorte pode nos trazer problemas, pois sempre podemos encontrar com outros membros do grupo dele.”, ele faz uma pausa, encarando Vendrick. “Também estou com fome. E preciso de um banho. Meus pelos e as penas de Arash estão agregando poeira demais.”, a coruja relaxa seu pescoço, voltando à posição original com um pio de alívio. Ela sacode sutilmente a cabeça ao escutar a fala do dono, concordando com o desconforto tanto da fome quanto da sujeira. O Chacal aponta para o caminho mais íngreme. “Se subirmos, temos uma chance boa de ainda encontrar estalagens. A troca disso tudo seria o intervalo de tempo entre nós e Kamshad.”, diz, finalmente subindo o lenço para cobrir seu focinho. Havia tomado uma decisão. Podemos encontrá-lo novamente.

“Vamos subir.”


QUOTE
@Kaimon. 260 de XP fazem maravilhas aoskldjfoawjef.


Spoiler
Irus

Atributos:
QUOTE
✦ FORÇA: 12
✦ ACUIDADE: 4
✦ PRECISÃO: 10
✦ DESTREZA: 11
✦ VITALIDADE: 8

✦ DANO CORPO A CORPO: 19
✦ DANO A DIST NCIA: 4
✦ DANO DE ARREMESSO: 13

✦ ACERTO CORPO A CORPO: 14 (+3 (Vigilância - Primeiro Ataque Apenas))
✦ ACERTO A DIST NCIA: 10

✦ ESQUIVA: 15
✦ BLOQUEIO: 13
✦ AGILIDADE: 18

✦ RESISTÊNCIA: 5
✦ PONTOS DE VIDA: 70
✦ ENERGIA: 75



Peculiaridades e Aprimoramentos:

QUOTE
Faro Aguçado : Você tem um olfato com sensores capazes de farejar tão bem quanto um perdigueiro.
Benefício: Quando identifica o cheiro de algo ou alguém consegue seguir os rastros, mesmo à grandes distâncias e em meio a outros cheiros (desde que esses não sejam excessivos), mas pode perder o alvo caso este modifique seu cheiro ou algo externo apague os rastros (como chuvas pesadas ou cheiros muito fortes interferindo a busca).

Recuperação Espantosa: O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para dores ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).
Benefício: Quando fora de momentos de tensão o personagem recupera 1% de sua vida total por turno (arredondado para cima), e se conseguir usar seu método preferido a recuperação aumenta para 2% por turno . (À critério do GM essa taxa pode ser maior quando o turno avança longos períodos de tempo, como uma noite de descanso ou uma viagem entre ilhas).

Aceleração: Você é mais ágil que o normal e pode realizar ações e correr mais rápido. Esta Vantagem permite realizar uma tarefa que normalmente tomaria sua movimentação no turno, como recarregar uma arma ou desativar uma bomba, porém ela não permite atacar mais do que o estipulado pelo mestre.
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +4 em Agilidade

Noção do Perigo : Seu personagem praticamente tem um sexto sentido e sempre está alerta, podendo pressentir quando está sob qualquer tipo de ameaça. Isso não significa que ele "sente" personagens, e sim que sabe quando há risco perto.
Benefício:Concede um bônus +4 nos testes de Percepção.

Audição Aguçada :Possui uma audição sensível, capaz de perceber sons baixos e distantes, ou identificar de onde vêm.
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +2 nos testes de Percepção.

Ligação Natural: Você tem uma ligação poderosa e sobrenatural com um animal, criatura ou personagem. Os dois foram destinados um ao outro desde que nasceram. Este ser jamais irá atacá-lo, e será capaz de sacrificar a própria vida para proteger o companheiro que, por sua vez, vai retribuir essa proteção.
Benefício: Recebe um animal caso não tenha (sem ficha própria), e o animal faz de tudo para proteger seu dono. Pode ser usado em conjunto com "Adestrador" para aumentar a ligação entre adestrador e seu mascote, e nesse caso o mascote recebe um bônus +2 nas jogadas de acerto, dano e defesa quando age para proteger seu dono.

Sincronismo Natural : O personagem uma habilidade natural para se adaptar aos diferentes estilos de combate de seus adversários, sendo capaz de aumentar sua eficiência conforme estende suas lutas.
Benefício: A partir do terceiro turno de combate contra um inimigo em particular, o personagem recebe um bônus +1 nas jogadas de acerto, dano e defesa, e esse bônus aumenta em +1 a cada novo turno, até um máximo de +3. Esse benefício só pode ser usado contra um oponente por vez, e é perdido ao final de cada combate.

Le Parkour : É uma atividade onde seus adeptos percorrem um caminho cheio de obstáculos e tem por finalidade chegar ao final do percurso em menos tempo. É composta por escaladas, saltos e outras manobras arriscadas na intenção de superar obstáculos rapidamente. Soma com Acrobata.
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de defesa e agilidade, e ignora penalidades por terrenos difíceis.

Linguagem Corporal - Combate : Esta perícia permite que você “leia” os movimentos sutis e alterações na postura do adversário.
Benefício: Concede um bônus +1 nas jogadas de acerto e defesa.

Minerador : Perito em minérios e rochas, consegue identificar diversos tipos de pedras e metais encontrados na natureza, assim como seus métodos de extração.
Benefício: Interpretativo; Permite o jogador coletar matéria prima para criação de itens com metal, garantindo até 10% de desconto no valor total do item (De acordo com o GM).

Sobrevivência: Você tem conhecimento e treinamento básico de sobrevivência em emergências. Sabe criar fogo, pescar, criar um refúgio. Isto independente da região que aconteça o acidente. Suas medidas serão rudimentares, mas serão suficiente.
Benefício: Interpretativo. Pode ser usado em conjunto com aprimoramentos regionais (como "Homem das Montanhas" ou "Homem das Selvas") para melhores resultados.

Acrobata : Com grande capacidade de movimento, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.
Benefício: Interpretativo; Concede um bônus +1 nas jogadas de defesa.

Vigilância : Treinamento excessivo fez do seu personagem um “paranoico saudável”, seu senso de perigo fez com que estivesse sempre pronto para o combate. Sempre que for surpreendido ou se iniciar um combate, seu personagem já estará pronto para reagir, seja com punhos ou com arma, e o primeiro ataque sempre terá acerto com chance bonificada.
Benefício: Concede um bônus +2 nos testes de Percepção. Concede um bônus +3 no acerto do primeiro ataque no combate.




This post has been edited by Seth: Jan 12 2018, 01:50 PM
mp
^
Kaimon
 Posted: Jan 14 2018, 01:32 AM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



196 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




CORTANDO LAÇOS INDESEJADOS - Post 2


Seth decidiu fazer uma pausa na bifurcação para refletir e arquitetar seus próximos passos. Decidiu, relutantemente, a ir pra cima e tentar achar algum lugar para descansar e esperar Siena acordar, afinal, todos tem um limite. Ele dirige-se a Vendrick e explica seu plano, mas o rapaz loiro finalmente fica sério. Ele olha um pouco para o chão, como quem reflete nas próximas palavras, dá um suspiro e põe-se a falar.

- Sabe cara, desde que eu cheguei aqui eu interagi com muitas pessoas, muitas mesmo, contratantes, assaltantes, caras bons e caras maus, e todos, sem exceção, agiam com base no dinheiro. Invadi aquele esconderijo encontrar mais 20 caras com a mesma mentalidade, mas dei de cara com você, um mink que arriscou tudo pra salvar outro ser vivo... - Ele olha para Seth mais um vez, e solta um sorriso, antes de continuar. - Já sei o que posso fazer pra te ajudar, sei que você não confia em mim, mas preciso te lembrar também que não tem como capturar o Kamshad sozinho, e eu vou te ajudar, você queira ou não. - O rapaz então olha para o caminho que seguia em linha reta. - Eu vou seguir por aqui, e vou descobrir onde esse túnel leva. Você pode subir por aí e levar a moça pra descansar, além do que vocês vão precisar conversar a sós, e não com o cara que atacou ela do lado. Assim que você sair, siga pro porto, tem uma pousada lá muito boa, que não se importa qual raça você é, só com o dinheiro que você tem... Eles tem até um banho termal muito bom! Eu te encontro lá amanhã pela manhã, e te conto o que descobri. E fica tranquilo, eu não serei burro o suficiente de atacar alguém em desvantagem numérica, uma vez já é o suficiente...

Dito isso, Vendrick cria coragem mais uma vez e entra pelo caminho da direita. Seth não percebera, mas aquele espaço também era bem incomodo para o rapaz, que andava um pouco curvado pelo caminho. Rapidamente o homem some, deixando os dois minks e a coruja na bifurcação. Seth então começa sua caminhada "solitária" ladeira acima, seus braços e seu estômago doiam a cada minuto que passavam, mas o caminho parecia não acabar. O percurso mantinha o mesmo padrão, um caminho apertado, grande o suficiente para um homem de 1,60 e poucos ficar confortável, mas nada bom para um ser de quase dois metros de altura, carregando carga, ainda por cima, adicionando agora uma ladeira constante para cima. Claramente aquele não era só um caminho para saída.

Caminhando mais um pouco, um nova bifurcação, porém, dessa vez, uma seguia na mesma ladeira, enquanto a outra levava para cima na vertical, com uma escada improvisada. Caso olhasse lá de baixo, a imagem da lua podia ser vista no céu, por uma saída que aparentemente dava em um corredor da parte alta da ilha, Seth percebeu então que percorreu da parte pobre da cidade até a parte rica, e o túnel levava ainda mais para cima, mas o destino era incerto.

Já era noite, Seth estava exausto, Arash sujo, Siena ainda desacordada, e eles estavam na parte rica da cidade, o que o chacal iria fazer a partir dali?

@Seth
mp
^
Seth
 Posted: Jan 14 2018, 07:05 PM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

O tom das palavras de Vendrick não pareciam duvidáveis para o Chacal, na verdade ele surpreendeu-se com a seriedade depositada em sua resposta, embora não expressasse emocionalmente. Não posso dizer que o princípio disso tudo não é o dinheiro, pois eu estava atrás de Kamshad, pensou, lembrando-se do contrato. Contudo, salvar Siena não possuía envolvimento algum com pagamentos. Sua dedicação a “salvar” desconhecidos é algo vindo de suas próprias crenças, por não gostar da ideia de uma vida largada à morte, em sofrimento. Do mesmo modo que ajudou Arash, não deixaria Siena baleada no tiroteio. É claro, isso me trouxe complicações, mas foi o que escolhi.

“Porto… o porto de Mattal? Pode ser uma longa caminhada até lá, pois não sabemos onde a saída vai dar.”, diz, olhando para o túnel. A situação, para os dois, era a mesma. Não sabiam onde qualquer um deles podia levá-los, e nem se haveria algum perigo nas saídas. O diferencial era que Vendrick estava sozinho. “Pode não ser uma boa ideia você ir lá desacompanhado, independente de ter aprendido que lutar em desvantagem quase nunca é uma boa ideia, você não atacar alguém não impede eles de atacarem. Talvez devesse subir conosco, mas…” Num impulso, o Chacal afaga os cabelos loiros do garoto com as mãos, sem encará-lo. “...não vai ser eu quem irá te impedir. Arash fará rondas onde decidirmos ficar, aguardando você. Se pretende ajudar, não demore.”

Quando o garoto finalmente desapareceu do alcance de suas visões indo pelo caminho escolhido, Irus tornou a subir, conforme decidira minutos antes. Sua situação não estava fácil, cada passo tornava-o mais cansado e mais faminto, não havendo como lidar com nenhum desses problemas exceto continuando. Foi demorado, e ainda deparou-se com uma nova bifurcação após todo o caminho. O alívio só veio ao reparar que numa delas já era possível ver o céu. Se há uma nova bifurcação aqui, nada impede do garoto encontrar outras. Isso pode ser um problema…, seus pensamentos eram levemente preocupados, ...Siena terá de acordar rápido, não podemos contar com a sorte.

O Chacal tentaria captar algum odor do novo caminho, porém sentia seu corpo negar-lhe em choro, forçando-o a por a ideia de lado e subir o que restava até a superfície. Ao voltar a sentir os ares frescos da noite, uma surpresa infeliz revelava-se por toda a sua vista: estavam na antiga Parthevia e atual capital: Qishan, a zona mais rica do reino. Minha aparência… Merda. Segurando Siena com um dos braços, ajeitou o lenço vermelho preso em seu pescoço, utilizando-o para cobrir as orelhas e o focinho. Como seus pelos eram curtos na região do rosto, os cabelos compridos fariam parecer que não passavam de sombras, ou que simplesmente era alguém de muita melanina. Seu rabo aquietou-se ao ser colocado para dentro da calça de tecidos largos, escondendo o que restava de sua genética animalesca. Por fim, mudou a posição da Gata de modo que seu rosto ficasse escondido em meio às sobras de pano em seu peito. Todo cuidado era pouco, na situação que estavam. Enquanto Irus ajeitava-se, Arash observava todo o processo já nos ares, aliviado com o toque da noite. Não queria causar ainda mais problemas para o dono, então o acompanharia por vôo pelo resto da viagem. Após certificar-se de que estava tudo certo, o Chacal voltou a andar com passos largos, apressado na busca de qualquer refúgio.

Uma taverna..., pensava, olhando de um lado ao outro. Uma única taverna que nos receba.

Ir até o porto estava fora de questão.




@Kaimon

This post has been edited by Seth: Jan 16 2018, 01:25 AM
mp
^
Kaimon
 Posted: Jan 19 2018, 04:15 AM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



196 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




CORTANDO LAÇOS INDESEJADOS - Post 3


O ar da superfície inundou os pulmões do chacal, que já estava acostumando-se com o pouco ar que percorria os túneis. Arash esticou suas asas como quem se espreguiçava, balançando o pescoço de um lado para o outro, numa tentativa de alongar-se. Siena, entretanto, continuava imóvel, e parecia que a cada segundo a gata ficava ainda mais pesada.

Estavam finalmente na rua, mas o rapaz percebeu logo que tratava-se de um local pouco amistoso, onde todos os problemas da ilha eram ocultados com descaso ou violência, a parte rica da cidade. Escondendo rapidamente suas partes animalescas, que não seriam nem um pouco bem vistas por ali, Seth cuidou de esconder tbm as feições de Siena, enquanto procurava uma taverna que os acolhessem. A ideia de Vendrick fora descartada ao perceber a distância que teria que percorrer.

Seth percorre as ruas lentamente, o peso da gata, o cansaço e a fome começavam a pagar uma taxa muito grande no desempenho do rapaz, que procurava qualquer lugar convidativo o suficiente para arriscar suas preciosas palavras. Pelo caminho ele consegue perceber vários bares chiques, que ostentavam 4 ou 5 estrelas abaixo de seus nomes, e recepcionistas que encaravam com desdém o mink enquanto ele passava.

Quando tudo parecia perdido, Seth encontra uma luz no fim de um beco, com barulho de música e risadas. Ele ainda não conseguia ver bem o local, mas sem dúvida parecia mais convidativo do que o resto dos ambientes que passara.

Seria essa a luz no fim do túnel para o mink, ou apenas mais uma desventura que o chacal teria de resolver?

@Seth
mp
^
Seth
 Posted: Jan 19 2018, 11:00 PM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

A cada passo que dava, seu corpo cedia mais um pouco. Estava cansado, com fome, prestes a desmaiar de exaustão. Não se lembrava da última vez que esteve em uma situação semelhante, e certamente não gostaria de reviver tais memórias, mas mal podia esperar para tomar um bom banho e cair na cama - isso, é claro, se não apagasse na própria banheira. Para seu azar, no entanto, durante um bom tempo só deparou-se com estabelecimentos de alta classe nos quais não havia como hospedar tanto a si quanto a Siena. Os vários dias que passara em Parthevia foram todos na antiga Mustas’shyn, reconhecendo a dificuldade que teria de interagir com os moradores locais. Já fora difícil com a população mais pobre, agora na capital… sentia ser ainda pior. Com todos os seus problemas, era só questão de poucos minutos a mais de caminhada até cair no chão.

Irus nunca possuiu uma fé ou religião a qual seguisse fielmente. Cresceu acreditando que, caso quisesse algo, precisaria trabalhar para conquistá-lo. Sua vida toda foi uma bela prova dessa filosofia, afinal o que obtera até ali foi nada mais que frutos de seu próprio esforço e dedicação. Não chegou a sentir uma necessidade brutal em algum momento de sua história, pois é de uma personalidade cuidadosa, preveniu-se sempre que pôde ao notar um possível aperto no mês seguinte, fosse de dinheiro ou alimentação. Dessa vez… não há como contar comigo mesmo. As coisas fugiram das minhas mãos. Rezar… talvez seja uma boa opção, mas rezar para quem?

Com algum esforço, o Chacal levanta o rosto encarando o céu estrelado e limpo, típico das noites de uma ilha de Verão. A brisa gélida batia contra o focinho ainda coberto, passando pela costura pouco folgada de seu lenço vermelho. Era uma sensação maravilhosa, embora não gostasse do frio, mas digamos que o cheiro da noite era um bom calmante natural, como um chá de camomila bem preparado. Um chá de Camomila seria ótimo…, pensava, já fechando os olhos. Estava pronto para jogar-se ao chão, até… suas orelhas remexerem, ao leve som festivo. ...Taverna?, perguntou-se. Não havia mais tempo, ele se deixou guiar pelo som, em um último suspiro. Assim que entrasse no local, Arash puxaria a bolsinha de moedas do dono, jogando-a sobre a bancada do taverneiro. Sua expressão imutável estaria banhada de cansaço da caminhada até ali, certamente não precisaria de palavras.



QUOTE
@Kaimon, não mata meu Chacal, por favor :c


This post has been edited by Seth: Jan 19 2018, 11:56 PM
mp
^
Kaimon
 Posted: Jan 21 2018, 01:43 AM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



196 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




CORTANDO LAÇOS INDESEJADOS - Post 4


Escuridão. O que a poucos instantes era uma luz vinda do fundo de um beco, tornou-se um breu. Quando deu por si, Seth acorda em uma cama grande o suficiente para duas pessoas dormirem. Arash praticamente pula em cima de seu dono ao vê-lo acordar. Quando o chacal volta a acostumar-se com a claridade vinda do lado de fora, consegue perceber toda a dimensão do quarto.

Era um quarto grande, uma mesa e duas cadeiras estavam do lado esquerdo da cama em que o rapaz estava, e uma estante para guardar coisas estavam à frente da cama, com um sofá ao lado. Quando os detalhes tomam forma, Seth percebe que tinha comida em cima da mesa, uma refeição completa e suficiente para matar a fome de qualquer ser vivo. Antes que o rapaz pudesse se mover entretanto, uma voz familiar começa a falar

- Que bom que você acordou, eu estava preocupada... Você está bem? Eu preciso entender o que aconteceu, por que nós não estamos com o mestre Kamshad? - Siena percebe que o mink ainda estava confuso com tudo que aconteceu, dá um suspiro e começa a falar - O senhor Paul me falou que nos encontrou no beco em frente ao bar dele, Arash entrou voando alucinadamente chamando a atenção deles... Ele nos trouxe pra casa dele, e cobrou uma pequena quantia para ficar de boca fechada... Então eu acho que aqui estamos seguros, apesar de não saber exatamente onde estamos...

Siena se levanta e vai até a janela, tentando observar onde estava. Seth pôde perceber que ela havia trocado de roupa, as roupas manchadas de sangue deram lugar a um vestido verde, que ficava um pouco grande demais para ela, mas pelo menos parecia ser confortável.

O sol já entrava pela janela, aparentemente o prazo de Vendrick havia passado, o que Seth faria dali?

@Seth
mp
^
Seth
 Posted: Jan 21 2018, 11:22 AM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

Havia chegado na Taverna? Estava tão cansado que não duvidaria se suas últimas memórias da noite fossem esquecidas no dia seguinte, independente do quê houvesse feito. Não conseguia ver. Faltava luz para definir o formato dos objetos ao seu redor. Na verdade, perguntava-se se realmente haveria algo ali, pois não sentia nada, nem o próprio braço estendido em busca de contato com alguma outra forma física. Estava mesmo com o membro estendido? Não parecia achar resposta.

Quando um feixe de luz rasante cortou-lhe o horizonte e seus olhos arderam à sua vista que percebeu: estava dormindo.

Gemeu um sussurro de descontentamento. Sentia os músculos ainda negarem parte de seus desejos, em meio a um choro sem lágrimas do limite ultrapassado na noite anterior. Remexeu no que acreditava ser uma cama macia antes de tentar colocar-se de pé, mas foi rapidamente suprimido por um peso tão familiar quanto Solar em suas costas. Assim que o cheiro chegou à suas narinas, estava certo de quem era. “Arash”, sussurrou, com um tom aliviado. Não largou o companheiro tão cedo, sufocando-se em carinhos - afagos com o focinho - por suas penas, tão necessários quanto o próprio ar e justificados pelo medo de perdê-lo. Ele estava bem. Quando tomou melhor conhecimento de onde estava, suspirou aliviado. De uma maneira ou de outra, haviam chegado até o estabelecimento sem perdas. Em cima de uma mesa não muito longe de si, o cheiro de comida seduzia o Chacal aos brandos, atropelando seus sentimentos sobre a sujeira que impregnava sua bela pelagem negra. Não conseguia reparar se ainda estava sujo, ou se havia tomado um banho antes de desmaiar. Estava com fome. Queria ir até a mesa e abocanhar a primeira coisa que visse, mas uma voz familiar rompeu seus ouvidos.

“Estou...bem.”, sua fala fraquejava de começo, dificultada pela perda de consciência. A necessidade de conversar com Siena sobre os acontecimento já assumia a forma de um pequeno rato, perseguindo-o sem qualquer intenção de desaparecer. Subia por seu ombro, escorregava pelo lenço em seu pescoço entretido por todas as curvas criadas com a dobra das roupas. Era um sentimento incômodo, mas agora não tinha forças para comê-lo. “...Então… não chegamos a entrar numa Taverna.”

Mas tivemos sorte do humano nos aceitar, mesmo que temporariamente, pensou, passeando os olhos pelo quarto. Ainda havia certa chance dele voltar contra suas palavras e acabar colocando o trio em perigo, então não poderiam demorar muito ali, dependendo da bondade do homem. Trio… Vendrick não nos alcançou, ou não conseguiu voltar., ele fechou a mão em um punho que, horas antes, afagava os cabelos loiros do garoto num sinal de despedida. Não podia dizer que não se importava, afinal, possuía uma natureza gentil como lhe foi ensinado por seus pais nos anos que estiveram juntos. E era por ela que evitava contato durante a caça.

“Preciso de um banho, o homem nos permite?”, perguntou para Siena, que olhava pela janela do quarto. Das duas pessoas que criara certo carinho, ao menos uma delas estava a salvo. Caso recebesse uma resposta positiva, iria pôr-se de pé com a ajuda de Arash e caminhar até a mesa, mirando qualquer fruta que houvesse ali. Após, tiraria os panos cobrindo seu corpo, andando em direção aonde lhe fosse dito ser o local de banho. Embora estivesse com certa pressa, limparia cuidadosamente a si e a Coruja, tirando todo resquício de poeira que haviam ganhado na passagem secreta. Irus possuía suas próprias manias.

Finalmente limpos, partiria outra vez para a mesa, terminando sua refeição. Em meio as garfadas, faria uma única pergunta.


“Siena, podemos conversar?”



@Kaimon
mp
^
Kaimon
 Posted: Jan 22 2018, 01:58 AM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



196 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




CORTANDO LAÇOS INDESEJADOS - Post 5


O momento era delicado, Seth de certa forma escolhia as palavras para não se precipitar em nada com Siena. Resolveu que seria melhor se restabelecer por completamente, e uma maçã na mesa era o primeiro passo para isso. Após saciar-se dos afagos de Arash e ter certeza que o parceiro estava bem, devorou a maçã com certa rapidez, enquanto Siena aguardava. A garota não sabia o que tinha acontecido, mas estava claro que não havia sido facil para o outro mink o dia que passara.

Ainda adiando a conversa, Seth pede por um banho, e Siena, com um sorriso, adianta-se até a porta e chama pelo homem que os hospedara - Senhor Paul, ele acordou! - Passados menos de 2 minutos, um homem grande e forte entra pelo quarto Ele não tinha mais praticamente nenhum cabelo em sua cabeça, apenas uma pequena mecha castanha quase na testa impedia que o chamassem de careca. Tudo isso era compensado por um grosso bigode que praticamente escondia sua boca, que, aliado ao tamanho e os músculos, davam um ar meio intimidador ao homem.

- Você parece precisar de um banho rapaz, siga-me, vocês tem sorte de sua coruja gostar muito de você, e dela ser bem treinada, não foi um nem dois dos meus clientes que tentaram abatê-la... Siga-me - O homem sai pela porta e é seguido pelo chacal, que naquele ponto precisava de um banho como um homem perdido no deserto precisa de um copo d´água. Em pé lado a lado com Paul, Seth percebe que o homem é ainda mais alto que ele, o que talvez explicasse como os três foram transportados para o quarto. O homem vai até o fim de um corredor comprido e aponta para uma porta. - Pode usar o banheiro à vontade, Siena já o utilizou mais cedo, ela não estava muito melhor que você. Vocês se recuperam bastante rápido... os minks... Quando terminarem vá até minha cozinha, quero conversar com vocês.

Dito isso o homem encerra suas palavras e se retira, deixando Seth com um banheiro modesto, mas capaz de suprir suas necessidades. Tomado banho, o chacal parecia um novo mink, quase como se nada no outro dia tivesse acontecido, até chegar no quarto. Siena levanta-se do sofá em que estava sentada e dirige-se, ao mesmo tempo que o chacal falava

- Eu preciso saber o que aconteceu!

@Seth
mp
^
Seth
 Posted: Jan 22 2018, 02:53 AM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

O alívio sentido ao remover a grossa camada de poeira que cobria sua pelagem era indescritível. Já havia assumido uma cor amarronzada e uma textura seca e porosa, como se não cuidasse do que era motivo de tanto orgulho aos de sua raça. Também não cortava o cabelo há anos, gostava de seu comprimento e da maneira que quase chegava ao chão, caindo-lhe aos ombros ou incorporando cada dobra de suas roupas. Normalmente comportava-se como era esperado de uma pelagem lisa, mas do mesmo modo possuía seus dias rebeldes. Durante ventanias, precisava dedicar-se constantemente a prender todo fio que escapava da prisão que era seu rabo de cavalo para conseguir enxergar seu caminho sem que rojões pretos interrompessem sua concentração. É trabalhoso, concluiu, escovando-o junto da água, Mas não lamento nenhum dia, muito menos o tempo que me toma de banho.

Aproveitou do pouco momento de paz que lhe fora dado para refletir o que viria a seguir. Paul certamente era uma figura curiosa e, embora estivesse acostumado com humanos sua escolha peculiar de corte de cabelo, em contraste com os fios do Chacal, ele atraía seus pensamentos em momentos inesperados após o encontro. Não era somente o corte, mas todo seu porte físico e altura maior que a sua própria que transfomavam-no num destaque em meio a uma multidão. Não duvido que tenha sido Paul quem nos carregou para dentro, pensou enquanto encarava Arash, sentado há poucos centímetros de distância. ...E ele comentou sobre terem perseguido Arash… A situação poderia ter se tornado ainda pior. Um pequeno receio perseguia-lhe junto do ratinho branco, porém ainda sem forma. Não deu atenção. Nós tivemos muita sorte.

Saiu do banho com a coruja ao lado e as energias renovadas. Quando fez sua pergunta, Siena exclamou no mesmo instante o mesmo pedido. Sentiu um leve alívio ao lembrar-se que não era o único, a conversa viria de uma maneira ou de outra. “Assim que Vendrick foi derrotado, Kamshad desapareceu de seu quarto.”, começou com um resumo dos acontecimentos. “Descobrimos que havia uma rede de túneis através de uma passagem secreta no próprio cômodo, mas já estávamos exaustos por todos os acontecimentos do dia. Tivemos de desistir, e subimos na primeira saída.”

Irus repousa os olhos na Gata por algum tempo, pensativo. Não duvidava que o caminho dos dois partiria ali, assim que expusesse seus próprios motivos e razões do desenvolvimento da história. O rato sufocava em seu ombro. “Siena, eu estou atrás de Kamshad.”, um suspiro, mas não abaixou o olhar. “Assim como Vendrick. Fui contratado após algumas semanas por aqui, preciso do dinheiro pois há temporadas que meu trabalho não me supre.”, ele pausa novamente, “Sou um ferreiro de Sagan, e viajo frequentemente para ajudar com os gastos de minha família. Você e Kamshad haviam proposto eu me juntar à revolução em Parthevia, mas não irei aceitar, tenho meus próprios problemas, assim como vocês dois. O ganho de uma revolução não nos sustenta nem aqui, nem em casa.”, ele faz sua última pausa. “Como você está melhor, irei resolver a questão do pagamento pela ajuda de Paul. Me perdoe.”

Poderia ser eventualmente respondido, mas não ficaria parado esperando uma. Juntaria suas coisas com um pouco de pressa, afinal ainda havia trabalho a fazer. E não estou preocupado com Vendrick, mas se ainda houver chances… melhor., pensou, terminando de pegar Solar e seguindo para a cozinha atrás de Paul.



@Kaimon
mp
^
Kaimon
 Posted: Feb 2 2018, 10:42 AM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



196 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




CORTANDO LAÇOS INDESEJADOS - Post 6


A gata escuta tudo que Seth tem a dizer em silêncio, mas suas pupilas se dilatam quando ouve a real intenção do chacal com seu mestre. Quando o homem termina de falar, a gata ergue-se de onde estava e põe-se a falar:

-Uma rede de túneis? eu não sabia disso... mas isso é bom, sinal que estamos progredindo com nosso plano... Eu agradeço sua ajuda, Seth, mas agora eu preciso ir, compreendo sua história, mas da próxima vez que nos virmos, eu não terei pena de você, não levará meu mestre, ele é um homem bom e incompreendido.

Com as palavras duras ditas, Siena vai até a janela e salta por ela. Estavam no primeiro andar, mas aquilo não seria problema para o corpo atlético da gata, que logo some novamente pelas ruas. Seth é deixado novamente somente na companhia de Arash, fato que não havia ocorrido em algum tempo. Ele então resolve ir até Paul, e entender o que o homem queria com ele.

Descendo as escadas, Seth encontra facilmente o caminho até a cozinha, onde Paul estava com um avental mexendo em algo nas panelas. Ainda sem virar o rosto, o homem começa a falar com Seth:

- Bem vindo garoto! Uma pena sua amiga não ficar para o café da manhã. Aceita ovos mexidos? - O homem vira-se com uma panela cheia de ovos mexidos, numa quantidade que chegava a ser absurda e a coloca em cima da mesa que estava próxima ao local por onde Seth entrou. Senta-se e aponta uma cadeira para o chacal sentar-se - Podemos ir direto ao assunto? O que vocês faziam naquela parte da cidade naquele estado? Vocês estão envolvidos com esses boatos de revolução que eu ouvi, não é? Eu também não gosto da máfia, mas essa revolução, ela me parece mal sinal... O que você pretende fazer agora?

A expressão de Paul mudou, o homem agora estava sério, e seu cabelo seguia o mesmo rumo, parecendo que movia-se de acordo com o humor do homem. Aparentemente ainda estava longe do meio-dia, mas parecia já ter passado a algum tempo da hora marcada com Vendrick.

@Seth
QUOTE
perdão, minha mudança de casa e inicio de semestre tomou mais tempo do que eu esperava, mas estamos de volta


This post has been edited by Kaimon: Feb 2 2018, 10:45 AM
mp
^
Seth
 Posted: Feb 2 2018, 03:35 PM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

As palavras de Siena atingiram o Chacal desprevenido. Não esperava um resultado pacífico como o que recebeu, mas sim uma reação mais explosiva da Gata, pois estava atrás de seu tão querido líder a fim de entregá-lo à Marinha. Isso significava um desmanche em parte da organização dos rebeldes, embora não duvidasse que havia outros para substituírem Kamshad temporariamente ou até permanentemente, dado o risco do que tinham como objetivo. Um homem bom e incompreendido, ela diz... mas isso nada tem a ver comigo, pensou, amarrando suas coisas e, por fim, saindo do quarto. Arash já subia-lhe o ombro, afagando a cabeça branca em seus cabelos negros ainda soltos para secar, como se quisesse consolá-lo ou minimamente melhorar seu humor. Irus respondeu coçando carinhosamente o pescoço emplumado do companheiro. Estava bem. Estamos aqui pelo dinheiro, não posso me envolver. Não viu a gata saltando pela janela, já estava descendo as escadas para o andar inferior sem qualquer vontade de olhar para trás.

Chegou a cozinha guiado pelo cheiro de ovos durante todo seu caminho. Apesar de sua raça rejeitar carne daqueles de imagem semelhante, ovos e peixes eram alimentos habituais para sangues carnívoros como o do Chacal, que ainda precisavam de proteína em seu dia a dia. Horas/minutos antes havia se alimentado com o que fora servido no quarto, contudo sentia-se levemente seduzido pelo som dos utensílios da cozinha e o cheiro amanteigado que a panela soltava em forma de vapor quente. Ao entrar no cômodo, foi logo recebido por Paul, o dono da casa, cozinhando os ovos. Assim que deu o primeiro passo para dentro do ambiente, o homem tornou a falar. Irus encarou-o por poucos segundos, ainda parado à porta, antes de ir até a cadeira indicada para sentar. “Aceito.”

Deu a primeira garfada. Podia não gostar muito de odores fortes, ou sentir repulsa de texturas mais gosmentas, mas certamente ovos eram uma exceção, mesmo banhados na manteiga. Não demorou segundos para a conversa ser desvirtuada sobre os feitos do Chacal. Certamente, somos um grupo duvidoso. Dois minks e uma coruja das neves no meio da área nobre de Parthevia é longe do comum, pensava, mastigando. A ideia de responder a todas as perguntas de Paul seria estúpida, caso pensada numa situação diferente. O que tornava o momento uma exceção era que se o homem quisesse, já teria matado tanto Siena quanto a si próprio na noite anterior. Isso me dá certa liberdade, concluiu, já pensando em suas respostas. Só não implicaria que daria todos os detalhes. Com Siena, não comentou quem era seu contratante.

“Nós somos de Sagan, estamos em Pathevia há poucas semanas em busca de trabalho. Siena é da região, até onde posso afirmar.” uma pausa e uma garfada. Engoliu antes de retomar a fala. “Eu estou atrás de um homem, mas o rastro dele desapareceu ao redor a Capital. A Gata se feriu durante a perseguição, e como caminhei por horas com ela nas costas, estava exausto. Tivemos de desistir por hora. Nossa única opção foi ir em busca de uma taverna, embora para nós essa ideia nesse lugar seja uma péssima decisão. Foi sorte termos vindo até você.”, ele olhou para o homem, sem expressão, em retorno de seu tom sério. “ E por isso sou grato. Contudo, eu não tenho detalhes sobre os rebeldes. Não é assunto meu.” Permaneceu fitando-o por um bom tempo. Mercenários não são bem vistos em muitos lugares, mesmo que Paul tenha relevado sua raça, ainda havia chances de não deixar passar a nova informação. “Agora preciso voltar de onde parei. Há uma terceira pessoa que esperávamos rever, mas receio que ela esteja com problemas. É só um garoto.”



@Kaimon
mp
^
Kaimon
 Posted: Feb 5 2018, 03:35 PM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



196 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




CORTANDO LAÇOS INDESEJADOS - Post 7


- É, eu sei que ela anda por aqui, mas duvido muito que seja daqui, Kamshad tem essa mania irritante de lavar a mente das pessoas, e fazer com que acreditem no que ele diz... Um homem muito perigoso, na minha opinião. Desde que eu recusei o convite dele, percebi que alguns clientes pararam de vir a meu bar, O homem é tão ardiloso que anda apenas com um ou dois de seus aliados com ele, mas ninguém nunca consegue pegá-lo. - Paul levanta-se da mesa, sem que Seth percebesse, ele já havia comido todo o restante dos ovos mexidos da panela e encaminhou-se para a pia. - Sabe rapaz, essa cidade é complicada, quase não conseguimos nos sustentar com nossas próprias pernas, se precisar de mim, me procure, verei o que posso fazer. - O homem começa a lavar a panela, deixando Irus e Arash mais uma vez à vontade na mesa. Ainda lavando os pratos, fala com os dois - A estadia foi 25000, use o tempo que precisar, e volte quando quiser. Se quiser voltar para a parte alta da cidade, o caminho é subindo a segunda rua, caso queira ir lá para baixo, qualquer rua descendo chega lá.

Seth finalmente percebe que na realidade ele não estava na parte alta da cidade, mas sim tinha sido levado alguns metros abaixo, até a casa do homem, que agia com a maior naturalidade do mundo. O caminho do chacal estava mais uma vez aberto, e o rastro de Kamshad precisa ser encontrado novamente. O relógio pendurado na cozinha de Paul mostrava 9 da manhã, e o rapaz precisaria se apressar para achar seu objetivo novamente.

@Seth
mp
^
Seth
 Posted: Feb 6 2018, 12:05 AM
citar


Seth




Aventureiro



474 posts

Ficha

Seth is Offline

Administrador




Cortando Laços Indesejados

Perigoso…, refletiu, conforme a fala de Paul ecoava por suas orelhas longas e negras em um ditado virtuoso até o ouvido, que captava cada palavra enunciada. Novamente escutava opiniões a respeito de seu alvo e, embora qualquer informação a respeito do homem não pudesse ser ignorada, opiniões pessoais pareciam de menor importância para si, talvez até descartáveis, como fizera com as de Siena. O problema pousava, porém, nas últimas palavras do homem quase sem pelos: Kamshad nunca estava sozinho. Irus sempre soube bem de seus limites e o que dissera para Vendrick também valia para o próprio Chacal. Lutar “sozinho” não era uma decisão sábia, de longe. Lembrava-se mais uma vez que esse trabalho não era seu único meio de conseguir algumas moedas no fim do mês, situações arriscadas demais eram para ser evitadas sem qualquer esforço - apesar do futuro aperto que passariam com a cota necessária aos pais. Mas ainda pode ser uma aposta baixa, pensou, relembrando sua conversa com Vendrick. A oferta de auxílio feita pelo garoto no dia anterior parecia mais do que tentadora com a informação da segurança do líder da revolução. Também não duvido que ele se torne ainda mais cauteloso. Siena contará o que sabe, e não sairá de seu lado tão cedo. Arrisco pensar que colocará mais alguém consigo para acompanhar Kamshad., seus pensamentos passearam junto com o olhar até Arash, onde repousaram por poucos segundos. Talvez nem em dupla seja viável. Precisarei do garoto, concluiu, numa expirada sutil. Ele ainda não havia voltado, deixando o Mink com o receio de que o garoto não pudesse ter evitado um confronto. Certamente estaria abatido ou até morto em algum lugar, caminhara tanto quanto o próprio Chacal, embora com menos peso. No fim do dia, ainda sentiria os músculos martelarem suas pernas, doloridos em uma queimação causada pelo esforço físico, além da fome, caso não carregasse alimento para tantas horas longe de uma taverna. De uma maneira ou de outra, custava a ter esperanças acerca de sua vida.

Pagou Paul com o valor estipulado pelo mesmo, nem mais, nem menos. Acreditava que pagar além poderia ser visto como um insulto, como se o dono do estabelecimento não fosse capaz de determinar um preço adequado para seu serviço. Ao menos, era o que as memórias contavam dos anos sobre a forja de seu pai, trabalhando noite e dia até chegar onde está hoje. Não era perfeito, mas garantia um produto de qualidade e uma cobrança equivalente as horas e material gastos no resultado. Despediu-se com um simples “bom serviço”, colocando-se de pé e indo embora do local pela porta da frente. Novamente era uma manhã acalorada na ilha, o manto abaforado dos raios solares abraçava cada fio de pelo negro em seu corpo, como a abraço quase esquecido de sua mãe. Era reconfortante, quase necessário para lhe deixar de bom humor. Para Arash, no entanto, era o inferno. Parecia nunca acostumar com a temperatura atipicamente alta para aqueles de sua espécie, fechando a cara e encarando o dono com um olhar afiado, semi cerrado. O que não fazia por amor? Só cabia a Irus aturar sua pequena má disposição, do mesmo modo que aturava ilhas de Verão. Isso, é claro, até a noite chegar, que era quando os papéis invertiam. Pela falta de vegetação, não havia umidade para impedir uma variação muito grande da temperatura média: enquanto o dia era quente, as noites eram frias para quase negativo. Doze horas de alívio para a Coruja das Neves - quando não deitava-se perto do dono para aquecê-lo. Mas isso era detalhe.

Ao colocar finalmente o corpo para fora, conseguiu localizar onde estava. Inesperadamente havia sido carregado até a parte baixa da cidade, porém não baixa o suficiente para retornar aonde encontrou-se com Kamshad pela primeira vez. A princípio, gostaria de voltar aos túneis. Retomar de onde paramos., pensava, encarando a direção da parte alta da ilha. Não possuía muitas opções as quais recorrer, sua melhor aposta era o rastro que já havia conseguido, e isso servia tanto para Kamshad quanto para Vendrick. O garoto não encontrou-se com Irus após a divergência de caminhos, seu último contato fora nos túneis.

Repetiu todo o processo de mascaragem, embora a iluminação do dia pudesse denunciar facilmete sua real essência. Cobriu o focinho e as orelhas compridas com o lenço vermelho que envolvia-lhe o pescoço, escondeu a cauda para dentro das calças largas com sobras de tecido e estendeu as mangas da blusa, antes presas por debaixo do peitoral de couro batido. Caminhar pela área nobre não lhe agradava nem um pouco, contudo era inevitavelmente necessário. Gravou as palavras de Paul, teria de subir pela segunda rua para voltar à Capital e, após, contaria com Arash para guiá-lo pelos ares até os túneis. Suas lembranças da noite anterior deixavam um sentimento amargo em sua consciência, um medo de confiar nos sentidos não sanos de seu corpo, quando estava tão debilitado. A melhor opção seria seu companheiro, o único sóbrio no dia, levá-lo ao local.




@Kaimon

This post has been edited by Seth: Feb 6 2018, 12:08 AM
mp
^
0 User(s) are reading this topic (0 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (3) 1 2 3 
responder
novo tópico
fazer enquete