versão 8.1

 
responder
novo tópico
fazer enquete

 Coeficiente Criminal
Razz
 Posted: Jul 3 2018, 12:30 PM
citar


Razz




N/A



12 posts

Ficha

Razz is Offline

Aventureiro





Pela janela do Restaurante Yks, a noite parecia aterradora. Não era algo que se pudesse sentir, apenas um vestígio de intuição. Do tipo que eu preferiria esquecer. E ainda que o numero de cliente fosse alto naquele final de expediente, o silencio que tomava o restaurante parecia pesar. Como se todos também sentissem algo obscuro que pairava no ar.

Minha mão deslizava suavemente pelo balcão do bar do restaurante em movimentos repetidos. Enquanto esperava por mais uma aula de culinária de Yusei, era visível meu desconforto. Por algum motivo que desconheço me sentia deslocada ao observar o céu daquela noite sinistra.

Cogitei até mesmo em pedir algo forte para beber e quebrar aquela tensão, mas sabia que seria repreendida pelo barman por ser menor de idade. Respirei fundo e apenas aguardei com paciência. Afinal, não havia mais nada que eu pudesse fazer. E antes que me desse conta, novamente fui seduzida pela noite e através da janela me perdi em meus pensamentos.




Spoiler
Primeiramente obrigado! Faz alguns anos que não jogo. Por isso perdoe o post limitado, mas logo pego o ritmo de novo.

O único objetivo por ora são as profissões, no mais sinta-se livre para seguir pelos caminhos que achar melhor.

E se possível um pouco de paciência e direcionamento para que eu possa ter um pouco de familiaridade com o sistema do jogo.

--------------------
user posted image
mp
^
Tadiotto
 Posted: Jul 4 2018, 10:04 PM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



125 posts

Ficha

Tadiotto is Offline

Fan-Ficker




Coeficiente Criminal ~ 01
Era um fim de expediente calmo, algo bastante incomum para o restaurante de Yskel. Os clientes, que em dias mais comuns estariam causando um burburinho quase ensurdecedor entre risadas e conversas, salvo algumas raras mesas que estariam tratando de assuntos mais sérios, hoje estavam silenciosos, como se sentissem e absorvessem o estranho clima daquela noite. Uma noite esmaecida, moribunda, triste e, acima de tudo, misteriosa.

Lucy aguardava Yusei para dar início a sua aula de culinária, não demoraria muito para que o cozinheiro terminasse seus afazeres, ainda mais em uma noite calma. A garota era observada pelo barman, um homem magro, com uma camisa social de manga longa e abotoada até o começo do pescoço, ele tinha olhos castanhos, pele clara e cabelo curto e preto. Enquanto encarava Lucy, observando cada detalhe visível de seu corpo, o barman limpava o interior de um copo com uma toalha que costumeiramente carregava no pescoço.

Mesmo que fosse incomodo a atitude do homem não era nenhuma novidade para Lucy, muito pelo contrário, era algo costumeiro na vida da adolescente. - Manoel! Já terminou por aí?! - Falou um garoto de cabelos marrons que se aproximava. Ele era jovem mas bastante conhecido, Yskel era dono do restaurante em que Lucy estava. Parou ao lado da garota, apoiado no bar e olhou para ela.

Yskel

- Ah, você é a garota de que Yusei estava falando... sua sorte é que o restaurante está parado hoje, se não nunca que eu ia deixar vocês usarem a cozinha, hahaha!


O jovem bateu com os nós dos dedos no balcão de madeira, como se o barulho fosse sua forma de dar início a outro assunto. - Manoel, se quiser já pode ir. Duvido muito que mais gente vai surgir por aqui hoje. - . Virou-se novamente para Lucy, abrindo um sorriso. - Pode ir indo em direção a cozinha. Yusei deve estar por lá terminando de organizar algumas coisas. Você sabe por onde é? Só entrar por essa porta e seguir um pouco pelo corredor, primeira porta a direita. - Ele realmente parecia ser uma pessoa bacana.

A porta a qual se referia estava à esquerda de Lucy, possuía um aviso: "Apenas pessoal autorizado!". Levava a um corredor apertado com várias portas; banheiros para funcionários, dispensa e etc. A porta indicada por Yskel dava em uma cozinha espaçosa. Várias pessoas organizavam os ingredientes, lavavam os talheres e arrumavam os demais utensílios, todos pareciam estar preparados para fazerem uma pausa ou irem embora, menos Yusei, que esfregava uma panela raivosamente. Estava de costas para a porta de entrada, sendo impossível que ele visse qualquer um que entrasse ou saísse do cômodo.

@Razz
--------------------------
LOG
Spoiler
Turno: 01


OFF ~ Espero que se divirta na aventura! Qualquer coisa, dica, reclamação, sei lá, qualquer coisa mesmo, por favor me avise, assim eu posso ir ajustando a aventura da melhor forma possível para que você se divirta participando dela.
~ Eu não costumo limitar o jogador, somente em alguns casos específicos. Por isso pode se sentir livre para incorporar a personagem durante todo e qualquer acontecimento que eu narrar. Isso inclui cortar partes da minha narração para alguma ação especifica! Você não precisa seguir o caminho que estou narrando, faça o que mais combinar contigo. MAS, apenas gostaria de pedir que evitasse tomar controle de NPC`s e do cenário. Faça uso deles, mas utilizando a sua personagem, nunca tome controle deles, isso fica a meu serviço xD
~ No geral eu acho que é isso, o melhor direcionamento que eu posso te dar é o seguinte: Imagine a minha narração como um jogo de mundo aberto. Você vai para onde quer, faz o que quiser, com quem quiser e como quiser. Eu sirvo para narrar as consequências, tanto por parte do cenário como dos npcs, e suas limitações de acordo com seu nível e personagem. Um exemplo nessa aventura é que você pode interagir com o barman, com Yskel, com algum objeto da cozinha (portanto que faça sentido que aquele objeto exista na cozinha), com o Yusei, ou simplesmente desistir da sua aula e ir pra fora do restaurante, ou ir socar algum cliente xD Ou fazer todas essas coisas! Eu gosto quando combina com o personagem, e o avaliador que vai ler a aventura também.
~ Novamente, qualquer dúvida em relação a qualquer coisa, entre em contato. Eu costumo responder rápido. Pode me encontrar tanto no grupo de wpp do fórum quanto no Discord. É só perguntar por mim que eu surjo xD
~ E desculpa a demora. Como te falei por PM, posso demorar um pouco, mas levo no máximo 48h para narrar. Salvo exceções que podem acontecer, nesse caso avisarei.


This post has been edited by Tadiotto: Jul 4 2018, 10:15 PM

--------------------
“All my life I have been pursued by the black dogs of unaccountable gloom”
FICHA ~ Q.N.
mp
^
Razz
 Posted: Jul 5 2018, 05:45 AM
citar


Razz




N/A



12 posts

Ficha

Razz is Offline

Aventureiro





Algo naquela noite parecia me enfeitiçar, estava totalmente dispersa. Talvez fosse um conjunto de fatores, um deles com certeza era a calmaria que tomava o lugar. Nada parecia relevante a minha volta, como se ninguém estivesse ali. Não saberia dizer se passei poucos segundos ou alguns minutos contemplando a vastidão. No entanto, o feitiço foi quebrado quando alguém se dirigiu ao barman e assim voltei a mim.

Ao voltar minha atenção para o que acontecia, me deparei com o dono do restaurante, Yskel. Logo ao meu lado, me olhando. E antes de qualquer reação minha, o jovem se pronunciou. Se mostrando carismático e de bom humor. Sem demoras me apresentei.

- Oh! Boa noite senhor Yskel! Meu nome é Lucy, prazer em conhece-lo. - Levei a mão ao queixo de forma pensativa e tocando os lábios com o indicador questionei. - Talvez. Ele fala sobre muitas garotas? - Com um leve sorriso malicioso prossegui. - A propósito, senhor Yskel, eu ouvi direito? O senhor está dando permissão para usarmos sua cozinha? Quem disse que está noite triste não iria melhorar. - Complementei com um largo sorriso no rosto.

Não que já não tivéssemos usado a cozinha do restaurante uma ou duas vezes. E provavelmente Yskel soubesse disso, mas o fato que desta vez ele estava dando permissão. Não que ele não tivesse dado permissão para o Yusei, no entanto as afirmações de "não tem problema" do Yusei eram um tanto quanto vagas. Porém, confesso que no momento que ele bateu com os dedos no balcão e dispensou o barman, achei que havia dito algo errado que podia tê-lo incomodado. Mas logo em seguida, Yskel com um sorriso no rosto deu-me permissão para ir até Yusei.

- Foi uma honra conversar com o senhor. - O reverenciei em sinal de agradecimento. - Prometo não fazer bagunça e deixar tudo arrumado. E talvez uma hora dessas eu deixe o senhor experimentar uma de minhas iguarias. - Uma singela piscadela em quanto caminhava de costas na direção da porta. - Uma boa noite senhor Yskel! Manoel!

Adentrei a porta dos funcionários e rapidamente caminhei até a cozinha. Vagarosamente abri a porta e espiei a procura de Yusei. A cozinha parecia o local mais movimentado do restaurante. Apesar das varias pessoas no local, não foi difícil localizar Yusei. Ele parecia desconfortável por estar lavando pratos. Nada que eu não pudesse ajudar. Porem, tudo tem um preço.

Caminhei sorrateiramente pela cozinha, sempre tomando o maior cuidado para ele não me notar. Assim que cheguei atrás dele, eu cobrei meu preço. Aproveitando da tensão que aquela noite proporcionava, coloquei minha mão sobre seu ombro e com a voz rouca e grave disse:

- YUUUSEEEIIII, JÁ ESTÁ NA HORAAA! - Mantive-me com um sorriso sarcástico e antes de qualquer repreensão por parte dele, segui dizendo. - O senhor Yskel deu permissão para usarmos a cozinha. Vamos, eu te ajudo com seus afazeres. Assim ganharemos algum tempo, okay? - No mesmo momento que falava, já ia pegando a panela de sua mão. - Deixa que eu faço isso para você. Então, como foi seu dia? Você parecia irritado ao lavar essa panela, aconteceu algo?

Tentava fazer Yusei desabafar caso tivesse algo errado e consequentemente criar um ambiente mais agradável e tranquilo para a aula.



@Tadiotto
Spoiler
Não se preocupe com o tempo. E eu que peço desculpas, ainda to meio travado com a minha narrativa e também sem muitas ideias para que rumo tomar com a personagem. xD


This post has been edited by Razz: Jul 13 2018, 05:20 AM
mp
^
Tadiotto
 Posted: Jul 5 2018, 12:58 PM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



125 posts

Ficha

Tadiotto is Offline

Fan-Ficker




Coeficiente Criminal ~ 02
- Yusei?! HA! Em todos esses anos que ele trabalha por aqui eu nunca vi ele demonstrar interesse por qualquer coisa além de comida. Isso até que me agrada! Um cozinheiro que odeia desperdícios e ama novidades tanto quanto eu! - Ele ouviu o segundo questionamento antes de se dirigir a Manoel - Claro, Lucy. Mas eu já avisei Yusei desde que começaram com isso. Não quero que exista um único desperdício! Ele insiste que você tem talento e eu confio nele. Então não tem problema. - Após toda a conversa Yskel acenou para Lucy, se despedindo momentaneamente enquanto a garota ia em direção a cozinha.

Aproveitando-se da falta de atenção de seu colega a garota resolveu pregar-lhe uma peça, colocou a mão em seu ombro e então falou alto. Yusei estava tão distraído em sua tarefa de esfregar a panela que acabou se assustando tremendamente. Lançou aos ares sabão, água, uma esponja e o utensilio ensaboado, não houve tempo de reação. - MAS QUE MERDAA!?! -. Além do grito, já alto o suficiente, o som da panela batendo contra a pia fechou a orquestra. O garoto estava com as mãos ensaboadas coladas ao rosto, com uma expressão de desespero. Alguns funcionários, ainda presentes, sorriram, outros cochicharam algo para os colegas, mas não havia sido nada demais.

- E-eu... não acredito! - Falou se virando para Lucy. A garota não deu tempo para que Yusei começasse a reclamar e isso transformou a expressão de desespero em algo mais brando, até que abriu um sorriso, daqueles de quando você tenta brigar com uma criança ou com algum animal fofo, mas acaba se rendendo antes da represália. Tinha na face, espalhadas pelas bochechas, varias bolinhas de sabão e espuma. - Tudo bem, tudo bem... -. Entregou a panela e a esponja ensaboada para Lucy e agarrou um pano que estava próximo para se limpar. - Tirando o quase infarto, hoje o dia foi estranho. Não tivemos muito movimento mas todo misero prato parecia dar errado. Eu fui fazer um ensopado novo no cardápio, a pedido de uma mesa conhecida aqui no restaurante, e não sei explicar o porque, ou como, TUDO grudou! Yskel ficou um pouco decepcionado mas não me repreendeu de forma alguma, acho que ele também percebeu como as coisas estão estranhas hoje... -. Fez uma pausa, parecia que iria soltar um suspiro, mas encarou Lucy com seus enormes e brilhantes olhos castanhos. - Você também percebeu? O dia parece comum? Acho que estou ficando louco de tanto trabalho, e falando muito também! Enfim... -. Voltou a encarar a pia, refletia sobre o que deveria secar e guardar e o que iria ser usado na aula. - E você, esta bem? Como foi o seu dia? Algo de interessante? -. Por mais que não carregasse aquele desejo característico e carnal, que a maioria dos homens, e até algumas mulheres, sentiam por Lucy, Yusei parecia gostar da garota. Gostar de uma forma sutil, ele se interessava e demonstrava preocupação pela jovem, assim como parecia se sentir intimo, intimo para contar seus dias, por mais monótonos que fossem ou desabafar. Demonstrava que a companhia de Lucy era algo agradável.

- Pensei em preparar um jantar. Mais de um prato. O que você acha?! Já jantou? -. Questionou Yusei. E bem... seu questionamento era interessante, Lucy havia jantado? O jovem começou a separar alguns utensílios; bacias, colheres, facas, garfos, panelas, tampas, tabuas, um pilão, uma escumadeira, um fouet e até mesmo um ralador. - Acho que isso é suficiente... -. Abriu então uma das varias geladeiras, começou a retirar alguns ingredientes; pedaços de carnes variadas, legumes, temperos, ervas, molhos e por ai vai. Era bem difícil ter algum noção do que Yusei queria que fosse feito, mas praticamente qualquer refeição era possível com aquela variedade de ingredientes. - Terminou por aí?

@Razz
--------------------------
LOG
Spoiler
Turno: 02


OFF ~ Mesmo dizendo que tua narrativa ta travada ela é muito boa!
mp
^
Razz
 Posted: Jul 7 2018, 03:34 AM
citar


Razz




N/A



12 posts

Ficha

Razz is Offline

Aventureiro





Fiquei feliz por proporcionar alguns risos naquela noite, mas o que me chamou atenção foi o murmúrio de alguns funcionários. Não era nada demais, porém gerava um certo desconforto. Yusei não demonstrou resistência e logo me entregou a panela e a esponja. Sem mais delongas, comecei a lavar a panela enquanto Yusei desabafava.

Depois de pouco tempo esfregando aquela panela, já me batia o arrependimento. Afinal de contas, o que Yusei havia cozinhado naquela panela? A força aplicada e o movimento repetitivo, além de me cansar, traziam certo desconforto as minhas mãos. Até fiz uma pequena pausa "estratégica" para responder Yusei.

- Eu ouvi Yskel falar bem de você. Deduzo que ele goste de você. - Um sorriso maldoso sutilmente tomava minha face e revelava o rumo que eu iria tomar. - Sim, parece que há algo estranho nessa noite. Como se algo espreitasse pelas sombras. Esperando por uma vitima desatenta para saciar sua sede por sangue. - Naturalmente voltei a lavar a panela e completei - Melhor evitar os caminhos escuros na volta para casa. Nunca se sabe o que pode haver oculto nas sombras a nossa espera. - Olhei de canto de olho para Yusei, esperando para ver como ele reagiria.

Mesmo tendo alguma dificuldade, finalmente aquela experiência química começava a soltar-se da panela e assim seguíamos a conversar.

- Estou bem. Nada de muito interessante aconteceu. Exemplo disso é que o alto do meu dia foi tirar um composto químico super grudento de uma panela. - Disse em tom de deboche.

Yusei já começava a pegar alguns utensílios e ingredientes. Enquanto isso eu finalmente terminei de lavar a panela, peguei um pano de prato e a sequei. Por fim, fui até ele com a panela em mãos.

- Ainda não jantei. E em dias normais, ficaria feliz em experimentar um de seus pratos. Mas ao julgar o que aconteceu com o que havia nessa panela... hmm, acho melhor recusar. - Infelizmente meu corpo me traia e logo o "roncar" do meu estômago me denunciava. Pelo meu reflexo na panela, podia ver todo embaraço refletido na vermelhidão do meu rosto. - Sim, terminei. Onde posso guardar a panela? - Respondi totalmente constrangida. Naquele momento nem ao menos conseguia encarar Yusei. Sem reação apenas recuei esperando a aula começar.



@Tadiotto
Spoiler
Fico feliz por isso.
Então deve ser a falta de ideias para personagem que deve estar me incomodando.
Sei lá... xD


This post has been edited by Razz: Jul 13 2018, 05:29 AM
mp
^
Tadiotto
 Posted: Jul 9 2018, 04:52 PM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



125 posts

Ficha

Tadiotto is Offline

Fan-Ficker




Coeficiente Criminal ~ 03
Yusei observava de canto de olho a garota falar sobre a noite, arregalava os olhos e engolia seco, despregava-se de sua têmpora esquerda uma gota de suor enquanto ele recolhia os ingredientes, não parecia nem um pouco corajoso. - Obviamente não vai acontecer nada! Não seja b-boba!

Ouviu o deboche de Lucy, uma veia voltou a saltar no meio de sua testa. - NÃO É UM COMPOSTO QUÍMICO!!! É apenas minha comida... - Terminou abaixando a voz, tornando a última palavra de sua frase quase inaudível. Acompanhando a queda de seu tom estava sua expressão, triste e envergonhada. Mas ele não demorou muito a se recuperar. Parecia se considerar amigo da garota e se sentia bem ao seu lado.

- KIAHAHAHAHAHAHAH! -. Gargalhou compulsivamente com o ronco. - O nome disso é "karma"! Por ficar zoando minha comida! -. Yusei pegou a panela que Lucy havia limpado e a colocou entre os utensílios a serem usados. - Obrigado! Pode deixa-la aqui!

Colocou as mãos na cintura e respirou fundo encarando o balcão cheio de ingredientes e utensílios. - Vamos começar? Não quero levar mais tempo para alimentar esse monstro que você carrega aí, vai que ele decide me atacar! KIAHAHAHAHAHA! -. Alcançou um pequeno bloco de notas no avental, o abriu e colocou no balcão. - Eu pensei em fazermos um Sukiyaki como prato de abertura, depois um Tempura com Sashimi, como prato principal, e então Mochi ou Manju, ou ambos, o que você acha?!

Yusei passou algumas páginas do bloco de notas, olhando todas as receitas anotadas. - Bom, acho que é isso mesmo. -. Voltou para a página em que estava no começo. - Você não precisa seguir a receita à risca, ela serve apenas como uma bussola, apontando para o resultado final! E como você estava brincando com meu "composto químico", acho justo que dessa vez faça tudo sozinha. Vou apenas acompanhar!

Bloco de NotasINGREDIENTES PARA SUKIYAKI
400g de filé mignon cortados em fatias finas
1 pacote de itokonnyaku/shirataki
1 caixa de tofu cortado em cubos de 3cm
1 maço de cebolinha verde cortada em pedaços de 3cm
3 folhas de acelga fatiadas em pedaços de 3cm
8 shiitake inteiros sem os talos
4 ovos inteiros
2 colheres de sopa de manteiga


INGREDIENTES PARA O MOLHO DE SUKIYAKI
½ xícara de água
½ xícara de shoyu
½ xícara de sake
2 colheres de sopa de açúcar

MODO DE PREPARO DO SUKIYAKI SIMPLES
Misture todos os ingredientes do tempero e reserve.
Arrume o restante dos ingredientes numa travessa e leve à mesa.
Aqueça a panela no fogareiro em cima da mesa, derreta a manteiga e doure a carne. Em seguida, acrescente o tempero e deixe até levantar fervura.
Aos poucos vá acrescentando os shiitake, o itokonnyaku, o toofu, a acelga e por último as cebolinhas.
Tampe e deixe até que cozinhem.
Coloque um ovo (crú) em cada tigela individual e sirva mergulhando o sukiyaki. Para aqueles que preferirem, sirva sem o ovo.
Na medida que for se servindo, vá acrescentando o restante dos ingredientes e o molho do sukiyaki sempre que necessário.

A intenção de Yusei era a de que conforme os pratos fossem sendo feitos eles fossem consumidos pelos dois. Todos os ingredientes necessários e até mesmo os que Lucy julgasse necessário fora da receita padrão estavam disponíveis, contando que a jovem não procurasse por algo ilegal. - Pode começar quando quiser!

--------------------------
LOG
Spoiler
Turno: 03


OFF ~ Ao final da receita role 1d20, decidindo assim o seu sucesso no preparo do prato! (Considero da seguinte forma: 1 Falha Critica, 2-5 Erro Simples, 6-15 Sucesso Simples, 16-19 Sucesso Complexo, 20 Sucesso Total. Essa consideração vale apenas para momentos interativos. Em questões que afetem de maneira mais pesada a aventura ou batalhas eu acabo mudando a consideração do dado, consequentemente contando bonificações que você possa ter e, dependendo da ação, colocando uma quantia necessária para sucesso, onde seu dado + bônus devem ser iguais ou maior para que as coisas funcionem.)
~ Pode rolar o dado no discord do forum ou em um post único (post apenas o rolamento do dado, e ai em outro post faça tua ação.)

@Razz
mp
^
Razz
 Posted: Jul 10 2018, 02:30 AM
citar


Razz




N/A



12 posts

Ficha

Razz is Offline

Aventureiro





- O monstro iria surgir se entrasse em contato com sua experiência. - Respondi em tom baixo ainda envergonhada com a situação esperando que Yusei não ouvisse minha palavras.

Ao ver Yusei observando o balcão, fiquei imaginando o que ele tinha em mente, mas não que eu tivesse que esperar muito para saber de suas propostas. Apenas observei ele folhear seu bloco de notas, como se estivesse verificando algo, provavelmente se não faltava nada para começarmos. Mas para minha surpresa, ele deixo todo trabalho para eu fazer.

- Eu?! - Só conseguia imaginar que uma possível falha de minha parte seria a vingança perfeita para Yusei. Isso apenas me deixava mais tensa. - Okay, desafio aceito! - Vesti o avental, caminhei até o balcão, consultei o bloco de notas, respirei fundo e comecei a preparar o sukiyaki.

Comecei cortando a carne em tiras finas, e como a receita era apenas para me guiar, resolvi fazer minha própria versão do sukiyaki. Primeiro temperei a carne com pimenta e gengibre e deixei descansar. Enquanto isso coloquei agua para ferver em uma panela, lavei bem o shirataki com o auxilio de um escorredor. E aproveitei para cortar o tofu, a cebolinha, a acelga e os shitake. Não sabia exatamente quanto eram três centímetros, mas depois do primeiro corte, tentei deixar tudo do mesmo tamanho.

O shirataki foi rápido, não levou nem dois minutos. Em seguida em uma panela em fogo baixo, coloquei um pouco de manteiga. Assim que ela derreteu, eu adicionei as tiras de carne e as deixei dourar. Aos poucos fui colocando os demais ingredientes, começando pelo shitake, e durante o tempo que ele refogava, resolvi adicionar mais alguns ingredientes na receita. Ao mesmo tempo que cortava o brócolis ficava de olho na panela. Algo que talvez fosse irresponsável por eu estar manuseando uma faca, mas não queria que nada desse errado. Adicionei a acelga e cortei a couve-flor, em seguida adicionei o tofu, o shirataki, a cebolinha, a couve-flor e o brócolis. Sempre temperando-os com shoyu, sake e açúcar. Evitei o uso da agua, caso fosse necessário para corrigir algum erro. Após alguns minutos refogando finalmente terminava meu primeiro prato sem o auxilio de Yusei.

- Prontinho, senhor cobaia. - Disse enquanto empratava. - Desculpe pelo silencio inoportuno, mas precisava me concentrar cem porcento no preparo do sukiyaki. - Justifiquei-me ao servir Yusei. - Voilà!! - Complementei ao pegar e quebrar um ovo sobre o sukiyaki de Yusei.

- Bon Appétit! - Apesar de sorrir e tentar me manter calma, por dentro estava ansiosa e com o coração acelerado, fixei-me em Yusei esperando um parecer sobre como havia me saído.



@Tadiotto
Spoiler
Rolar o dado depois deu mais tensão. xD
É meio aquilo "onde foi que eu errei". lol


This post has been edited by Razz: Jul 13 2018, 05:31 AM
mp
^
Razz
 Posted: Jul 11 2018, 05:09 AM
citar


Razz




N/A



12 posts

Ficha

Razz is Offline

Aventureiro




Dice Roll: 1d20: 6 = 6
mp
^
Tadiotto
 Posted: Jul 11 2018, 09:16 PM
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



125 posts

Ficha

Tadiotto is Offline

Fan-Ficker




Coeficiente Criminal ~ 04
Lucy dava início ao primeiro prato, adaptando algumas partes da receita de acordo com sua vontade. Yusei a observava curioso e pensativo, dando atenção a cada mínima ação da garota na cozinha. - Muito bem... -. Falava ele vendo que a garota não perdia tempo, dando início a várias coisas ao mesmo tempo. - É muito importante que você nunca perca tempo na cozinha. Sempre faça uso dos tempos de preparo para realizar outras ações! -. Terminava de pontuar sua explicação circulando Lucy.

- Acrescentando seu próprio toque... interessante! -. Comentava o rapaz observando as mudanças na receita. Não demorou para que o prato fosse finalizado, como esperado deste tipo de refeição. Lucy serviu Yusei e o mesmo a agradeceu, aguardando que ela também fizesse um prato próprio. - Não ache que eu vou comer isso sozinho! Você pode estar tentando me envenenar! - Brincou o rapaz com um sorriso no rosto. - E não se preocupe quanto ao silencio! Cozinhar é uma arte e cada um tem sua própria maneira de faze-la! -. Falou passando os hachis para a moça.

Com uma reverencia e juntando as mãos Yusei começou a comer. Sua expressão era fria e não demonstrava reação alguma a comida. Talvez ele levasse muito a sério esses treinamentos e se sentia como um jurado importante. - Hmm -. Se expressou de boca cheia, algo que parecia um gemido. - Eu estava com muitaaa fome!!! -. Completou enquanto engolia uma quantidade surpreendente de comida que estava mastigando. GULP. Caso Lucy decidisse provar, se depararia com um gosto agridoce forte, mas ainda assim agradável para aqueles que apreciam sabores assim. Todos os ingredientes estavam no ponto e, aparentemente, nada havia dado errado.

- Estava bom! Eu acho que faltou alguma coisa para diluir um pouco o gosto forte dos temperos, mas ainda assim, eu gostei!! Vamos ao próximo prato? -. Yusei aguardava a resposta de Lucy enquanto separava os utensílios usados e o que havia sobrado do primeiro prato. Assim que terminou ele passou uma página do bloquinho, revelando a próxima receita. - Esta receita é de Tempura de Legumes com Camarão, mas você pode fazer da forma que achar melhor!

Receita de Tempura INGREDIENTES
1 xícara (chá) de cenoura ralada
1 xícara (chá) de cebola fatiada
1 xícara (chá) de cebolinha picada
2 xícaras (chá) de repolho picado
500 g de camarão médio limpo (pode ser com a casca, porém sem cabeça)
MASSA:
2 xícaras (chá) de água gelada
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sobremesa) de sal
1 colher (café) rasa de fermento em pó
1 saquinho de tempero pronto (amarelo ou laranja) - opcional
MODO DE PREPARO
Em uma travessa grande misturar todos os ingredientes da massa
Misturar bem
Acrescente os legumes e o camarão
Aquecer bastante óleo em uma frigideira
Ir colocando pequenas porções no óleo quente
Deixe dourar de um lado e vire do outro
Retire do óleo quente e deixe escorrer em papel absorvente


- Acho que não vai precisar de uma receita de sashimi... ou vai? -. Yusei carregava um expressão de dúvida.

--------------------------
LOG
Spoiler
Turno: 04


OFF ~ Pode rolar mais um d20

@Razz
mp
^
Razz
 Posted: Jul 12 2018, 02:19 AM
citar


Razz




N/A



12 posts

Ficha

Razz is Offline

Aventureiro




Dice Roll: 1d20: 7 = 7
mp
^
Razz
 Posted: Jul 13 2018, 05:13 AM
citar


Razz




N/A



12 posts

Ficha

Razz is Offline

Aventureiro





- Não vou. Apenas esperava seu parecer sobre meu prato. - Disse ao pegar os hashis.

Após me servir, voltei-me para Yusei, que estava com uma expressão seria, e por um instante relutei em provar meu prato já imaginando que havia errado em algo. Mas considerei que poderia se apenas uma brincadeira da parte dele e finalmente experimentei. Tudo parecia certo, no entanto aquele sabor agridoce forte não me agradava. Estava no limite entre o agradável e o desagradável. Talvez se eu tivesse deixado o floreio de lado e feito o simples tudo teria saído melhor. Me questionava se isso era coisa normal de todo cozinheiro amador ou se era apenas eu.

Mesmo a aprovação de Yusei não me deixava satisfeita. - Sim! - Respondi em quanto terminava de comer e Yusei já separava os próximos utensílios e ingredientes. Embora ele dissesse para fazer como achasse melhor, desta vez apenas seguiria a receita a risca.

- Acho que não. Mas qualquer coisa, te peço uma ajudinha. - Apesar do sorriso, creio que era perceptível meu desconforto.

Comecei preparando o molho para o sashimi. Em um porta shoyu coloquei shoyu, açúcar, gengibre ralado e um toque de limão. Não era exatamente a receita tradicional e ia contra o que queria fazer, mas como não tinha a receita, acabei fazendo algo do meu gosto pessoal. Em seguida piquei o todo o repolho, separei o necessário para o tempurá e o restante usei para fazer uma cama para o sashimi. E por fim, comecei a fatiar o salmão e acomoda-lo sobre o repolho.

Finalizado a primeira parte era hora de dar inicio ao tempurá. Em um bowl comecei adicionando os ingredientes secos. Primeiro a xícara de farinha, depois o sal e o fermento e por fim o tempero pronto. Não fazia ideia o que era aqueles temperos, mas como simpatizei mais com o laranja, ele foi o escolhido. Antes de prosseguir, limpei o camarão, ralei a cenoura, fatiei a cebola e piquei a cebolinha.

- Yusei, acho que duas xícaras de água é muito para essa farinha. Só usarei as duas caso julgue necessário. - Informei Yusei ao adicionar uma xícara de água gelada na massa. Com o auxilio de uma espátula misturei tudo até ganhar uma consistência mais homogênea. Após atingir o ponto, adicionei a cenoura, em seguida o repolho, a cebolinha com a cebola e por fim o camarão. Misturei bem e em uma frigideira deixei o óleo aquecer. Assim que o óleo aqueceu, fritei pequenas porções ate dourar de ambos os lados.

Ao terminar servi o sashimi com o molho junto do tempurá de legumes com camarão. Mas desta vez me mantive em silencio, torcendo para o sabor estar mais agradável que do prato anterior.





@Tadiotto
Spoiler
Troquei a fonte Pink por Fuchsia para ajudar na leitura.


This post has been edited by Razz: Jul 13 2018, 05:17 AM
mp
^
Tadiotto
 Posted: Yesterday at 07:03 pm
citar


Tadiotto




Zatsuyo (雑用)



125 posts

Ficha

Tadiotto is Offline

Fan-Ficker




Coeficiente Criminal ~ 05
Lucy deu início ao segundo prato. Preparou primeiramente o molho e o sashimi. Era um início um pouco diferente do comum, visto que este era o prato mais fresco, mas essa questão não influenciava muito. Yusei acompanhava a garota com olhos curiosos, sem questionar em momento algum suas escolhas.

No preparo do tempura a garota notificou Yusei sobre suas escolhas. - Tudo bem! Como eu disse, a receita apenas aponta para o resultado final. O caminho é você quem decide pelo que julgar melhor! -. Ele aproveitou os momentos de concentração de Lucy para agarrar uma garrafa de saquê, separada das que estavam disponíveis para serem usadas como ingredientes. Silenciosamente ele encheu dois copos. - Os pratos parecem deliciosos! O sashimi está lindo! -. Comentou com a intenção de distrair ainda mais a garota enquanto colocava um copo em sua frente, como quem não quisesse nada. Após a ação Yusei tomava alguns goles do copo que havia segurado para si.

Um copo fraternal, carregado de boas intenções apesar da idade do alvo. Foi assim que Lucy finalizou seu segundo "desafio". O jovem fez questão de também servir a cozinheira. Após isso, sem nenhum comentário, ele começou a degustar. O sashimi e o molho estavam gostosos, não havia nada com o que reclamar. Até mesmo o molho, escolha livre de Lucy, estava bom. O tempura também, mas neste em especifico havia um pequeno problema. A massa, talvez por ter pouca água, havia ficado mais consistente do que deveria, criando uma camada mais grossa sobre os alimentos. Isso sem dúvida poderia ser um atrativo a mais, já que o típico tempura parecia ter dado lugar a bolinhos recheados - não com tanta massa quanto um bolinho recheado realmente tem -, porém, naquele caso em especifico, isso havia feito com que os alimentos no interior da massa não atingissem o ponto correto, ficando alguns molengas, outros mais frios, e alguns com camarão um pouco crus. Não era totalmente ruim, apenas diferente do esperado.

Yusei levou a mão ao queixo, pensativo, após devorar ambos os pratos. - Você realmente tem futuro como cozinheira, Lucy. Tenho a impressão de que a massa não ficou exatamente como esperado, ou sua intenção era deixa-la mais grossa? De toda forma, se continuar investindo nesse tipo de refeição eu tenho certeza de que um dia vai criar um prato maravilhoso com sua variação de tempura! Ambos estavam bons. -. Novamente ele aguardou Lucy finalizar e recolheu tudo. Voltando ao bloquinho o jovem passou mais algumas páginas, mostrando duas novas receitas. - Pode escolher qualquer um, ou os dois. É nossa sobremesa de hoje! -. Falava e então tomava mais alguns goles de saquê.

Receita ManjuIngredientes
Massa
1/2 xícara (chá) de açúcar
2 unidades de ovo
100 gr de margarina derretida(s)
1 colher (chá) de fermento químico em pó
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
Recheio
1 xícara (chá) de feijão azuki lavado(s) e escorrido(s)
1 xícara (chá) de açúcar sal a gosto
Para untar
1 unidade de gema de ovo
1 colher (chá) de glucose de milho
1/2 colher (chá) de molho de soja
Como Fazer
Massa
1. Numa tigela, misture o açúcar, os ovos e a margarina. Peneire a farinha de trigo e o fermento. Acrescente os ingredientes secos à mistura de açúcar e ovos. Misture bem (a massa deve ficar mole, mas suficientemente encorpada para se abrir pequenas porções na mão e não grudar).
2. Abra pequenas porções de massa, na palma da mão, formando um bifinho. Recheie com 1 bolinha de doce de feijão. Abra outro bifinho de massa e coloque por cima da outra massa cobrindo o recheio. Aperte as bordas para o pãozinho ficar bem fechado. Elimine o excesso com um cortador redondo (dessa maneira os pãezinhos ficam de tamanho uniforme).
3. Distribua os pãezinhos numa assadeira untada e enfarinhada, com espaço de cerca de 2 cm entre eles. Em seguida, pincele a superfície dos pãezinhos com uma mistura feita com a gema, a glucose de milho e o molho de soja. Leve ao forno médio (200ºC), preaquecido, por 25 minutos ou até a superfície ficar ligeiramente dourada.
Recheio
1. Cozinhe o feijão na panela de pressão, com 4 xícaras (chá) de água, por cerca de 30 minutos após o início da pressão.
2. Retire da pressão, escorra e passe o feijão pela peneira, amassando bem até obter uma massa pastosa.
3. Numa panela, junte o purê de feijão, o açúcar e a pitada de sal. Leve ao fogo, mexendo sempre, até o doce desprender do fundo da panela. Despeje num prato e espere esfriar. Com o auxílio de 1 colher de sobremesa, enrole bolinhas e reserve.
4. - Se a massa ficar mole demais, adicione um pouco mais de farinha de trigo. Quanto mais farinha adicionada, menos delicada fica a massa.

Receita MochiIngredientes
1 xícara (300 g) de pasta de feijão doce (anko)
1 xícara (240 ml) de farinha de arroz glutinoso (mochiko)
1 colher (chá) de chá verde em pó (matcha)
1 xícara (240 ml) de água
1/4 xícara (50 g) de açúcar
1/2 xícara (65 g) de maisena
Modo de preparo
Embrulhe o anko em papel alumínio e leve ao congelador por 3 horas. Depois disso, retire do congelador e divida em 8 partes iguais. Modele bolinhas.
Misture a farinha de arroz com o chá verde em uma tigela de vidro ou cerâmica. Adicione a água, o açúcar, misture bem e cubra com plástico.
Leve a mistura ao micro-ondas por 3:30 minutos. Misture e aqueça novamente por mais 15-30 segundos.
Polvilhe uma bancada com maisena. Pegue a mistura do micro-ondas ainda quente e forme bolinhas (cerca de 2 colheres de sopa para cada). Coloque uma bolinha de anko no meio e vá ajustando a massa com os dedos, até o recheio ficar totalmente coberto.
Polvilhe mais maisena e coloque os doces em uma assadeira forrada com papel manteiga, para não grudar. Repita com o resto dos ingredientes.


--------------------------
LOG
Spoiler
Turno: 05


OFF ~ Só mais um dado pra fechar os pratos do treinamento! E obrigado pela mudança de cor xD
~ Até agora todas as receitas tiveram algum mínimo problema por causa do dado. Não porque você não seguiu a receita. Que isso fique claro. :p Não deixe de continuar inovando.

@Razz
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

responder
novo tópico
fazer enquete