Santuário RPG
versão 8.1

Pages: (5) « First ... 3 4 5  ( Go to first unread post )
fechado
novo tópico
fazer enquete

 8º Aventura - Lumière ou Obscurité, Kei Chikage
Tiger
 Posted: Jan 24 2018, 01:27 AM
citar


Tiger




Cipher Pol nº 3



571 posts

Ficha

Tiger is Offline

Avaliador




Lumière ou Obscurité
Chegou o momento em que havia ficado claro que a batalha seria decidida por resistência. E eu estava ali, com o corpo já fadigado e não acostumado com o uso excessivo da fruta. O sangue se misturava entre meu corpo, as feridas ardiam, entretanto nunca passou pela minha cabeça que seria diferente. Do outro lado havia um usuário muito mais experiente, fazendo variações da fruta que eu nunca havia visto, chamadas de ‘’Points’’. Eu recebera vários golpes do mesmo. Meu corpo sentia, mas de alguma forma, aquela incrível musculatura ainda me deixava em pé com a mesma fisionomia que havia iniciado, um verdadeiro nobre animalesco. ''...Tcs...Meu corpo parece que não vai aguentar muito...Ele é forte. Isso eu já esperava...Não posso levar tanto tempo assim...Já fiz besteira ao ponto de atrapalhar a missão.'' - Era uma luta limpa, não existia nenhum empecilho que pudesse nos deter naquele momento. Fomos para a parede, arrastados, consegui desferir com as minhas garras um corte capaz de passar por suas duras escamas, mas agora, próximo um do outro estávamos na mesma situação. Com minhas características de ironia, não pude deixar escapar um simples sarcasmo. - Achei que pudesse sair vivo daqui... Mas pelo jeito teremos que morrer juntos. Já não há mais tanta força em nenhum de nós. Até que como um usuário inexperiente estou me saindo bem, não é? - Mas o jacaré, novamente, usava de suas variações e se esticava a ponto de ser mais ágil, mordendo minha mão e girando meu corpo. O impacto fez com que eu sentisse a fadiga se acumulando ainda mais e meu antebraço agora estava ferido, mas eu não me atrevi a não responder: disparei vários socos em seu corpo de jacaré, causando ainda mais danos, a fim de conseguir escapar.

Erguia-me do chão, mais ferido do que antes, mas não era o único, o jacaré estava com sangramento na testa causado por minhas técnicas de agente e as escamas arrancadas de seu próprio corpo, agora não passava quase uma galinha despenada. Era possível notar que a fadiga também o atingia. Éramos ambos bestas cambaleantes, mas não iríamos parar por aí. Um de nós precisava morrer. Contudo, meu antebraço direito começava a doer a cada segundo que passavam, os tendões estavam feridos e uma leve tontura tomava meu corpo. Era uma batalha e a respiração pesada cortava o silêncio enquanto encarávamos um ao outro.
- Parece que chegou o momento de ver quem vai ficar de pé, no final. Mas não pretendo morrer aqui. - Nesse instante, meu ouvido começou a captar barulhos que eu não conseguia decifrar devido ao cansaço.

O cheiro se misturava com pólvora, mais ao longe de onde estávamos. Se eu tentasse me concentrar nessas percepções, poderia ser morto. De repente, uma explosão tomou a sala. O fogo veio depressa, tiros, balas e muita gritaria tomaram o centro daquela pequena batalha de egos. De um lado, mafiosos com suas armas e, de outro, o verdadeiro Barcre com seus cabelos brancos chegava na sala arremessando uma mala para CD, que estava atirado em outro ambiente. Sua expressão era de espanto ao ver nossa fisionomia, corpos e sangues espalhados pela sala. Mas não tínhamos mais tempo: era uma questão de tempo para todos aqueles mafiosos nos cercarem. O espadachim verdadeiro corria apressado, nos convidando para ir em direção ao porto. Parecia que aquele embate seria interrompido, de uma forma ou de outra, minha visão se deteve ainda no jacaré. Já não mais ouvia as balas, a voz de Barcre ou de CD, muito menos a correria que se fazia em volta. Olhava aquela figura destemida, sangrando e cambaleando ainda na minha frente. Naquele momento havia percebido que a nossa batalha havia despertado a fera que existia naquele homem asqueroso. Sorri na sua direção enquanto andava lentamente por aquela sala. Minha voz saiu suave e até certo ponto cansada.

- Enfim me parece que é um empate! Pelo jeito, estou vendo diante de mim uma besta e não mais aquele homem abominável e irônico. Lembre-se que você também é um predador. Um dia nos encontraremos. Fique em sua memória quem eu sou... O príncipe Kei Chikage. - Desapareci correndo junto com todos em direção ao porto. Na medida em que corria, minha forma humana aos poucos retornava, sem minha vontade. Era o meu limite. Minha forma de Strong Point logo seria desfeita devido ao excesso de fadiga.Com as roupas rasgadas, mas não tanto, eu já estava junto ao grupo e a pressa de todos significava que algo grave acontecera. Talvez você esteja se perguntando por qual motivo eu deixei a luta inacabada. Não é? Digamos que realmente eu talvez goste da ideia de deixar alguns assuntos ainda para serem resolvidos. Gosto de sair com a sensação que alguém irá falar dos meus feitos.

Kei Chikage
Cipher Pol 3


@Angelique

This post has been edited by Tiger: Jan 24 2018, 01:35 PM
mp
^
Angelique
 Posted: Feb 4 2018, 03:09 PM
citar


Angelique




N/A



434 posts

Ficha

Angelique is Offline

Narrador




Kei estava ficando facilmente cansado pelo uso excessivo da Akuma no mi, porém o seu inimigo não ficava com a vantagem, afinal, o poder liberado por ele era absurdo para uma primeira ativação e trazia certos problemas para o já experiente jacaré, sofrendo para levar o tigre ao chão.

Barcre aparecia para dar um fim naquele combate e com isso, não mais aguentando ou com intenções de morrer ali (seja nas presas de Houmburd ou pelos seus próprios ferimentos), ele relaxa, perdendo o foco do embate e olha para o inimigo com certa graça e desfere palavras mais maduras, menos agressivas ou provocativas. De imediato, a reação do mafioso fora de não deixá-lo ir, arreganhando os dentes sangrentos e se atirando para a frente com a finalidade de atacá-lo, porém uma saraivada de tiros o repele de ir adiante e isso o contém, fazendo dar um grunhido de cansaço e logo em seguida ”diminuir” (algo que ele realmente jamais conseguiria fazer), tornar-se humano novamente, soltando um suspiro e então se encostando na parede, porém sentiu dor e apenas cruzou os braços e olhou com um olho fechado para o príncipe.


- Houmburd Kutianski, Príncipe da Sujeira de L'arcan. - Ele riu rapidamente, parecendo mais que tossia, sabia que aquilo tinha se tornado uma rivalidade mortal entre eles. Até a próxima vez que se vissem (se ocorresse), ele seria maior e mais forte, dava para ver em seus olhos e em contrapartida, ele exigia que ao menos o verdadeiro príncipe fizesse o mesmo, ou que pelo menos já tivesse conhecimento de seus Point. - Até a vista, Príncipe. Não vacile, lembre-se que uma boca aberta é uma armadilha e eu choro enquanto mastigo.

O príncipe saiu dali e mal começou a correr em direção do porto, seu corpo fraquejou e ele retornou à forma humana também, porém, após o uso excessivo dos novos poderes, ele sentiu um peso absurdo e sua musculatura parecia fraca, mole. Havia muito stress acumulado ali e mesmo dar um passo já era o suficiente para que suas juntas queimassem por dentro, mas ele não parava, sabia que era perigoso e por causa disso, saiu correndo com os dois colegas (se é que poderiam ser chamados assim). Cooldown fora o primeiro a ajudá-lo, dando apoio em suas costas, colocando uma palma e empurrando-o para que mantivesse a postura. Logo em seguida veio Barcre a puxá-lo enquanto o de cabelos claros começava a respirar de forma audível.

Adentrando em becos aqui e ali, esperando os mafiosos passarem, Cooldown ainda era um ninja e conseguiu achar algumas brechas e rotas alternativas para que chegassem em segurança até o porto.

Assim que chegaram lá, era óbvio que haveriam inimigos os esperando para que fugissem da ilha e inútil como CD era num combate, somado com o cansaço de Kei, Barcre olhou e os avaliou rapidamente, puxando da cintura do ninja a katana, algo que ele pareceu bem inexperiente, deixando a ponta bater no chão, mal acostumado com o peso da arma, ele ergueu o pulso e deixou a arma apontada levemente para o solo, mantendo a pose e querendo apontar para o peito dos mafiosos.

Assim que o primeiro tiro fora dado, CD se jogou no chão e cobriu o príncipe com seu próprio corpo, protegendo-o dos tiros, mas ele ainda poderia observar o que ocorria.

Barcre saltou destemidamente nos inimigos, dando uma estocada diretamente no peito de um mafioso, ele usou de sua velocidade e peso para não forçar o pulso, mas usá-lo para erguer a ponta da katana e enfiar diretamente no peito do inimigo, atravessando o coração facilmente. Outros atiraram fortemente nele, e com o peso da arma, ele puxou o corpo agonizante do mafioso como escudo humano e assim que viram que não iriam conseguir acertá-lo, ele chutou o corpo nos outros, limpando sua espada em um movimento rápido e dando passos lentos em direção a eles, dando tempo para avaliarem a situação, algo que o de cabelos brancos já havia feito. Ergueram suas armas de fogo para atirar, mas era essa deixa que ele queria, saltando uma segunda vez, chutando o corpo no chão para que erguessem as armas e atirassem para o céu, assim como cobrindo sua visão e não mais sendo uma mira, tendo segundos para agir e com isso, ele girou o corpo e cortando uma fileira com a espada grossa e pesada.


- Vão! - Sua ordem fora bem recebida por Cooldown, que pegou Kei pelos ombros e ele se forçou a se movimentar em direção do porto enquanto Barcre abria caminho para eles, usando suas técnicas de esgrima com uma espada bem mais pesada com a qual estava acostumado a usar.

Avançaram uma quantia considerável, porém ainda eram muitos mafiosos e o próprio Governo Mundial teve que intervir, ligando faróis de seus navios em direção dos inimigos e dando tiros - de canhão - de aviso na direção contrária da ilha, chamando a atenção de todos e permitindo que eles fossem andando até a rampa do navio e fossem recebidos por reforços de agentes, todos armados e apenas esperando que alguém fizesse o movimento errado para enfim iniciar o tiroteio, mas a última coisa que aqueles mafiosos queriam era o Governo em cima de seus negócios, por isso, ficaram quietos como filhos diante de um pai zangado, mas que sabia que não seriam punidos se confessassem com honestidade seus erros.


QUOTE


Gemas: 4

XP:
EvoAv: 40
NvAv: 00
NvEsc: 20
NvInt: 30
NvInter: 15
IntIntPos: 00
IntMiss: 00

Fama:
Sucesso da missão: Blues (+1)
Resgate de reféns e/ou NPC's em situação de risco: Blues (+1) (barcre)
Apreender e/ou destruir recursos de facções adversárias: Blues (+1) (cassino)
Salvar cidade ou ilha: Blues (+3)

Obs.: Abra tópico em Beyond


This post has been edited by Angelique: Feb 4 2018, 03:10 PM

--------------------
user posted image
mp
^
Tiger
 Posted: Feb 4 2018, 04:40 PM
citar


Tiger




Cipher Pol nº 3



571 posts

Ficha

Tiger is Offline

Avaliador




Posta dentro do Prazo (48h por post)?
00

Enredo e desenvolvimento?
25

Julgamento de ações:
25

Escrita: 0 – 25
25

Total = 75

Obs: Peço a gentileza do avaliador acrescentar meu salário de cp3.

This post has been edited by Tiger: Feb 4 2018, 09:43 PM

--------------------
<
mp
^
Thalisontrm
 Posted: Feb 13 2018, 10:51 PM
citar


Thalisontrm




CAPITÃO DA WOLFGANG



430 posts

Ficha

Thalisontrm is Offline

Desenvolvedor




Bom, parabenizo a ambos por terminarem essa aventura.
Peço desculpas pela demora de postar, mas realmente foi muita coisa pra ler kkk.

Bom
@Angelique
Posta dentro do Prazo (48h por post)?
00

Enredo e desenvolvimento?
25

Julgamento de ações:
25

Escrita: 0 – 25
25

Total = 75% = 12 exp +2 gemas


@Tiger
Gemas: 4

XP:
EvoAv: 40
NvAv: 00
NvEsc: 20
NvInt: 30
NvInter: 15
IntIntPos: 00
IntMiss: 00

Fama:
Sucesso da missão: Blues (+1)
Resgate de reféns e/ou NPC's em situação de risco: Blues (+1) (barcre)
Apreender e/ou destruir recursos de facções adversárias: Blues (+1) (cassino)
Salvar cidade ou ilha: Blues (+3)

Adquirido: Akuma no Mi : Neko Neko no mi Model Tiger
Salario: 950,000

Simplesmente mantive a recompensa de ambos. É isso, parabens.

This post has been edited by Thalisontrm: Feb 16 2018, 04:37 PM

--------------------
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (5) « First ... 3 4 5 
fechado
novo tópico
fazer enquete