Santuário RPG
versão 8.1

Pages: (2) 1 2  ( Go to first unread post )
responder
novo tópico
fazer enquete

 Do not unsheath it without reason
winthor
 Posted: May 22 2018, 04:37 PM
citar


winthor




N/A



148 posts

Ficha

winthor is Offline

Estagiário




Devido as circunstâncias o pequeno empecilho foi resolvido e apesar de ter chegado no momento que as inscrições foram encerradas ele conseguiu entrar no tornou, de um modo um tanto quanto inusitado, mas o que vale é o resultado não é mesmo?

No meio de toda euforia Ryuu não percebeu uma coisa. Se progredisse na competição poderia ter a sorte ou o azar de enfrentar seu irmão. Como ele reagiria quando isso acontecesse? O que poderia acontecer nesse trajeto? O futuro é uma coisa incerta e ninguém poderia responder essas questões até que acontecessem.

[Irmão] -Yo, nii-san, que alegria te ver aqui, obrigado por ter me salvado. Disse o rapaz enquanto eles pulavam de alegria. O juiz pediu para que eles se retirassem do “ringue” para que a competição prosseguisse. A dupla ainda ouvia xingamentos quando desceu, parece que o desclassificado tinha uma torcida grande.

[Irmão] -Nii-san, nem acredito que nos dois estamos no torneio. Desculpe não ter te chamado antes, é que não tive tempo e você sabe que não perco uma oportunidade de uma boa “briga”. Dizia o mais velho se justificando.

A outra “luta” já havia começado, mas os irmãos pareciam não estarem interessados em assisti-la. [Irmão] -Ouvi dizer que o prêmio será gigantesco. Agora com você participando nos temos duas chances de ficarmos ricos. Falava empolgado. [Irmão] -Nem sei como vou gastar se ganhar, haha.

Eles conversavam distraídos, quando chegou um rapaz alto e mal encarado próximo a eles. [???] -Ofereço B$ 100.000 para cada, se abandonarem a próxima luta. Disse meio sussurrando, somente os dois escutaram. Parecia ser um daqueles apostadores que fazem de tudo para ter o resultado esperado.

O que você faz?



@Goblin
mp
^
Goblin
 Posted: Today at 12:03 am
citar


Goblin




Aventureiro



21 posts

Ficha

Goblin is Online

Aventureiro




Do not unsheath it without reason
Do not wield it without valor
Ryuu agora estava oficialmente dentro do torneio, mas sua mente não estava nem um pouco interessada nas consequências disso. Jovem e inexperiente, ele só se importava em participar e ganhar o máximo de batalhas possível, sem grandes preocupações. Em meio às comemorações e a barulhada do público, ele finalmente pôde conversar com seu irmão. –Yo, nii-san, que alegria te ver aqui, obrigado por ter me salvado.

–Ei, Koi, não foi nada, mano. O que seria de você sem mim, né não? – Respondeu brincalhão, rindo, e dando um tapinha no ombro de seu irmão, ainda no clima de vitória.

Enquanto desciam do ringue a pedido do juiz, os irmãos ouviram muitas vaias e xingamentos. “Aparentemente o trapaceiro é famoso”, pensou Ryuu enquanto os ignorava.

Enquanto a próxima luta rolava os irmãos conversaram. –Nii-san, nem acredito que nós dois estamos no torneio. Desculpe não ter te chamado antes, é que não tive tempo e você sabe que não perco uma oportunidade de uma boa “briga”.

–Bem, você poderia ter avisado né, eu não tava nem sabendo sobre esse torneio. Mas tudo bem, agora a gente pode dar uns tapas na cara de todo mundo. – Dizia tudo com um sorriso no rosto, tranquilo e cego para seus problemas.

–Ouvi dizer que o prêmio será gigantesco. Agora com você participando nós temos duas chances de ficarmos ricos.

–Hum, é mesmo? Então é isso aí, a gente vai ganhar isso juntos, se der tudo certo decidiremos quem fica com o primeiro lugar nas finais.

–Nem sei como vou gastar se ganhar, haha.

Ryuu parou para pensar um momento, olhando para o nada e imaginando como gastaria seu dinheiro. –Acho que investiria na forja, talvez em materiais. Não sei também, pra falar a verdade, dahahaha! – Riu ao perceber que ainda não tinha pensado na premiação.

Interrompendo a conversa dos dois, uma figura alta e mal-encarada se aproximou e falou baixo, evitando que outros pudessem ouvir o que dizia. –Ofereço B$ 100.000 para cada, se abandonarem a próxima luta.

Pela diferença de altura, Ryuu o encarou de baixo, com a cabeça inclinada. Seu olhar sério perfurava o fundo dos olhos do grandão. O jovem cuspiu no chão, demonstrando a falta de respeito que tinha pela nova figura.

–Vá se foder. – Cuspiu as palavras, sem mais nem menos, respondendo também em nome de Koi. Não era tão comum que Ryuu desprezasse alguém o suficiente para falar dessa forma. O dinheiro não era nada demais, mas essa não era a questão. Ryuu não considerou nem por um segundo a possibilidade de entregar de bandeja a sua derrota.

OFF: Resolvi finalmente dar um nome pro irmão. Agora seu nome é Koi.
Creditos: Ocelote, eu te amo

mp
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (2) 1 2 
responder
novo tópico
fazer enquete