versão 8.1

Pages: (4) 1 2 3 ... Last » ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 Um Sonho de Liberdade
Muffin
 Posted: Apr 15 2018, 04:11 AM
citar


Muffin




Tenente (Taíi)



968 posts

Ficha

Muffin is Online

Moderador




Um Sonho de Liberdade

O vento do porto parecia bastante como o vento daquela parte montanhosa de Ouame, mas havia algo nele... Talvez fosse o cheiro maior de peixe, talvez os sons de gaivotas voltando aos seus ninhos com o começo da noite tão próximo. Navegar pela costa da ilha, para Doncy, era tão difícil quanto esperava que fosse — teve que tomar conta da maior parte, Kai estava recebendo os cuidados de Koda e sem um braço o que ele poderia fazer em um espaço pequeno como aquele era basicamente limitado a nada. Como na cozinha, o skypean tinha que estar atento a todos os detalhes na sua volta, fosse a brisa, as ondas ou a posição da cauda, tinha de sentir a maré e manipular o barco baseando-se nela, tudo isso com cuidado para que a costa rochosa de Ouame não acabasse lhes naufragando. Não pode impedir que sentisse uma pitada de orgulho do trabalho como narrador de primeira viagem (literalmente!).

Koda pôde notar que o grande galé da Marinha havia se retirado do porto, que ele não pôde deixar de ligar com a ida daquele capitão e Buccelari no Dojo, não mais do que algumas horas atrás... Mas a falta da Marinha naquele lugar representava um novo capítulo para a Wolf Gang e para Ouame como um todo. Lentamente, eles foram se aproximando do porto, Doncy se lembrou de como Ragadash havia lhe ensinado a parar o navio. O cozinheiro foi o primeiro a descer no porto, puxou a corda do navio e amarrou em uma das toras que sustentavam o deque, antes de ajudar Koda e Kai a se retirarem da pequena embarcação — a noite já havia caído sobre o porto, luzes vinham exclusivamente de lampiões presos em alguns bem posicionados, enquanto mais luz vinha do interior da cidade pelos postes propriamente ditos que existiam lá. Koda e Doncy, enquanto retiravam as coisas da embarcação, notaram que a Taverna do Porto, o estabelecimento do Sr. Montgomery estava aberto e com algum movimento naquela noite... Enquanto Kai, incapaz de ajudar propriamente os dois amigos a retirarem os suprimentos e as mochilas do barco, teve o seu foco colocado no cartaz de 'DESAPARECIDO' que seu mestre havia colocado sobre ele e que o ferreiro havia visto alguns dias atrás quando havia vindo para a cidade.

Quilômetros dali, o outro trio que constituía a Wolf Gang se aproximava do Porto das Rochas novamente — entendiam porque daquele lugar ser tão inóspito agora, durante a noite, era quase impossível ver alguma coisa definitiva naquelas rochas e pedras no caminho, mas por sorte, viram que uma luz surgiu dentre as sombras trazendo a figura barbada e pequena de Maxhio novamente. "Estava achando que não iriam voltar.", disse, mas seu olhar não estava em Ragadash, Arial ou Arak. Ele estava focado diretamente em Hana. "Amiga, eh? Uh... Tá, vamos para dentro.", a garota não falou nada, mas pelo olhar que dividiram, parecia que conheciam-se... De alguma forma. Mas, querendo ou não, deveriam voltar para aquele porto — não só ali era o ponto de encontro com os seus outros amigos na cidade, como também estava carregando algumas coisas de valor e peso consigo. Guiados pela luz, foi mais fácil encontrar novamente a caverna escondida e com o apoio do lampião de Maxhio, também vieram a achar a porta escondida na parede. "Vou pedir que não façam nada louco, okay?", pediu, enquanto a porta rangia.

Do lado de dentro, a caravela de Saturnz se mantinha estacionada ali, a meia dúzia de prédios se mantinham iguais e até o polvinho de Arial apareceu assim que viu o seu adestrador, se ele tivesse uma boca, provavelmente estava sorrindo para eles naquele momento! Sua visão, porém, passou para o resto do lugar... Onde viram pelo quase vinte ninjas em um lado do Porto, com aquela estranha mulher chamada Sombra na frente deles — talvez a antes segunda-em-comando de Zed agora havia se tornado a líder daquele culto/organização criminosa. Hana, porém, parecia pouco de importar, pois no momento seguinte ela já havia desembainhado a sua katana e o metal dele beijava a ninja-to da mulher. "Armadilha!", Hana urrou, provavelmente tinha bastante raiva pelos ninjas. Sombra não veio a falar nada, mas foi Maxhio quem entrou entre as duas.

"M-Madames, madames!", levanta os braços enquanto uma forçava-se contra a outra. "Por favor, por favor. Acalmem-se!", falava, mas olhou para o trio por ajuda. "O-Os ninjas vieram até mim, eles disseram que precisavam de uma forma de sair da ilha. Eles procuram uma viagem de redenção para pagar pelo seus pecados passados.", como ele falou, fez Hana e Sombra se afastarem. A samurai voltou ao lado do grupo, enquanto a ninja lhe bombardeava com olhares. Apesar da luta de espadas ter passado, os outros ninjas não pareciam tão feliz de ter os assassinos de seu mestre ali — ou a samurai Hana. "...E Saturnz deu a opção deles se juntarem a sua tripulação.", indicou acima, onde sob a escuridão, os olhos frios e amarelos do homem refletiam a pouca luz dali.


@Berenaldojr @Nelseta @Kaimon @Thalisontrm @VictorZechs @Cukito

QUOTE
Hora da dominação, pessoal! Como falei com o Thal, irei começar esse tópico porque não deixei muito claro como terminamos o último.

Qualquer dúvida, sabem onde me encontrar.


This post has been edited by Muffin: Apr 15 2018, 04:12 AM

--------------------
mp
^
Berenaldojr
 Posted: Apr 16 2018, 10:34 AM
citar


Berenaldojr




MESTRE COZINHEIRO DA WOLFGANG



77 posts

Ficha

Berenaldojr is Offline

Pirata




user posted image
Após uma tórrida aventura Doncy se ver naquela situação cansativa e frustante, completaram as missões e obrigações mas ainda assim a um custo muito caro, como se tivesse uma sopa de lagostas feita com camarões é uma sopa ainda mas não a que queria.
Após ajudar os companheiros a subirem no porto e perceber tudo ao seu redor ele seleciona alguma possibilidades do menu que a vida o propôs e sugere como agir a seus companheiros.

-Caros Koda e Kai o que acham de irmos a hospedaria do Senhor Montgomery acho que ele não ficará tão triste em nos rever, quem sabe posso fazer algo para nos alimentar e podemos passar a noite para amanhã seguir nosso destino?

Esperando uma resposta Doncy ja assumiu o que será feito de acordo a atitude de seus amigos, se optarem por ir pra estalagem ele carregará o máximo possível de coisas enquanto Koda ajudará Kai caso contrario e já resolvam seguir o caminho ele tentará comprar algum carrinho de mão ou carroça para carregar seus pertences sem muito esforço.
Enquanto aguarda as respostas Doncy pensa.

"Seria possivel tudo ter acabado e termos conseguido realmente completar nossos objetivos? Será se a Marinha foi embora ou foi buscar reforços? Muito temo pelas nossas vidas".

Então o mordomo cozinheiro põe um sorriso forçado para não expressar seus pensamentos.

user posted image
]

--------------------
user posted image
mp
^
Thalisontrm
 Posted: Apr 16 2018, 02:47 PM
citar


Thalisontrm




CAPITÃO DA WOLFGANG



544 posts

Ficha

Thalisontrm is Offline

Desenvolvedor




user posted image
A caminhada até o porto foi longa e cansativa, refazer aquele caminho trazia lembranças do que acontecera a poucas horas atrás. O rastro do ataque da matilha ainda estava por todos os lugares, as armadilhas que foram acionadas que antes poderiam ser letais, agora estava ao chão recebendo poeira trazidas pelo ventos frio da noite. Em meio ao silêncio surgia o pensamento sobre a possibilidade de haver outras armadilhas ainda ativadas por ali, mas o cansaço era maior do que o foco nos perigos a frente, todos estavam quietos, pensantes aparentemente, tudo em volta em total escuridão, até mesmo para o lobo que naturalmente conseguia adaptar suas vistas ao breu, só se ouvia as passadas própria e as dos seus companheiros em marcha lenta rumo ao porto.

Até que em um momento é possível ouvir novos passos, passos firmes e desta vez vinha pela frente em direção a matilha. Rag por instinto levanta as orelhas fixando seu olhar a frente e mais uma vez estava em alerta, assim como sua metade lobo faria, esse ato era automático para ele, interrompendo sua caminhada e aguardando até que da penumbra surge Maxhio com seu pequeno humor negro.
Como prometido voltamos, e trouxemos souvenir , diz Rag entregando um pedaço de pano com a cabeça de Zed para Maxhio. Não deixe cair, é frágil..

Começam então a seguir para dentro do porto, mas não antes das apresentações, coisa que pareceu não ser necessária visto que percebia-se que Maxhio e Hana aparentemente se conheciam, mas não era a hora certa de questionar isso, sendo assim todos seguiram para a passagem.
Arak, Arial, vocês lutaram bem hoje, estou feliz de tê-los como companheiros. Como estão seus ferimentos? Não temos o Koda aqui mas podemos dar um jeito nesses machucados, não parece nada grave. Rag conversava com seus amigos enquanto caminhava para dentro do porto até ser alertado pelo Maxhio. Isso deixou o lobo curioso sobre o que poderia está acontecendo, mas não demorou muito para ele descobrir o que era.

E mais uma vez o lobo estava em alerta diante algumas dezenas de ninjas com a tal garota, Sombra, logo ali, estacionados dentro do porto das pedras. Hana nem piscou, apenas atacou a garota que não se conteve e se armou aceitando o embate, seguidas por Maxhio que tentava acalma-las com certo sucesso, mas não definitivo. Até que Saturnz surge das sombras fazendo uma proposta para os ninjas. Talvez fosse uma boa ideia, mas talvez eles buscassem algo diferente
EEEii, Saturnz, como vai? Continua elegante. hahaha.Rag então se volta para os ninjas, sem demonstrar nenhuma agressividade, queria apenas conversar. Bom, parece que a marinha pegou leve com vocês heim?
Sombra certo? Meu nome é Ragadash, Garou T. Ragadash, não tenho nada contra vocês, eu só quero trazer a ordem para Ouame, seu antigo mestre estava fazendo algo ruim, muito ruim para todos dessa ilha e consequentemente para as ilhas vizinhas. Eu não posso permitir algo assim e é por isso que eu estava lá, vocês viviam para servir o mestre de vocês e proteger o Dojo, e é por isso que vocês estavam lá, mas o que eu ainda não sei é por que a marinha se envolveu nisso, por que ELA estava lá?

Os marinheiros machucaram meus companheiros, machucaram seus companheiros e agora eu preciso saber porque, preciso da ajuda de vocês para saber se a marinha buscava algo ali.
Se querem vingança para seu mestre, então podemos lutar, se querem esquecer de tudo isso e partir pra bem longe, vão, mas se vocês se importam com essa ilha então me ajudem a dominar este lugar e a botar a marinha pra correr daqui.


Ragadash da o seu melhor para mostrar aos ninjas que não precisavam fugir, se algum deles gostava desse lugar, poderiam viver aqui em paz, contando que não trouxessem mal algum para a população. Se queriam redenção, poderia tê-la derrotando a marinha e ajudando a Wolfgang a fazer o bem para a ilha. Caberia aos ninjas decidirem seus caminhos.

user posted image


Habilidades Utilizadas
Spoiler

Aparencia Imponente
Liderança

--------------------
mp
^
Cukito
 Posted: Apr 16 2018, 10:16 PM
citar


Cukito




Médico da Wolfgang



96 posts

Ficha

Cukito is Offline

Pirata




user posted image
Enfim no porto, sem a sombra do navio da marinha Koda se sente aliviado afinal não haveria nenhum empecilho, pelo menos não por agora. Um ar de nostalgia se alastra pela mente do jovem médico pois foi em uma noite como essa à muitos dias atrás que Koda chegara a Ouame buscando por uma vida nova, um recomeço. Não tinha ideia de que tudo se desenrolaria dessa forma, em menos de 24 horas na ilha e já tinha um grupo de futuros amigos e agora, provavelmente, alvos da marinha. Um arrepio passou pela nuca do jovem pois relembrou de toda a historia que teve com a marinha e teve um pressentimento de que aquilo tudo ainda não acabou.

Voltando ao presente ele se viu ali com Doncy e Kai. - Sim, vamos para a taberna, até porque eu gostaria de ver como estão o Sr Monty e Tim, todos precisamos de comida e um lugar para ficar, e tenho certeza de que lá seremos bem recebidos. Eles também devem ter algum material que dê para estabilizar Kai melhor do que esses panos. Quem sabe até Tim não possa enviar um recado para Mamorimaru.

Caso seja de acordo com todos Koda vai até a taberna e tenta carregar o máximo de suprimento que conseguir sem que atrapalhe de carregar o enfermo companheiro.

user posted image

--------------------
user posted image
mp
^
VictorZechs
 Posted: Apr 17 2018, 08:33 AM
citar


VictorZechs




Estrategista Da Wolf Gang



70 posts

Ficha

VictorZechs is Offline

Pirata




user posted image
Tudo o que acontecera recentemente ainda estava muito fresco na cabeça de Arak e vinham constantemente em forma de flashs, a caminhada até o dojo, a luta com Zed, a morte dele, o mapa, Kai perdendo um braço, encontrar Hana e o tesouro, tudo ia e vinha fazendo-o parecer distraido o que não era bem verdade, estava mais atento do que nunca. Durante o caminho de volta, cada som ou vulto naquela escuridão não o assustava mas o deixava mais alerta e mais preparado do que nunca para uma emboscada.

Os ferimentos que ganhou da batalha final ainda doiam, não corria risco de vida graças a Koda, não ficou com nenhuma ferida grave mas o cansaço misturado com as dores em seus músculos davam a impressão de estar carregando um Navio inteiro nas costas, precisava de apenas duas coisas no momento: dormir um pouco e de uma bela refeição cozinhada por Doncy. Esse pensamento faz Arak sorrir ao se lembrar da primeira refeição que fizeram juntos, era um ensopado simples mas fora algo preparado de tal forma que apenas um cozinheiro de primeira classe saberia fazer. Onde será que seu amigo Skypean teria aprendido a cozinhar? E, será que ia demorar até se encontrarem denovo?

- "Estava achando que não iriam voltar." - Foi o que uma voz familiar lhes disse

Encontraram Maxhio facilmente e isso deixou o caminho de volta foi bem mais rápido também. Houve um momento de silencio enquanto Ragadash pegava um embrulho fedorento e mostrava ao velho:
- Como prometido voltamos, e trouxemos souvenir - diz o Lobo entregando um pedaço de pano com a cabeça de Zed para Maxhio - Não deixe cair, é frágil.

Assim, Maxhio volta sua atenção para Hana e não parece surpreso em vê-la, o que deixou todos com a impressão de que já se conheciam embora nenhum dos dois tenha dito nada um pro outro.

Enquanto voltavam para o Porto, Arak não pode deixar de perceber que o céu noturno estava lindo, a brisa marítima também estava excelente e nada parecia poder estragar aquele momento de paz ou foi o que o tritão pensou até entrar na caverna. Ninjas estavam por toda a parte, sentiu Ragadash rosnar ao seu lado e Arial entrar em estado de alerta. Rapidamente saca o seu bastão e se prepara mas Hana foi a primeira a agir. A pequena Samurai grita e vai pra cima dos ninjas em alta velocidade, sua espada agora desembainhada entra em contato com o Ninja-to daquela mulher sombra que encontraram no Dojo das Trevas mas a mesma já estava preparada. Ela força o seu Ninja-To contra a espada de Hana e as duas entram em um confronto de força

Milhões de pensamentos explodiram em sua mente: "O que os ninjas estavam fazendo ali se mataram Zed? Será que eles estava buscando vingança? Aquela Mulher sombra era a nova líder deles? E PORQUE DIABOS MAXHIO PARECIA TÃO CALMO?"

Mas Maxhio não parecia tão calmo mais, correu e se colocou entre as duas: - "M-Madames, madames!" - disse enquanto levanta os braços - "Por favor, por favor. Acalmem-se! O-Os ninjas vieram até mim, eles disseram que precisavam de uma forma de sair da ilha. Eles procuram uma viagem de redenção para pagar pelo seus pecados passados."

"Ah, então agora eles querem se redimir? Depois de toda a bagunça que fizeram a Ouame? Será que as borboletas que estava contaminando todas as árvores da ilha agora já não era responsabilidade mais deles?" A indgnação de Arak só foi interrompida com a aparição de Saturnz que, segundo Maxhio convidara os ninjas para fazer parte de sua tripulação. Ele não consegui gostar desse cara, o Saturnz claro, ele tinha um olhar muito frio como se fosse alguém podre por dentro, talvez o fato de perder sua tripulação o tenha deixado assim, amargurado com tudo, ou então sofria esse algum tipo de "Luto Eterno". Independente do motivo, o Tritão ouve o seu capitão tentar convencer os ninjas a lutarem com a marinha em conjunto com o Bando, a fim de proteger Ouame.

Realmente a Marinha voltaria e precisariam de ajuda, mas será que recorrer aos ninjas era a forma correta de faze-lo? Arak estava em uma corda bamba, além de querer vingança contra quem tinha feito aquilo com o braço de Kai ele não sabia se deveriam ou não recorrer aos ninjas, mas ele não tinha duvida de que Ragadash os levaria ao melhor caminho para proteger Ouame...

user posted image



--------------------
mp
^
Nelseta
 Posted: Apr 17 2018, 03:06 PM
citar


Nelseta




MÚSICO DA WOLFGANG



68 posts

Ficha

Nelseta is Offline

Pirata




user posted image
Caminhando pela floresta Arial seguia seus companheiros que pareciam exaustos depois daquele longo dia, e como não estariam? De um momento pro outro tiveram que lutar contra ninjas, fugir de armadilhas, enfrentar humanos que pareciam mais demônios e no fim ainda ver seus amigos se machucarem. O fundo do mar realmente não era nem um pouco parecido com aquilo, parecia que estava não só a milhas de distancia de casa, mas sim em outro mundo, um mundo caótico e agitado que não deixavam que ele e seus amigos respirassem nem por um segundo.
Se lembrou de casa quando apenas sonhava em viajar em busca de aventuras, nadando entre os montes de areia do fundo do mar imaginando montanhas, enfrentando inimigos imaginários que eram derrotados com um golpe só e a todo momento ele estava sorrindo, talvez fosse isso que faltasse, mais sorrisos, gargalhadas. Ele tenta forçar um sorriso mas não tinha forças para isso, não tinha motivos para sorrir, até se lembrar de um pequeno detalhe que havia deixado para trás a algumas horas, seu pequeno amigo polvo, o presidente.
Suas horas foram tão aflitas que mal se lembrara de seu amiguinho, se tocou então que em suas brincadeiras de infância, em maior parte, seu amigo estava lá, lutando ao seu lado, o protegendo como um verdadeiro rei dos mares protege seu território, se lembrou de quantos momentos bons teve ao lado daquele pequeno animalzinho e isso o fez sorrir de verdade, ainda mais quando se lembrou que estava preste a encontra-lo, que ele estaria em segurança no porto apenas esperando-o.

Sim, podemos sorrir...Disse bem baixinho a ponto de não ser ouvido.

Estava tão perdido em seus pensamentos que quase não percebeu a chegada de Maxhio, parecia ter se esquecido completamente como havia chegado ali, como se tudo tivesse apagado da sua memória, como se estivesse no automático todo esse tempo. Mas não perdido a ponto de não enxergar um olhar diferente entre Hana e Maxhio. Ele então esperou até que todos começassem a caminhar, e se aproximou de Hana.
Hana, desculpa está perguntando isso, mas por acaso vocês ja se conhecem? Sabe é normal pessoas se conhecerem, mas o senhor Maxhio é muito sombrio e vive escondido então não é muito popular por ai sabe? kkkk.
Esperou pela resposta e logo foi puxado de volta para a realidade ao ouvir a voz ecoante do Rag.

"Arak, Arial, vocês lutaram bem hoje, estou feliz de tê-los como companheiros. Como estão seus ferimentos? Não temos o Koda aqui mas podemos dar um jeito nesses machucados, não parece nada grave."

Sim, senhor capitão, estou muito bem...e tem mais...acabo de perceber que não precisamos está assim tão tristes, afinal, sobrevivemos não é mesmo? Demos o nosso melhor para lutar pelo que acreditamos e estamos bem, eu sei que o resto da tripulação também vai dar a volta por cima e quando nos encontrarmos vamos rir de tudo isso.
Como você Rag mesmo falou, "O dia da nossa morte é o dia que mais vale a pena viver", então vamos aproveitar ! kkkk
E eu vou aproveitar isso com meu amiguinho que está logo a frente, espero que ele esteja bem. E quando estivermos todos juntos novamente, farei um show musical para todooos !!


Arial tentou ao máximo animar seus amigos, e ele estava feliz de verdade, feliz por está ali com quase todos, e vivos. Mas teve que deixar a animação para mais tarde quando adentrou o porto e percebeu os ninjas parados ali os encarando. Não houve tempo de reagir, pois Hana logo pulou na frente e atacou a ninja.
Ele não reagiu, apenas esperou para ver o que seu capitão faria. E como esperado Rag mais uma vez o surpreendeu pois ao invés de atacar os ninjas, decidiu por pedir ajuda a eles para derrotar a marinha.

Arial não esperou para ver o que aconteceria, ele rapidamente foi para a água atrás do seu pequeno amigo, Presidente, ver como ele estava, afinal passaram um longo dia afastados. Ele brincou e conversou com seu amiguinho, querendo saber como ele estava e contando toda sua aventura para o mesmo quase como se o pequeno polvo fosse possível de entender cada palavra que Arial dizia. Só depois disso ele vai até o bando ver o que estava acontecendo e para ver o próximo passo de todos, afinal a aventura ainda não havia acabado.

user posted image

--------------------
mp
^
Kaimon
 Posted: Apr 17 2018, 03:47 PM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



194 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




user posted image
A brisa do mar. Como em tão pouco tempo aquilo passou a acalmá-lo tanto? O pequeno barco do falecido Shishi acompanhava a costa enquanto Doncy bravamente manobrava o mesmo, suando pelas decisões difíceis mas ainda assim valente ao seguir as ordens do capitão de levar os outros dois companheiros até a cidade. Kai só conseguiu ficar parado e aproveitar o vento que percorria todo o local, assim como alguns respingos de água do mar quando Doncy se atrapalhava com alguma manobra. ele estava consciente, mas preferiu guardar suas forças e não falar nada, precisaria de toda a energia possível para o projeto de sua vida. Koda fazia um trabalho excepcional ao estancar o sangue e mantê-lo vivo. A dor ainda existia, mas a certeza de morte já havia afastado da cabeça do ferreiro.

Chegaram ao porto, aos trancos e barrancos, mas chegaram bem. A noite estava próxima, mas tudo que Kai conseguia pensar era em sua casa, seu mestre e seu projeto. Levantou-se com calma, ainda não conseguia se estabilizar muito bem sem o seu braço. Koda o auxiliou como pôde, e aquilo de certa forma o deixou tanto feliz quanto frustrado. Passaram-se anos desde que o rapaz teve que depender de alguém para alguma coisa, mas, pela primeira vez, ele via que podia contar de verdade com alguém além de seu mestre. Fez uma nota mental de agradecer Koda e Doncy por levarem-o vivo e em segurança até a sua cidade, junto com uma promessa de devolver mil vezes o favor.

Sabendo da necessidade de cuidado agora, e que a casa de seu mestre era um pouco mais afastada do porto, ele preparou-se para a caminhada, quando ouve Doncy sugerindo que descansassem na taverna e seguissem após descansarem um pouco. Kai endireitou-se, na tentativa de argumentar:

- Precisamos ir logo pra casa de meu mestre, são só alguns minutos de camin... - Kai sente uma tontura e seu corpo fica pesado, começando a tombar, precisando da ajuda de Koda para manter-se de pé. Apesar de recuperar-se com facilidade, aquele não era apenas um ferimento qualquer, ele precisava descansar. Ele fica quieto e resolve acatar a decisão dos amigos, seria bom ter uma noite decente de descanso, eles iriam precisar.

Kai então resolve guiar seu corpo junto com Koda em direção à taverna. Já havia passado por lá diversas vezes, mas nunca tinha de fato entrado no local, nunca houve a necessidade. Ele dá uma olhada para o céu anoitecendo e torce para que os outros membros da Wolfgang estivessem bem.


user posted image

--------------------
user posted image
mp
^
Muffin
 Posted: Apr 24 2018, 12:00 AM
citar


Muffin




Tenente (Taíi)



968 posts

Ficha

Muffin is Online

Moderador




Um Sonho de Liberdade

Entre o trio da alcateia que residia no porto, a decisão de seguir até a taverna ficou nas mãos de Doncy e Koda — Kai, apesar de estar com desejo de ir até a sua casa, tinha ferimentos no corpo e ficaria nas mãos de ambos os seus cuidadores. Com a ajuda de Koda em especial, se aproximaram do edifício de madeira, já sendo capazes de ouvir as vozes do lado de dentro, os sons mais comuns de se ouvir em uma taverna: pessoas conversando, algumas gritando, movimentação... Pela janela eles já eram capazes de ver que a casa estava bem cheia, com alguns pares de tavernas ainda disponíveis para que eles pudessem se sentar assim que entrassem. Assim que a porta abriu, o trio se tornou apenas mais um grupo entre aquelas pessoas, era impossível que não sentissem alguns olhares vindo na sua direção por conta da condição atual de Kai.

Acabaram se sentando perto de uma janela, além de estar mais refrescante por uma brisa da noite passando por ali, também teriam uma saída rápida caso fosse preciso... Ficaram confortáveis nas cadeiras, quando notaram que Tim estava pegando os pedidos entre as mesas, mas parou no mesmo lugar assim que viu Doncy e Koda. Quase correu até a mesa deles com um sorriso no rosto. "Eu sabia! Sabia que vocês estavam bens!", disse, um pouco alto demais, mas baixou o tom logo em seguida. "Sr. Montygomery me disse para parar de ter esperanças nisso, mas eu sabia...!", não tirava o sorriso no rosto parecia muito excitado. Seu olhar então foi para Kai. "Você é... O filho do ferreiro?", pisca, olha para Koda e Doncy. "Acontece alguma coisa?", passa o olhar na taverna em volta deles, tinha pouca para nenhuma atenção vinda para eles. "...Precisam de um quarto?"

No outro porto de Ouame, o primeiro re-encontro da Wolf Gang e seus primeiros inimigos — os ninjas de Zed — foi... Inesperadamente menos violento do que poderia se esperar. Hana e Sombra cruzaram espadas, sendo as únicas que realmente mostraram violência entre si, mas com as palavras bem cuidadosas de Maxhio ambas se separaram. Foi nesse momento que Ragadash tomou a frente, mas suas palavras tiveram uma reação mista: Saturnz só franziu um pouco mais a testa, Hana levantou uma sobrancelha para ele e Sombra não parecia feliz. "A Marinha nos pegou de surpresa. Se eu pudesse apostar, iria imaginar que vocês estavam trabalhando com ela... Mas Maxhio confirmou que é exatamente o contrário.", fungou, antes de continuar. "Seu nome não me importa. Vocês venceram Mestre Zed em um combate justo, ele desejou lutar contra vocês por causa daquele veneno que criou e a morte dele foi o preço do seu orgulho.", apesar de ela dizer isso, nem Sombra e nem os ninjas pareciam ter algum sentimento além de raiva e indiferença perante a Wolf Gang. "De uma maneira ou de outra, Ouame não é mais o lugar para nós. A Marinha e o Imperador estavam fazendo acordos, as gaivotas irão vir para cá logo e tomar esse lugar como um território deles.", cruzou os braços e olhou para Hana. "Ela estava lá porque merecia estar lá.", finalizou.

A samurai lançava farpas para Sombra na mesma intensidade, mas distraiu a sua atenção para Arial assim que o sireno lhe questionou. "Sim, eu já me encontrei com Maxhio uma ou outra vez. Esse porto, apesar de presença de uma escória... Não é mais tão movimentado por eles. O barbudo dá bom abrigo para quem estiver disposto a pagar.", explicava para ele, seus olhos não saiam um centímetro de Sombra. Mas assim como tudo havia começado, parecia se resolver com Sombra e Hana desviando os olhares (que fez Maxhio dar um suspiro bem aliviado), dando espaço para o Sireno ir até a beirada da água e ver os tentáculos de Presidente subindo pelo seu braço e indo até o seu ombro, onde carinhosamente o polvinho esfregava o seu rosto contra o seu mestre.

"Se já terminaram", Saturnz se fez audível. "o navio está pronto para a saída.", dizia, indicando para os ninjas subirem e saindo da visão deles. Em poucos segundos, os ninjas retiravam as suas máscaras e faixas da cintura, juntavam em uma pilha do lado contrário do porto e aterram fogo sobre ela, um sinal bem claro do esquecimento da vida antiga deles. Em fila, eles seguiram até a caravela para entrarem no convés e enquanto faziam isso Joe surgia do convés, desceu até o porto e soltou uma caixa que trazia consigo. A sua primeira ação foi ir até Arial e lhe dar um cascudo brincalhão enquanto cumprimentava os outros.

"Hey, hey! Vocês não sabem a felicidade que me dá ver que vocês acabaram saindo vivos.", solta o sireno e aperta a mão de Arak, que com o olhar no rosto do tritão o mink piscou algumas vezes. "Ah... É, vocês eram seis... Os outros três estão vivos, não é?", o porco já havia perdido uma tripulação antes, era entendível que ele pudesse saber que a vida de equipes que se aventuravam eram muito perigosas para todos em volta.


@Thalisontrm @Kaimon @Cukito @VictorZechs @Berenaldojr @Nelseta
mp
^
Thalisontrm
 Posted: Apr 24 2018, 11:05 AM
citar


Thalisontrm




CAPITÃO DA WOLFGANG



544 posts

Ficha

Thalisontrm is Offline

Desenvolvedor




user posted image
Estava frio, assim como esperado de uma longa noite numa caverna a beira mar, era possível ouvir as ondas batendo contra as rochas não muito longe dali. Um som tranquilizante e hipnotizante que nos induzia a querer ficar sentados ali, talvez tirar um bom cochilo e curti um momento de paz deitado sobre o luar sentindo a brisa fria no corpo.
Era uma ótima ideia, e o lobo planejava por esse plano em ação assim que possível. Mas ele tinha um grande contra-tempo e não era hora para descansar.
Ragadash tinha os ninjas remanescentes logo a frente e em vez de optar por lutar, escolheu propor uma união pelo bem de Ouame. Era melhor deixar aquela guerra pra trás e se unirem para lutar contra o atual inimigo em comum, a marinha.

Para os leigos e ingênuos, a marinha era conhecida como a "Justiça Absoluta", mas Rag já havia percebido, por mais de uma vez e de forma severa, que essa justiça nem sempre é verdadeira e a WolfGang não deixaria Ouame naquelas mãos embebidas de "Corrupção Absoluta", e pra essa missão, toda ajuda era bem vinda.

Se os ninjas queriam uma oportunidade de fazer as coisas diferentes, era missão do lobo propor um caminho a seguirem, e sua primeira opção era convencer os ninjas a se juntarem a alcatéia. Rag tentou persuadi-los mas os ninjas guardavam rancor de todos por causa do ocorrido. Dava pra entender, muitos morreram e se machucaram a poucas horas atrás, era pedir muito que eles conseguissem deixar isso para trás, talvez não fossem maduros o suficiente e não conseguiam pensar no coletivo mas apenas na dor que sentiam.

QUOTE
"A Marinha nos pegou de surpresa. Se eu pudesse apostar, iria imaginar que vocês estavam trabalhando com ela... Mas Maxhio confirmou que é exatamente o contrário."

Certamente, porque sermos decepados e quase mortos pela marinha não é prova suficiente de que não estamos trabalhando juntos...
Tudo bem, foi um erro meu pedir que se unam com as pessoas que a poucas horas atrás mudaram todo seus estilos de vida. Se querem ir embora nós apoiamos a decisão que tomam. Espero que consigam uma vida melhor do que a que tinham.
Gaivotas e o imperador hum?...Gaivotas...apelido interessante.


O lobo deixa que os ninjas partam em paz, torcendo que se tornem pessoas melhores no futuro, e quem sabe não reencontrem alguns deles um dia durante suas aventuras? Ele então se vira para o Saturnz e Joe.

Tchau Sr.Saturnz, espero nos encontrar novamente...tchau Joe, cuide bem do Sr. Saturnz, ele parece gostar muito de você, hahaha.
Os outros membros da alcatéia estão na cidade, iremos nos encontrar em breve. hahaha.

Ragadash se despede daqueles que um dia o ajudaram, e desejava que um dia se encontrassem novamente, talvez em outra ilha, quem sabe até mesmo na Grand Line.

Após a despedida era hora de dar continuidade ao seus planos, e quem sabe tirar aquele cochilo tão desejado. Seguindo em direção do Maxhio era hora de conversar, quem sabe conseguir dicas para o proximo passo do lobo. Rag aproveita o momento e pede que Hana se junte a conversa.
Maxhio, então a marinha realmente está fazendo acordo com o imperador e estão tentando criar uma base deles por aqui, não posso permitir isso, seria algo ruim para você, para a WolfGang e para a população de Ouame, não consigo confiar nessas gaivotas malditas.
Era uma boa hora de usar aquele apelido que acabara de ouvir.
Hana, sei que você está por fora do que está acontecendo, então irei resumir. Eu e minha alcatéia somos denominados de Wolf Gang, como nos conhecemos é uma história para outra hora, mas nosso objetivo é tirar Ouame das mãos da marinha, temos motivos para acreditar que a marinha nem sempre se mantem justa e confiável e eu não deixarei essa ilha sobre jurisdição dela. Por está indo contra a marinha, somos chamados de piratas, mas queremos o melhor pra esse povo, e ser difamado é um pequeno preço a pagar contando que a ilha esteja devidamente protegida, foi por isso que pedi ajuda da Sombra e agora lhe peço a mesma ajuda.

Preciso saber se seria uma boa ideia conversar com o imperador, quem sabe convence-lo de que a marinha não irá trazer vantagem para Ouame.
Ou podemos simplesmente acabar com a marinha restando apenas a WolfGang como opção. De todo modo não quero entrar em conflito contra o imperador, precisamos mostrar ao povo que podem confiar em nós. O que vocês acham?


Outra coisa, aparentemente o império nunca foi atacado por Zed, será que Zed e o imperador tinham alguma ligação que beneficiava ambos?

Ragadash faz algumas perguntas para Maxhio e Hana, e espera as devidas respostas. Logo mais Rag se despede deles e se prepara para o tão esperado sono ao som das ondas do mar, nesse meio tempo os outros membros estavam ocupados cada um com seus afazeres e Rag começa a imaginar como estaria seus outros companheiros, ele acreditava que estavam bem, mas queria poder ve-los com seus próprios olhos.

Indo em direção de seus companheiros, para finalmente poder encerrar aquele longo dia, era hora de uma pequena despedida até o amanhecer seguinte.
Bom pessoal, estou indo descansar, sugiro fazer o mesmo, amanha acordaremos cedo e partiremos para Ouame, temos que conversar com o imperador. Boa noite a todos.
EEII Sr.Presidente, como está? não tive oportunidade de cumprimenta-lo amiguinho, durma bem.

Deitando numa cama improvisada, rag volta a pensar no que fazer em seguida, pensa em seus amigos e se estão bem, volta a sua atenção para o som das ondas até cair levemente no sono.
Na manhã seguinte ele desperta lentamente e se sente totalmente recuperado, era hora de tomar um café reforçado, mas infelizmente não seria Doncy a prepara-lo. Se despediria de Maxhio prometendo que dominará Ouame ou que morrerá tentando e então se une ao seus companheiros e segue viagem, rumo a cidade onde toda a história começou.

user posted image


Habilidades Utilizadas
Spoiler

Aparencia Imponente
Liderança


This post has been edited by Thalisontrm: Apr 24 2018, 07:30 PM
mp
^
Nelseta
 Posted: Apr 24 2018, 07:47 PM
citar


Nelseta




MÚSICO DA WOLFGANG



68 posts

Ficha

Nelseta is Offline

Pirata




user posted image
A chegada ao porto foi inusitada, todos foram recepcionados com um grupo de ninjas embebidos de ódio contra a WolfGang, mas nada de mal aconteceu no fim das contas, apesar do impulso de Hana e a ninja Sombra, o Sr Maxhio junto a nosso capitão conseguiram cessar as faíscas que ambas lançavam uma contra a outra.

O Rag tentou buscar uma aliança entre nós e os ninjas, como esperado do próprio sempre pensando a frente e tentando deixar as diferenças de lado. Mas a raiva que existia nos ninjas ainda superava qualquer visão para o futuro, sendo assim eles recusaram.
Decidiram por fim seguir o Capitão Saturnz após seu convite de se juntarem a ele em sua tripulação.

Depois de perceber que não haveria mais brigas Hana comentou comigo sobre seu contato entre o Sr Maxhio e ela, não pude perceber se suas palavras eram verdadeiras ou se ela escondia algo a mais, porém naquele momento minha atenção se voltou para outra coisa, a despedida do Capitão Saturnz e Joe.

Pude me despedir do Joe que me ajudou bastante quando eu cheguei em terra e espero poder ve-lo novamente um dia. O Saturnz não pareceu se importar muito comigo, mas eu me despedi dele também, afinal ele também nos ajudou bastante, mesmo sendo um chato, kkk.

Em fim pude dirigir meus cuidados ao meu amiguinho que se mantinha distante apenas observando a movimentação. Permaneci na aguá com o Presidente durante um bom tempo, e aproveitei para contar tudo que fiz durante a investida contra os ninjas. Contei-lhe como tivemos que correr das armadilhas que os ninjas plantaram na floresta, e como lutei contra os ataques surpresa que os ninjas executavam contra nós. Ele parecia se divertir com os contos, e eu tive a ideia de usar isso como inspiração para criar uma nova música que eu cantaria para todos quando finalmente nos reunisse. Descrevi o que houve com o Kai e o Presidente pareceu ter se lamentado por nosso amigo ter se machucado, mas tive a certeza em dizer que todos certamente ficamos bem no fim das contas e sabia que nossos amigos são fortes e conseguiriam sobreviver. Presidente balançou seu corpo na água parecendo concordar comigo.

Algum tempo depois Rag surge e diz que estava indo descansar, nosso dia seguinte seria agitado, parece que aquele momento deveria ser bem aproveitado pois nossos desafios surgiriam logo. Me despedi de todos presentes ali e me recolhi para um local onde eu pudesse dormir junto com o Presidente.

Acordei com o som dos pássaros que caçavam alguns peixes ali proximo dando rasantes sobre e água e os agarrando com suas unhas levantando voô e indo para longe. O sol iluminava até mesmo o fundo do mar onde eu e o Presidente estávamos deitados, pensei em meus amigos que provavelmente estavam na cidade, fiquei imaginando se todos acordaram bem, se podiam ver um dia tão belo como aquele que eu aproveitava e quando dei por mim, me levantei, fui até a cozinha na esperança de ter algo interessante para comer, percebi que estava faminto.

Após a refeição, preparei minhas coisas, tive o cuidado de certificar que não havia esquecido nada. Pude me despedir do Sr Maxhio e então indiquei para o Presidente onde ele deveria me encontrar do outro lado da ilha.
Cumprimentei o Rag que parecia está totalmente revigorado me recepcionando com um sorriso no rosto. Na verdade eu não consegui entender muito bem se ele estava sorrindo ou apenas respirando pela boca, mas prefiro acreditar que ele estava contente em me ver.
Era hora de seguir viagem e algo me dizia que novos desafios viriam em breve.

user posted image


This post has been edited by Nelseta: Apr 24 2018, 08:00 PM
mp
^
Berenaldojr
 Posted: Apr 25 2018, 11:36 AM
citar


Berenaldojr




MESTRE COZINHEIRO DA WOLFGANG



77 posts

Ficha

Berenaldojr is Offline

Pirata




user posted image
Como era esperado do Tim ele veio todo empolgado, ja com expectativas a mil, apenas falo brevemente com ele:

-Ola novamente jovem Tim, estamos um pouco cansados então vamos apenas descansar, comer algo e partir, um pernoite num quarto para os três está otimo, só vou pedir uma coisa, como nosso amigo vai precisar de um descanso bem tranquilo então vamos evitar contatos, qualquer pessoa que nos procurar por aqui apenas me chame que desço, está bem? Resumindo, refeições, 1 quarto para os três e nenhum incomodo, devido a pressa vamos ter de agir assim, mas assim que estivermos mais tranquilos eu voltarei e lhe contarei todas histórias, Desculpe Jovem Tim mas é tempo que temos, está bem?!.

Doncy então segue para o quarto indicado caso aja um, junto com sua trupe e suas bagagens, comem e dormem e na madrugada segue ao caminho da casa de Kai, caso contrario apenas se alimentaram, descansaram um pouco e seguiremos pra casa de Ka(Tudo admitindo que nenhum de seus amigos seja contra)i.

Durante o periodo que passa no quarto caso exista um ou durante o periodo que se alimentam Doncy pergutará a Kai sobre a localização, caminho e tempo ate a casa de seu mestre ja buscando qualquer brecha perigosa, que com sua pouca ou nenhum habilidade possa encontrar.
Durante o período em que Koda esta ajudando Kai, Doncy procura fazer lanches para não perderem tempo durante a viagem, priorizando alimentos em que Kai coma sem dificuldade e sem necessidade de alguém lhe ajudando, tentado demostrar uma compaixão pelo companheiro e demostrando como o mesmo é capaz ainda.

user posted image
mp
^
Kaimon
 Posted: Apr 25 2018, 04:20 PM
citar


Kaimon




BRAÇO DIREITO DA WOLFGANG



194 posts

Ficha

Kaimon is Offline

Estagiário (Dev)




user posted image
O médico, o cozinheiro e o ferreiro chegaram até o local com certa facilidade, e encontraram um local onde poderiam tanto observar o que estava acontecendo do lado de fora quanto o que ocorria no estabelecimento. Kai estava estabilizado, mas ainda assim evitava falar muito, para conservar sua energia.

Um garoto, aparentemente um pouco mais novo que Kai e Koda, se aproxima com uma expressão sorridente e fala com os outros dois como se fossem velhos conhecidos, e talvez até o fossem, Kai não conseguia imaginar o que acontecera com os rapazes antes de conhece-lo. Refletindo um pouco, o ferreiro percebe que tanto o mordomo alado quanto o médico não eram dali, e provavelmente entraram naquele estabelecimento ao chegarem em Ouame. Isso conforta um pouco o rapaz, que se permite relaxar um pouco no local onde estava sentado.

O garoto então dirige-se ao rapaz, perguntando sobre sua origem e sobre o que aconteceu, mas Doncy toma a liderança e, após uma breve conversa, estabelece os termos e a urgência com que entravam ali. Kai sorri enquanto ouve o Skypean falando, lembrou-se da forma pacata com que o cozinheiro agia e o admirou por ter tomado a iniciativa.

- Melhor não falarmos nada por hora... Como o Doncy disse, a gente volta depois, eu realmente preciso descansar. Mas eu aceitaria uma xícara de café.

Seguindo pro quarto, Kai tentará descansar o máximo que puder e recompor as energias, mas perde algum tempo olhando a planta e refletindo sobre o que poderia fazer, e se o que estava em sua mente realmente poderia se tornar concreto. Explica para Doncy e Koda como chegar em sua casa, e como ela ficava mais afastada do centro, para que pudessem trabalhar em paz.

Com o dia raiando, Kai já estaria pronto para seguir, sua mente estava acelerada, e sua vontade de trabalhar maior até do que a dificuldade da situação em que estava. Não era hora de fraquejar.


user posted image
mp
^
Cukito
 Posted: Apr 25 2018, 11:07 PM
citar


Cukito




Médico da Wolfgang



96 posts

Ficha

Cukito is Offline

Pirata




user posted image
Apesar do cansaço Kai.não era muito pesado de se carregar e assim eles chegam na Taberna do Porto, como imaginara estava movimentada, Koda então passa um olhar sobre o local a procura de rostos familiares e se havia ali algum marinheiro e então é quando Tim os vê e corre em sua direção todo eufórico. Com um sorriso no rosto Koda se prepara para dar um breve relatório do que aconteceu mas Doncy toma a frente e passa as informações. De fato não seria sensato contar tudo ali, em publico, nunca se sabe quem pode estar ouvindo.

Caso haja um quarto eles vão em direção ao mesmo, mas antes Koda se vira para o rapaz - Tim ,meu amigo Tim, que bom vê-lo bem, percebi que conhece esse rapaz (apontou para Kai.), se não for muito incomodo poderia enviar uma mensagem para o mestre dele e dizer que ele está bem!? Se bem que iremos lá amanhã, mas seria reconfortante para o senhor saber do paradeiro de seu filho.

Depois de se instalarem, deixar Kai. o mais confortável possível, e cuidar da alimentação do amigo sem-braço Koda desce em busca de Tim e do Sr Monty, gostaria de reve-los propriamente e agredecer novamente pelo que fizeram, caso haja oportunidade ele gostaria de contar a aventura que tivera, e também de saber o que aconteceu na cidade durante esse tempo.

No dia seguinte após o merecido descanso Koda se prepara para uma pequena jornada até a casa do ferreiro, não seria bom para Kai. se esforçar andando pela cidade, Koda então veria se tinha como conseguir algum transporte para leva-los até a casa do pai de Kai.

user posted image
mp
^
VictorZechs
 Posted: Apr 26 2018, 11:18 AM
citar


VictorZechs




Estrategista Da Wolf Gang



70 posts

Ficha

VictorZechs is Offline

Pirata




user posted image
Arak respirou bem calmo agora que Maxhio acalmou a situação. Ele achou que teria que lutar novamente embora tudo que quisesse fosse descansar.

Os ninjas então fizeram um pequeno ritual onde queimavam suas "identidades" como ninjas e seguindo em frente. Arak achou bastante legal isso e o lembrou das cerimônias que haviam no templo Shaolin onde viveu. Uma das mais bonitas de todas eram a chamada "Cerimônia do Chá" onde o discípulo servia o chá ao mestre em sinal de respeito e agradecimento por todos os ensinamentos passado. Um ar de nostalgia atingiu Arak e uma boa sensação tomou conta de seu corpo, por um momento ele pode sentir a brisa das montanhas e o chão do templo aos seus pés, sorriu e foi em direção a Arial que brincava com Presidente em um canto.

Joe veio do navio com um grande sorriso, ele cumprimenta a todos e ao mesmo tempo de ja se despede, ira finalmente partir com Saturnz para deus-sabe-la-onde. Era um pena porque ele era um dos poucos que fora gentil com ele até o momento e isso era reconfortante.

QUOTE
"Ah... É, vocês eram seis... Os outros três estão vivos, não é?"


- Eles foram ajudar um amigo que se machucou, mas tanto Doncy Quanto Koda estão bem. E meu amigo, como você já esta de partida te desejo uma boa viagem e espero que possamos nos encontrar novamente num futuro próximo! - Falou a Joe quando viu Saturnz chamando todos para partirem.

O dia de Arak passou lento depois disso, foi bom pois ele pôde desfrutar da melhor forma. Depois de se alimentar de forma rápida, ele foi dormir, e como era bom poder dormir direito depois de toda aquela batalha. Assim que se deitou ele sentiu seus músculos relaxarem e as suas pálpebras se fechando lentamente enquanto sua mente se acalmava e sua respiração ia diminuindo de intensidade.

Acordar fora difícil, estava tão relaxado que queria dormir mais, mas não sabia que horas eram e precisava ser útil a Ragadash e Arial, como fora dito na noite anterior pelo seu capitão eles iam conversar com imperador. Levantou, e foi fazer sua rotina diária ao acordar: Um alongamento para deixar seus músculos com uma boa elasticidade e uma seção rápida de Meditação para ajudar a centrar e preparar o corpo e o espírito pro dia que virá.

Arrumou suas coisas e fora ao encontro de seus amigos quando se lembrou de uma coisa importante, o mapa! Os recentes acontecimentos tinham tirado sua mente daquele mapa mas agora que as coisas se acalmaram consiga ver com clareza o mapa montado em sua cabeça e aquela grande marca de X nele, sinalizando algum tesouro escondido. Era mais que sua obrigação ir até aquele ponto e encontrar o que quer que tivesse sido escondido por Zed ali.

Decidiu não transcrever o mapa pelo mesmo motivo de que queimara o anterior. Não sabia em quem podia confiar e se o mapa fosse parar em mãos erradas ele perderia o tesouro.

Ao partir da caverna com seus amigos, Arak não perde tempo e conta do mapa, explicou tudo pra eles e como poderiam chegar até la. Pode ver o brilho nos olhos de seus amigos e mesmo sabendo que se desviariam do caminho achou que valeria a pena descobrir o que tinha enterrado.

- Capitão, quero muito descobrir o que tem la, acho que esse mapa não estava no quarto de Zed a toa, deve ter algo de muito valor lá e agora somos os únicos quem sabem da existência. É uma oportunidade única e não deve nos atrasar muito passar la, o mapa esta bem memorizado aqui em minha mente. O que faremos?

Ainda era manhã, o bando estava com um mundo de possibilidades a sua frente e estavam prontos para o que viesse. Arak, olha para o horizonte, o ar enchia seus pulmões de esperança e o sol o aquecia, deixando o jovem Tritão animado para os desafios que viriam e as dificuldades que superariam.

user posted image
mp
^
Muffin
 Posted: May 9 2018, 01:04 AM
citar


Muffin




Tenente (Taíi)



968 posts

Ficha

Muffin is Online

Moderador




Um Sonho de Liberdade

As despedidas com os ninjas foram um pouco estranhas, não fazia muito tempo que eles haviam sido inimigos mortais de Ragadash, Arial e Arak, mas havia também o sentimento novo de ver um dos maiores e mais antigos problemas que existiam na ilha de Ouame desaparecer após o grande esforço que os jovens heróis fizeram. Foi um pouco diferente com Joe (este ficou feliz de saber do paradeiro dos outros, quando foi informado por Arak) e Saturnz, ambos os piratas haviam estado com eles desde que se juntaram como uma equipe formal e iriam ser a carona deles para fora da ilha o mais rápido possível — mas agora, eles iriam sair dali e levar os ninjas com eles. "Hmm.", Saturnz riu-se em um som baixo e seco. "Estarei esperando para ouvir de vocês — na Grand Line.", uma vez que as despedidas acabaram, a caravela foi solta e lentamente navegou em direção da noite lá fora, desviando com a ajuda de Maxhio pelas rochas que davam nome ao porto até que finalmente desapareceram na noite em algum lugar daquele breu.

Aqueles seriam contatos para o futuro, mas agora, a Wolf Gang teria o presente consigo: proteger Ouame da investida da Marinha. Rag ia para a primeira pessoa que poderia trazer informações e opiniões sinceras de fora da sua bolha sobre a situação... Que também era uma das únicas pessoa ali, além das pessoas que estavam dentro da sua bolha. "Sim, sim, é verdade.", o barbudo fungava, puxando a corda que prendia a caravela de Saturnz para o píer novamente depois da navegação sair do Porto. "Eu já havia ouvido isso antes, aquele capitão que vocês lutaram — ele estava indo e vindo aqui em Ouame com uma certa frequência, ficando no palácio e tudo mais. O Imperador achava que instalar uma Base da Marinha aqui iria ajudar na limpeza dos ninjas.", informava para eles o que sabia. Hana grunhiu em desconforto a isso, mas assentiu positiva para o que Maxhio falava.

A samurai ouviu atentamente ao que Ragadash falava e assim que o mink terminou, ela fechou os olhos e suspirou, antes de assentir lentamente. "O Imperador é uma figura um pouco... Misteriosa, para mim. Eu nunca falei com ele diretamente, apenas através de algumas cartas ou através do Shishi.", dizia, passando olhar para a sua katana. "Mas ele nunca me soou como sendo irracional, sempre parecia que tinha em mente o melhor para Ouame — ou, pelo menos, o menos pior. Eu não sei como ele iria reagir a vocês irem atrás dele para uma comitiva... Se forem, porém, levem argumentos. Não irão conseguir o apoio da população se matarem Zed e o Imperador na mesma semana, só irão ver pessoas se revoltando e apoiando a Marinha.", dizia Hana. E com isso, aquele dia já estava finalizado, os guerreiros da Wolf Gang descansaram suas cabeças em camas que pareciam ter sido feitas de nuvens de tão confortável que estavam (menos Arial, ele estava em uma cama de corais que parecia ter sido feita com nuvens e com Presidente junto dele!).

Na taverna, Tim havia ficado branco com a ideia de que os seus 'ídolos' da Wolf Gang haviam sido mortos por Zed, mas assim que Doncy e Koda fazia algumas afirmações, ele só suspirou e voltou a dar atenção para os pedidos. "Okay, comida, água, café. Eu levo para vocês no quarto, tem um vazio é... Quarta porta a esquerda, ele é o maiorzinho, deve ter espaço para vocês três.", indicou a escada e voltou para atender as outras pessoas na taverna, dando espaço para que Doncy pudesse levar Kai para cima enquanto Koda pegava os pertences do trio e seguia não muito atrás. O quarto que lhes foi dado tinha uma cama de casal e uma cama de solteiro, um baú, um armário e um criado-mudo ao lado de cada uma das camas. Não era nada muito chique, mas era confortável para que ficassem ali — o primeiro ponto que deveriam cuidar era de colocar Kai na cama para que ele pudesse descansar a ferida e o seu corpo. O ferreiro não demorou para a dormir assim que sua cabeça encostou no travesseiro, estando caído quando Tim subiu para lhes trazer a comida. "Eu fui dar uma olhada na forja do velho Mamorimaru", ele disse para Koda enquanto ajudava eles a se servirem. "mas estava tudo fechado, ele tem estado assim tem umas semanas, acho que deve estar de luto pelo aprendiz...", olhou para Kai e, se não requisitassem mais nada dele, se retirou do quarto logo em seguida.

A manhã do dia seguinte havia começado com um som cinza escondido por nuvens e uma brisa que deixa o clima mais ameno, na taverna, Doncy e Koda foram os primeiros a acordar com Tim abrindo a porta para lhes servir um café da manhã junto do Sr. Montygomery. O velho sorriu para eles, como um pai orgulhoso vendo os filhos, mas ficou um pouco triste ao olhar o jovem Kai lentamente acordando com o barulho. "Aquela ferida é recente...", suspirou. "Pobre garoto.", olhou para os outros dois em seguida. "Qual o plano daqui, garotos? Precisam de algo?", parecia que a vinda deles havia mudado o taverneiro também, a sua insegurança que ele havia deixado passar quando enfrentaram Buccelari tinha desaparecido quase inteiramente dando espaço para uma nova confiança.

Longe dali, no Porto das Rochas, Ragadash, Arial, Arak, Hana e Maxhio dividiam um café da manhã e os planos para o futuro igualmente. O lobo não demonstrava que iria deixar de perder tempo de qualquer forma, iria seguir dali para a cidade de Ouame junto de Arial e Arak. Uma vez que tinham se alimentado e estavam com as suas coisas em mãos, já era hora de partir novamente, Maxhio despediu-se de maneira mais breve dessa vez enquanto Hana colocou um chapéu de palha e seguiu junto deles. "Assim que tivermos a chance, vamos ter de falar com Tamashii novamente, ele deve saber alguma coisa.", o que ela falou foi estranho para eles, o Leão havia morrido protegendo Kai daquele marinheiro... Mas Hana não parecia saber disso, não ainda pelo menos. "Em que parte de Ouame fica essa marcação do mapa, tritão?", a última palavra saiu um pouco agressiva, mas o olhar dela dizia exatamente o contrário, trazendo curiosidade — talvez a espadachim fosse só difícil de socializar-se.

Do lado de fora, eles encontravam a brisa refrisou um pouco do tempo, atravessaram a pequena costa rochosa que o Porto se escondia e começaram a atravessar as floresta de Ouame com Ragadash como o guia, seria a primeira vez em algum tempo que eles iriam voltar para a cidade da ilha (ou a primeira vez, no caso de Arial). Mas, todos eles sabiam que o caminho não seria curto.


@VictorZechs @Thalisontrm @Kaimon @Cukito @Berenaldojr @Nelseta
mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (4) 1 2 3 ... Last »
responder
novo tópico
fazer enquete