versão 8.1

Pages: (5) 1 2 3 ... Last » ( Go to first unread post )
fechado
novo tópico
fazer enquete

 Capitulo 4 - A Entrega!
Redenblack D. Ryan
 Posted: Feb 13 2016, 11:40 AM
citar


Redenblack D. Ryan




Subtenente



569 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador




Redenblack D. Ryan
O caminho da Justiça não é algo que você diz percorrer,
Mas sim é algo que você prova a cada dia.
A Verdadeira Justiça é fazer o correto em prol das pessoas e das que mais necessitam!
A entrega!

Dez dias se passaram desde que havíamos chegado em Sagan e tivemos de enfrentar os tritões e bandidos que atacaram a ilha. Aparentemente, acabamos sendo vitoriosos, conseguimos proteger o Kurthanaga-sama e provavelmente a vida devia estar voltando ao normal, ainda mais com a nossa presença, da marinha, na ilha para reassegurar a segurança das pessoas. Pelos menos era isso que eu achava.

Quanto a mim? Bom, estava me sentindo bem melhor e tinha de admitir que aqueles dez dias foram bem uteis para a minha recuperação, tanto física como mental. Não podia deixar nada me abalar e estava determinado a me tornar mais forte não só por mim, mas para garantir a segurança da minha família além de, é claro, fazer luz e vingança sobre o assassinato do meu pai. Até lá, faria de tudo para me manter vivo e de cabeça erguida, procurando me tornar mais forte até mesmo através das derrotas.

Eu passei esses dez dias num completo tédio, prisoneiro do meu próprio quarto. Por ordens medicas, eu não podia sair, nem me esforçar, já que, além de alguns ossos quebrados, estava envenenado por causa de algumas toxinas presentes na língua daquele bestial sapo que me batera. Mas sabem, esse descanso absoluto simplesmente não era para mim! eu estava sempre acostumado á ação, a treinar, ultrapassar meus limites, não a ficar na cama como um doente qualquer. Tentei algumas vezes fugir, sair fora para tomar um pouco de ar fresco e me exercitar um pouco, porém acabava sendo pego e levado de volta para o quarto. até mesmo tiveram de o trancar do lado de fora para se assegurarem que eu descansasse.

Mesmo com o meu quarto sendo apertado e não dar para fazer muita coisa, eu procurava me manter ativo, ora com flexões, ora com abdominais e flexões de pernas. Sabia que minha antiga carga diária não me levaria pra alugar algum, por isso batia meus recordes e aumentava a intensidade deles, até mesmo me desafiando, como fazer flexões sobre uma mão só. Mas é claro que não me limitava apenas a me exercitar para não deixar o corpo amolecer. Nos momentos de descanso eu devorava todos os livros que eu tinha no quarto e que lia e aqueles dez dias foram mais que suficiente para acabar de ler todos. Eram livros em parte sobre meus estudos históricos mais voltados para a arqueologia, algo que me fascinava bastante. Também não podia deixar de ler livros táticos, como a "Arte da Guerra".

Durante a minha reclusão as únicas pessoas que vi eram Fargo, que vinha para verificar minhas condições, trocar as ataduras e me dar alguns sermões quando me flagrava treinando; e o encarregado para me trazer comida. Foi deles que soube que provavelmente iriamos entregar o nobre em breve, mas nenhuma informação concreta em si.

Acontece que, no final dos dez dias, a porta do meu quarto finalmente fora destrancada e fui avisado que Meg convocava minha presença no convés. Rapidamente, vesti meu gi de combate azul, minha faixa e pulseiras vermelhas assim como minhas botas e pulei fora do meu quarto, com os braços erguidos para o céu e gritando de forma alta, audível, a plenos pulmões, expressando a alegria que eu sentia no peito.


[Ryan] - FINALMENTE SOU LIVREEEEE!!!!! -

Por alguns instantes fiquei ali, apreciando os raios solares que batiam no meu corpo, a brisa suave que soprava e inspirando profundamente o ar ao meu redor. Céus, como eu tinha saudades disso! Agora sabia bem como os presos se sentiam! Colocando as mãos atrás da nuca e assoviando uma musiquinha bem animada, eu me encaminhava de forma calma e sem pressa para o convés.

Coded by Lint Roller of RPG-Directory.com


Estilo Avançado: Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) (2 PE)
Numa tentativa falha de aprender o "Punho do Dragão", o estilo de seu falecido pai, Ryan acabou criando um outro estilo de combate. Esse estilo comporta em movimentos, acrobacias e passos rápidos, tentando imitar a velocidade e a ferocidade de um lobo em seus golpes; o movimento das mãos e a posição dos dedos imitam as garras e a mordida de um lobo. É possível notar como que a aura de um lobo por detrás do Ryan quando adota esse estilo de combate. (Requisitos: Lutador de Rua/ Acrobata)
Bônus: +4 NA

Lutador de Rua (1 PE): O personagem sabe lutar com socos e pontapés, sem precisar seguir um estilo de marte marcial predefinido. Pode combinar este talento com uma série de outros para ampliar suas capacidades (ex: acrobacias, Haki, Akuma no Mi, estilos avançados). Caso equipe alguma arma, ainda pode combinar com chutes, cotovelas, agarrões etc.

Historiador (2 PE): Muitas vezes, tudo que você precisa é conhecimento. O historiador não desempenha nenhuma função fundamental ao bando, como o médico ou navegador. No entanto, é sempre aquele quem está por dentro dos rumores, quem entende da cultura local e dos eventos do mundo.

Arqueólogo (1 PE): Conhecimento dos povos antigos a partir da análise de vestígios materiais. Inclui o conhecimento da existência dos povos antigos, sua cultura, lendas etc.

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Determinação x 8 (8 PE): Capacidade de efetivar seus objetivos, inspirar outras pessoas pelo seu desejo mais profundo e realizar feitos inimagináveis. Esta vantagem pode ser adquirida diversas vezes, quanto mais pontos forem investidos, mais determinado o personagem se torna e o sonho do Haki fica cada vez mais próximo.

Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Perceptivo (1 PE): Não possui exatamente a apuração em um sentido físico, mas sim em sua capacidade de percepção. Consegue notar armadilhas e perceber emboscadas mais facilmente, além de estar sempre ligado para um possível ataque surpresa.

• Rastreador (1 PE): Identifica com facilidade sinais de pegadas e de outros sinais de passagem, seja de animais ou humanos, identificando as trilhas que foram tomadas por seu alvo.

• Recuperação Espantosa (2 PE): O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para ferimentos ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).

Resoluto (1 PE): O personagem é incansável, capaz de passar dias inteiros sem dormir ou se exercitar por horas sem mostrar exaustão. Após um longo período acordado, a pessoa dorme dias inteiros sem intervalo, sendo inútil qualquer tentativa de acordá-lo.

--------------------


mp
^
Tanaka
 Posted: Feb 15 2016, 11:41 PM
citar


Tanaka




PIRATA



225 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Pirata




Capitulo 4 - A Entrega!



Dez dias haviam se passado, Margot ficou o tempo todo em seu quarto para recuperar-se dos ferimentos sofridos, as vezes era visitada por alguns marinheiros que preocupados perguntavam a respeito da saúde da marinheira e traziam todos os tipos de coisas pra ela, desde flores a comida, também serviam a ela de outras formas como fazendo massagens e ajudando na limpeza, tudo muito apreciado pela marinheira que claro adorava ser paparicada e toda aquela atenção que recebia.

Ela encara os dias de descanso como pequenas férias, como não podia sair do quarto por ordens medicas passava o tempo lendo o que os marinheiros traziam para ela, o que achou mais interessante foi um livro a respeito das Akumas no mi, as famosas frutas do diabo, fazer pessoas normais ganharem esse tipo de poder deixou Margot bastante interessada, talvez um dia ela possa ter uma dessas frutas em mãos.

Quando os livros acabaram ela começou a aprimorar suas habilidades na leitura de mapas e ate desenhava alguns para passar o tempo e aprimorar suas habilidades.

Durante todo o tempo que ficou reclusa não teve contado nem com Meg nem com Medaka, ela não se sente incomodada por isso, talvez as duas estivessem muito ocupadas e Medaka poderia ate mesmo estar na mesma situação que ela portando ela não esquenta a cabeça, só aproveita os dias que teve para si porque não sabia quando teria outra folga dessas.

Quando os dias acabaram e finalmente pode sair do quarto Margot vai até o convés onde aprecia o sol de Sagan dando uma boa espreguiçada, ela toma seu posto como navegadora imaginando que logo logo deixariam a ilha para em fim entregar o nobre a seu destino se livrando daquela pessoa insuportável.




Vantagens:

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Interrogador (1PE): Não importa o método... tortura, intimidação, enganação, pedindo por favor... o importante é: você consegue extrair informações. Algumas pessoas dão trabalho, outras são mais fáceis, mas você sempre acaba sabendo o que quer.

• Lábia (1 PE): Você mente e as pessoas acreditam. Capaz de convencer os demais de que o céu é de outra cor, apenas contando uma história. Mas tome cuidado com o bom-senso, nem todas as pessoas são idiotas!

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Líder (1 PE): Não importa o método usado: intimidação ou carisma, o fato é: você indiscutivelmente é o chefe. Você dá as ordens e é obedecido, sendo que é uma qualidade indispensável para um capitão de tripulação.

• Mercador (1 PE): Você entende de preços e barganhas. Consegue negociar com facilidade, muitas vezes conseguindo comprar algo por um preço mais baixo ou vender por um valor maior.
mp
^
Sorata
 Posted: Feb 24 2016, 09:50 AM
citar


Sorata




N/A



965 posts

Ficha

Sorata is Offline

Narrador




A entrega - 01
Fim dos dez dias de descanso

Ryan e Margot eram convocados para o convés, chegando quase que simultaneamente ao lugar. Enquanto Margot mantinha-se calada e queria apenas tomar o leme de volta, Ryan dava um grito de satisfação ao finalmente ser libertado de sua simulação de cárcere privado. Mas assim que observavam seus arredores ambos percebiam duas coisas: Primeiro que estavam em alto-mar, e caso tentassem procurar não encontrariam a silhueta de Sagan em qualquer lugar. Isso talvez os faria pensar a quanto tempo teriam saído da ilha.

A segunda coisa era que o convés estava praticamente vazio. Haviam apenas Adon controlando o leme e Meg escorada no mastro principal, aparentemente esperando os dois. Assim que via os dois a 2º Tenente acenava com a cabeça para que ambos se aproximassem, e assim que o faziam ela mesma dava dois passos para frente, um sorriso em seu rosto: Espero que tenham conseguido descansar bastante! Infelizmente tivemos de deixar os mais feridos nessa situação de isolamento porque sabíamos que tentariam sair e fazer as coisas, e não queríamos arriscar a recuperação de vocês...

Ela falava com calma, e ambos podiam perceber que sua fala estava voltada praticamente para Ryan, já que por conta de toda a adoração dos demais marinheiros não faltou distrações para Margot durante os últimos dias. - Bem, de qualquer forma hoje todos voltaram ao trabalho! Pra ter certeza de que estão todos bem e não enferrujados Medaka sugeriu que eu fizesse um treinamento com alguns de vocês! - Ela falava animada levando as duas mãos à cintura enquanto seu sorriso apenas aumentava. Estava tão animada com a ideia quanto parecia.

Então vamos lá! Vocês tem cerca de dois minutos para tentarem me ferir! Se conseguirem vão ter três dias para fazerem o que quiserem, trabalharem onde quiserem e serem o terceiro em comando aqui no navio. Se não conseguirem, bem... a gente pode falar da punição mais tarde. Não quero deixá-los nervosos antes da luta! - Ela então deixava os dois braços soltos ao lado do corpo, mas não sacava seu escudo ou sua espada. Apesar disso, Ryan ou Margot não conseguiam encontrar qualquer brecha óbvia em Meg. - E o treinamento começa... agora!



OFF:

Simbora galera \o/
mp
^
Tanaka
 Posted: Feb 24 2016, 09:17 PM
citar


Tanaka




PIRATA



225 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Pirata




Capitulo 4 - A Entrega!



Assim que chega ao convés a marinheira percebe que já estava em alto mar e não havia nenhum sinal de Sagan levando a crer que já haviam saído da ilha já havia algum tempo, assim que Meg avistava Margot e Ryan, que chegam juntos, ela os chama imediatamente.

[Meg]-Espero que tenham conseguido descansar bastante! Infelizmente tivemos de deixar os mais feridos nessa situação de isolamento porque sabíamos que tentariam sair e fazer as coisas, e não queríamos arriscar a recuperação de vocês...

- O que andou aprontando Ryan? Você foi um menino levado?.- Pergunta Margot com um sorriso no rosto em tom de ironia. - Eu achei a licença medica maravilhosa, estava precisando de uma pausa.- A marinheira da uma boa espreguiçada então olhava para Meg.

[Meg]- Bem, de qualquer forma hoje todos voltaram ao trabalho! Pra ter certeza de que estão todos bem e não enferrujados Medaka sugeriu que eu fizesse um treinamento com alguns de vocês!

- Ela sugeriu é? E onde está ela? Ela me prometeu uma coisa- Pergunta a marinheira enquanto olhava em volta, depois volta seu olhar para Meg que parecia bastante animada com a ideia do treinamento.

[Meg]- Então vamos lá! Vocês tem cerca de dois minutos para tentarem me ferir! Se conseguirem vão ter três dias para fazerem o que quiserem, trabalharem onde quiserem e serem o terceiro em comando aqui no navio. Se não conseguirem, bem... a gente pode falar da punição mais tarde. Não quero deixá-los nervosos antes da luta! -

- Claro uma promoção é sempre bem vinda, assim como o dinheiro que vem junto.-

Meg então ficava parada diante dos dois marinheiros e não sacava nenhuma arma, apenas esperava pela movimentação de ambos, Margot abre um sorriso ainda maior e segura firmemente sua katana enquanto encarava sua superior.

- Dessa vez não vamos fazer como no homem sapo, vamos ter que lutar juntos para conseguir então apesar do que sente em relação a mim vamos deixar isso de lado um pouco, então vamos andar na sombra um do outro.- Apesar de estar olhando para Meg as palavras são para Ryan, Margot falava com calma e serenidade, algo para deixar o companheiro mais confortável com a ideia de lutar lado a lado.

- Depois de acertar você qual será o cargo? Sargento? Ou será Subtenente? sinceramente gostaria do cargo de guarda da marinha, acho que já mereço essa promoção a algum tempo, mas se tenho que fazer você sangrar para pega-la, então que seja.- Margot parecia bastante determinada, mesmo com o sorriso e o tom irônico de suas palavras podia-se perceber facilmente que ela iria com tudo contra Meg, usando seu estilo de luta ela avança contra a tenente, usa seu poder de leitura e procura lugares mais fáceis de acertar, o primeiro corte visando o peito e o segundo o estomago da 2º tenente, dois cortes rápidos com o embainhar e desembainhar da katana sendo praticamente imperceptíveis.

Mas Margot não ataca simplesmente, ela ataca de uma forma que seu posicionamento atrapalhasse a visão que a tenente tivesse de Ryan, usando seu corpo para tentar abrir uma brecha para o ataque do lutador, uma pequena estrategia feita as pressas para tentar surpreender a oficial. Conhecendo a força de Meg não era uma luta onde eles conseguiriam agir por conta própria e vencer, teriam que juntar forças para conseguir seu objetivo, e Margot sentia que talvez esse fosse o objetivo dela com isso, não simplesmente testar suas forças mas sim juntar os dois.




Vantagens:

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Interrogador (1PE): Não importa o método... tortura, intimidação, enganação, pedindo por favor... o importante é: você consegue extrair informações. Algumas pessoas dão trabalho, outras são mais fáceis, mas você sempre acaba sabendo o que quer.

• Lábia (1 PE): Você mente e as pessoas acreditam. Capaz de convencer os demais de que o céu é de outra cor, apenas contando uma história. Mas tome cuidado com o bom-senso, nem todas as pessoas são idiotas!

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Líder (1 PE): Não importa o método usado: intimidação ou carisma, o fato é: você indiscutivelmente é o chefe. Você dá as ordens e é obedecido, sendo que é uma qualidade indispensável para um capitão de tripulação.

• Mercador (1 PE): Você entende de preços e barganhas. Consegue negociar com facilidade, muitas vezes conseguindo comprar algo por um preço mais baixo ou vender por um valor maior.

This post has been edited by Tanaka: Feb 24 2016, 09:21 PM
mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Feb 25 2016, 10:01 PM
citar


Redenblack D. Ryan




Subtenente



569 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador




Redenblack D. Ryan
O caminho da Justiça não é algo que você diz percorrer,
Mas sim é algo que você prova a cada dia.
A Verdadeira Justiça é fazer o correto em prol das pessoas e das que mais necessitam!
A entrega!

Talvez tivesse sido pela empolgação por finalmente estar ao ar livre após tantos "séculos" de reclusão, mas foi só após ter caminhado um pouco e que me dei conta de que estávamos em alto mar.


[Ryan] - Ué! Cadê Sagan? -

Exclamei surpreso. Coloquei minha mão direita acima dos meus olhos, como uma viseira para os proteger do sol, e olhava para um lado e outro do horizonte, procurando pela figura ou até mesmo a sombra da ilha, mas se nada adiantou. Sabia que iríamos entregar o nobre para o seu navio, porém pensava que reles iriam ter connosco em Sagan, não que nos iríamos até ele. A sério, desde quando que saímos da ilha?

Ao chegar no convés, vi que ao mesmo tempo também Margot-san chegava ao local, provavelmente ela a bem tinha sido convocada. Ao ver a marinheira, a imagem da cabeça da sereia por ela derrotada e decapitada, assim como exibida como troféu, ainda estava viva na minha mente, algo que eu não me agradava e nem tolerava. Porém, ao mesmo tempo, pelo que eu lembrei do combate contra o homem sapo, se não fosse por ela talvez eu não estaria ali naquele momento é faria parte do número das baixas. Engolindo a saliva e o meu próprio orgulho, me aproximei da marinheira de cabelos azulados, outrora denominada de peitudona por um dos nossos adversários, e inclinei meu busto, assim como mantinha meu rosto voltado para o chão.


[Ryan] - Obrigado, Margot-san, por ter-me salvo! -

Mesmo que isso me custasse um pouco, se não fosse por ela eu não teria tido uma segunda chance de me tornar mas forte, além de poder rever minha família e minha noiva.

Após disso, ao adentrar no convés, notei que este estava completamente vazio, salvo por Adon-san que manobrava o leme e ao qual eu acabei com a minha mão e um largo sorriso; e Meg que estava à nossa espera e se desencostou do mastro principal, indo ao nosso encontro. Isso só significava que apenas eu e Margot-san fomos convocados. Mas por qual motivo?


Pela fala de Meg, eu podia entender que também Margot-san esteve isolada em seu quarto por causa dos ferimentos, porém não me era difícil perceber que o restante da fala era endereçada pra mim, pois dei bastante trabalho por causa das minhas fugas e tentativas de contar-me. Eu coçava a minha nuca com a minha face mostrando claramente que eu estava constrangido pelos transtornos que causei e até dei uma pequena risada meio sem graça apenas para aliviar a coisa.

Já, a segunda parte do discurso dela chamava completamente a minha atenção e me deixava com um largo sorriso animado como a que a própria segunda tenente demostrava. Até que enfim falava à minha língua? Após de todo aquele tempo de moleza (apesar que eu o devorei a manter meu corpo e mente treinados), finalmente podia sentir o prazer de uma luta e desenferrujar meus ossos e meu corpo. Fracamente, naqueles dias até que pensei que não tinha mais vida e estava numa sorta de outro mundo.

Tínhamos dois minutos como tempo limite para causar algum dano nela e, caso fossemos sucedidos, por três dias podíamos fazer o que quiséssemos, além de sermos o terceiro no comando. Sendo sincero, o último não me atraia, eu não gostava de coisas como liderar o dar ordens, não fazia meu estilo, nem meu feito estar acima dos outros, porém a ideia de fazer o que eu quisesse, isso já era outra coisa. Já me imaginava passando aqueles dias sem ter de faze trabalho algum, apenas treinando, melhorando meu corpo e estilo de luta, além de ficar comendo do bom e do melhor. Ah, aquele sim que era vida, que era o paraíso? Também seria bom, entre um treino e outro ficar sentado no convés, com as costas apoiadas a um mastro, lendo um bom livro enquanto apreciava a brisa do mar e o sol, algo que nos últimos dias. Eu nem sequer pensava em qual punição pudesse nos aguardar em caso de derrota. não, por acreditar que não perderíamos, mas simplesmente porque, independente do que fosse, eu a cumpriria!


[Ryan] - É isso ae Meg! Tô pegando fogo! -

Margot-san me propôs para, diferente da luta contra o homem sapo, juntarmos forças.Eu já tinha lutado uma vez contra Meg e sabia que ela era muito forte para eu puder enfrentá-la sozinho. Da ultima vez eramos três (eu, Adon-san e Elena-san) e mesmo assim tivemos dificuldades, mesmo ela não tendo levado a sério. Se ainda tivesse duvidas era só dar uma olhada nela, mesmo não tendo sacado nem sua arma, nem seu escudo, eu não conseguia ver nenhuma abertura nela. Não havia como eu negar tal aliança!

Mas assim que Meg deu inicio ao combate, antes que minha parceira pudesse tomar a iniciativa, eu sinalizava para ela parar e tomava a palavra, lembrando-me de algo que eu tinha esquecido.


[Ryan] - Esperem apenas um pouco! -

Com todo aquele tempo fechado, eu tinha ainda o meu corpo dormente, pesado, apesar dos treinos que fazia, do jeito que podia, no meu quarto. Sendo assim, para poder lutar 100% sem que me sentisse desconfortável ou me pudesse lesionar, precisava fazer um pouco de aquecimento. Sendo assim, corri em linha reta, em diagonal e em volta do convés, fiz também alguns exercícios de alongamento de pernas, braços, sentindo os ossos dos membros e do corpo estalarem. Não tardei para finalmente sentir meu corpo mais leve e em melhores condições, pronto para o combate. Fechando mu semblante e ficando sério, deixando as brincadeiras de lado, me posicionei ao lado de minha aliada e apertei a minha faixa vermelha enquanto encarava para Meg.


[Ryan] - Estou pronto! Vamos nessa! -


Assumi uma das posições do meu estilo Rōgafūfūken. Deixei a minha perna esquerda, levemente flexionada, para frente enquanto que a direita estava mais para trás, dobrada. O braço esquerdo estava dobrado para cima enquanto que o direito, um pouco mais retraído, estava estendido, ambos com as mãos na pose de garras. Ao passo que Margot-san foi contra Meg, eu fui pela direção contrária a ela de modo a atacar o flanco desprotegido da segunda tenete enquanto ela deveria estar ocupada cobrindo o ataque de minha parceira. Desferi um golpe de mão direita aberta em estilo garra contra o flanco dela mas, na verdade, aquilo mais que um ataque era um teste para ver a reação de minha superiora e estudar como se protegeria. O meu verdadeiro ataque era a minha técnica, o "Urufu Harikēn": saltando na direção dela, desci meu pé direito, num chute martelo na cabeça dela, seguido por um soco com o punho direito, um salto para trás, uma voadora e, por fim, desenhando um X no tórax com o movimento de ambas as mãos em posição de garras.

Coded by Lint Roller of RPG-Directory.com


Estilo Avançado: Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) (2 PE)
Numa tentativa falha de aprender o "Punho do Dragão", o estilo de seu falecido pai, Ryan acabou criando um outro estilo de combate. Esse estilo comporta em movimentos, acrobacias e passos rápidos, tentando imitar a velocidade e a ferocidade de um lobo em seus golpes; o movimento das mãos e a posição dos dedos imitam as garras e a mordida de um lobo. É possível notar como que a aura de um lobo por detrás do Ryan quando adota esse estilo de combate. (Requisitos: Lutador de Rua/ Acrobata)
Bônus: +4 NA

Urufu Harikēn (Furacão do Lobo) [0,5 PE]
Descrição: Ryan inicia a técnica saltando na direção do oponente, descendo seu pé direito, em guilhotina, contra dele. Depois, desfere um soco com o punho direito, salta para atrás e volta com uma voadora, finalizando a técnica com ambas as mãos em forma de garras desenhando um X no corpo do adversário.
Nível: Comum
Requisito: Estilo de Combate "Rōgafūfūken"
Bônus: +2 NA
Cooldown: 2 Turnos

Lutador de Rua (1 PE): O personagem sabe lutar com socos e pontapés, sem precisar seguir um estilo de marte marcial predefinido. Pode combinar este talento com uma série de outros para ampliar suas capacidades (ex: acrobacias, Haki, Akuma no Mi, estilos avançados). Caso equipe alguma arma, ainda pode combinar com chutes, cotovelas, agarrões etc.

Historiador (2 PE): Muitas vezes, tudo que você precisa é conhecimento. O historiador não desempenha nenhuma função fundamental ao bando, como o médico ou navegador. No entanto, é sempre aquele quem está por dentro dos rumores, quem entende da cultura local e dos eventos do mundo.

Arqueólogo (1 PE): Conhecimento dos povos antigos a partir da análise de vestígios materiais. Inclui o conhecimento da existência dos povos antigos, sua cultura, lendas etc.

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Determinação x 8 (8 PE): Capacidade de efetivar seus objetivos, inspirar outras pessoas pelo seu desejo mais profundo e realizar feitos inimagináveis. Esta vantagem pode ser adquirida diversas vezes, quanto mais pontos forem investidos, mais determinado o personagem se torna e o sonho do Haki fica cada vez mais próximo.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Perceptivo (1 PE): Não possui exatamente a apuração em um sentido físico, mas sim em sua capacidade de percepção. Consegue notar armadilhas e perceber emboscadas mais facilmente, além de estar sempre ligado para um possível ataque surpresa.

• Rastreador (1 PE): Identifica com facilidade sinais de pegadas e de outros sinais de passagem, seja de animais ou humanos, identificando as trilhas que foram tomadas por seu alvo.

• Recuperação Espantosa (2 PE): O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para ferimentos ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).

Resoluto (1 PE): O personagem é incansável, capaz de passar dias inteiros sem dormir ou se exercitar por horas sem mostrar exaustão. Após um longo período acordado, a pessoa dorme dias inteiros sem intervalo, sendo inútil qualquer tentativa de acordá-lo.
mp
^
Sorata
 Posted: Feb 28 2016, 07:48 PM
citar


Sorata




N/A



965 posts

Ficha

Sorata is Offline

Narrador




A entrega - 02
Os primeiros instantes do combate

Margot estava prestes a avançar contra Meg quando Ryan a segurou pelo ombro, pedindo alguns minutos. O artista marcial começava então um breve aquecimento para esquentar o corpo, e enquanto Margot o esperava, Meg cruzava os braços enquanto dava algumas risadas.

Incrível como certas pessoas não prestam atenção nos detalhes... - Comentava com calma, e assim que Ryan terminava o aquecimento e apertava sua faixa, Meg voltou a colocar-se na mesma "posição de combate" de antes. - Eu poderia descontar esses quarenta segundos do tempo, mas quero ser totalmente justa com vocês, então me surpreendam pra compensar!

Margot era a primeira a avançar, enquanto que Ryan tentava flanquear Meg aproveitando-se de alguma possível brecha. O primeiro ataque de Margot era bloqueado com facilidade pelo antebraço de Meg, que por trajar sua armadura alaranjada não sentiu nada do golpe. Já no segundo movimento Meg jogou o tronco para trás, esquivando-se do golpe por alguns centímetros (embora essa parte tenha parecido proposital) e então voltando sua atenção para Ryan, que já começava atacando com sua mão em garra. A segunda tenente bloqueava com o antebraço direito, o mesmo que tinha usado para bloquear o ataque de Margot. E assim como no ataque de sua aliada, Ryan não conseguia nem mexer o braço de Meg.

Mas a maior surpresa ainda estava por vir: Enquanto desferia seu "Urufu Harikēn", o artista marcial (bem como sua aliada) percebia que Meg usou seu antebraço direito para bloquear todos os golpes, do chute martelo ao golpe com os braços cruzados em "x". Quando o combo terminava Meg mantinha seu sorriso terno e falava num tom que apenas Ryan conseguia ouvir: - Você melhorou! - Ela movia lentamente o braço direito e antes que Ryan pudesse reagir, desferia um soco de mão aberta contra a boca do estômago do mesmo. O golpe não causava muito dano e mais parecia ter sido desferido para empurrar Ryan para trás, fazendo-o se chocar com Margot e fazendo os dois caírem no chão.

Levantem. Vocês ainda tem um minuto e quarenta e três segundos. - Ela mantinha a calma e a simpatia na fala. Os dois marinheiros percebiam duas coisas naquele momento: A primeira era que Meg não era uma artista marcial, pois seu golpe não conteve qualquer técnica e tinha sido desferido de forma bruta e simples, mais como um "super-empurrão" do que um golpe de artes marciais. A segunda era que a segunda tenente não tinha sequer saído do lugar e só tinha usado um braço até aquele momento.

Como fariam para tentar mudar o ritmo do combate?



OFF:

Tanaka, tenta ser o mais específico possível na descrição do seu ataque. Se foi um corte na diagonal, na horizontal, etc...

Ah, eu não usei dados e etc porque o nível dos atributos são discrepantes demais pra usar aquilo. Nesse combate vou usar a interpretação, que é onde vocês vão ter mais chances de conseguirem acertar ela x)

QUOTE
Status:
Ryan: 100% -5 = 95%

Margot: 100% -3% = 97%
mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Mar 3 2016, 12:28 PM
citar


Redenblack D. Ryan




Subtenente



569 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador




Redenblack D. Ryan
O caminho da Justiça não é algo que você diz percorrer,
Mas sim é algo que você prova a cada dia.
A Verdadeira Justiça é fazer o correto em prol das pessoas e das que mais necessitam!
A entrega!


[Ryan] - Eu sabia que não descontaria, afinal seria injusto. Com certeza, após de todo esse tempo de inércia, você não vai querer que nos lesionamos por não termos aquecidos e os músculos estarem relaxados, pois não? -

Eu dizia com um sorriso sarcástico enquanto atacava. Meg parecia não ter problema em evitar ou bloquear os nossos ataques. Vi o meu soco de mão aberta, assim como cada movimentos do meu "Urufu Harikēn" sendo defendidos apenas pelo antebraço direito da segunda tenente. Isso poderia até me desanimar um pouco, tal como a última vez não consegui acertar um golpe nela, o que significaria que eu não estava mais forte desde que entrei na Marinha. Porém, o sorriso e as palavras sussurradas por Meg me animaram, já que ela reconhecia a minha melhoria.

Mas, em poucos segundos, acabei sendo acertado na boca do estômago, sem ter nenhum a chance de reação ou esquivar. O golpe assim não forte ao ponto de me fazer perder o ar, porém era suficiente para me arremessar contra Margot, nos forçando a cair no chão, um encima do outro.

Eu sentia que minha cabeça e minha mão direita estavam sobre algo extremamente fofo e macio. Apalpei um pouco enquanto me levantava e, acabei notando de que era um dos volumosos seios de Margot-san! Imediatamente, minha cara se tornou do tom mais vermelho possível, parecendo que nem um tomate. Corando, envergonhado e balbuciando, várias vezes inclinei o busto para ela, com as mãos juntas, pedindo e implorando perdão pelo acidente. Se Luna acabasse descobrindo isso, eu seria um homem morto!


[Ryan] - P-peço d-d-desculpas, p-p-perdão, m-mil d-d-desculpas, foi um aci-acidente! Juro que n-n-não foi m-minha i-intenção! -

Mas não havia tempo para mais daquilo. Estava claro que Meg continuava sendo "infinitamente" mais forte que nós, apenas a demonstração de sua força bruta e monstruosa, assim de sua destreza e reflexos comprovava isso. Apenas uma olhada para ela era suficiente para entender que não era usuário de artes marciais, afinal sempre carregava consigo uma espada e um escudo, porém, assim como no episódio contra o homem sapo, sua força era algo de certo a temer e que eu admirava. Queria eu um dia ser tão forte assim!

Mas o mais curioso foi o fato de que ela não saiu do lugar ou sequer moveu os pés. Tomava isso mais como um desafio pessoal: se conseguiria fazê-la se mover, dar ao menos um passo, para mim contaria já como uma vitória independente se ganhássemos ou não a aposta. Pois, para mim, significava que estávamos um passo mais próximos de, um dia, derrubá-la!

Já recomposto, novamente sério, centrado e focado no nosso combate, me dirigia para Margot-san, sussurrando em voz baixa para que apenas ela pudesse me ouvir.


[Ryan] - Em compensação ao ato deplorável de antes, vou tentar criar uma abertura pra você. Fique bem atenta e aja de acordo! -

Dito isso, me lancei em direção a Meg, usando a minha agilidade para encurtar a distância que existia entre nós. Enquanto corria, mantinha minhas mãos abertas, em posição de garras, prontas para atacar. Pensando bem, tudo se resumia a uma questão de força! Meg até então usava apenas o seu antebraço direito para bloquear os golpes, com a sua armadura a protegendo. Se eu conseguisse exercer uma força maior, talvez poderia desequilibrá-la ou, na melhor das hipóteses, quebrar a parte da armadura que protegia o antebraço dela, o que tornaria mais fácil poder feri-la. Era algo que valia a pena tentar e, por isso, canalizava nas minhas mãos, toda a minha força

Uma vez próximo de Meg, quando parecia que eu iria atacá-la com um golpe de mão aberta, na verdade eu acabava saltando, rodopiando no ar, para aterrizar atrás da segundo tenente. Assim que meus pés tocassem o chão eu daria um impulso na direção da marinheira, sentindo como uma aura de lobo me envolvendo, desferindo um golpe com ambas as mãos juntas no pulso, parecido com o final da técnica Rōgafūfūken, mas dessa vez com todas as minhas forças concentradas nelas. Eu chamaria essa nova técnica de...


[Ryan] - Rōgafūfūken Sen (Punho Presas do Lobo Fulminante)!!! -

Eu mirava para as costas de Meg mas contava que ela se defenderia como antes, usando o antebraço direito. Pelo menos, se tentasse outra forma de defender, esperava que meu ataque abrisse ao menos uma brecha na armadura dela. Mas minha ofensiva não se limitava apenas á aquilo, logo a seguir eu me agachava, colocando as mãos no chão para me apoiar enquanto girava a minha perna direita num chute rasteira contra a canela esquerda de Meg, de modo a desequilibrá-la e fornecer uma abertura para minha aliada.

Coded by Lint Roller of RPG-Directory.com


Estilo Avançado: Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) (2 PE)
Numa tentativa falha de aprender o "Punho do Dragão", o estilo de seu falecido pai, Ryan acabou criando um outro estilo de combate. Esse estilo comporta em movimentos, acrobacias e passos rápidos, tentando imitar a velocidade e a ferocidade de um lobo em seus golpes; o movimento das mãos e a posição dos dedos imitam as garras e a mordida de um lobo. É possível notar como que a aura de um lobo por detrás do Ryan quando adota esse estilo de combate. (Requisitos: Lutador de Rua/ Acrobata)
Bônus: +4 NA

Rōgafūfūken Sen (Punho Presas do Lobo Fulminante) [0,5 PE]<br>
Descrição: Se lançando na direção do adversário e envolvido pela aura do lobo, concentra suas energias e forças nas mãos abertas que se encontram unidas nos pulsos, numa posição igual ao golpe final da técnica Rōgafūfūken e atinge o seu oponente. <br>
Nível: Comum<br>
Requisito: Estilo de Combate "Rōgafūfūken"<br>
Bônus: +3 NA<br>
Cooldown: 3 Turnos<p>

Lutador de Rua (1 PE): O personagem sabe lutar com socos e pontapés, sem precisar seguir um estilo de marte marcial predefinido. Pode combinar este talento com uma série de outros para ampliar suas capacidades (ex: acrobacias, Haki, Akuma no Mi, estilos avançados). Caso equipe alguma arma, ainda pode combinar com chutes, cotovelas, agarrões etc.

Historiador (2 PE): Muitas vezes, tudo que você precisa é conhecimento. O historiador não desempenha nenhuma função fundamental ao bando, como o médico ou navegador. No entanto, é sempre aquele quem está por dentro dos rumores, quem entende da cultura local e dos eventos do mundo.

Arqueólogo (1 PE): Conhecimento dos povos antigos a partir da análise de vestígios materiais. Inclui o conhecimento da existência dos povos antigos, sua cultura, lendas etc.

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Determinação x 8 (8 PE): Capacidade de efetivar seus objetivos, inspirar outras pessoas pelo seu desejo mais profundo e realizar feitos inimagináveis. Esta vantagem pode ser adquirida diversas vezes, quanto mais pontos forem investidos, mais determinado o personagem se torna e o sonho do Haki fica cada vez mais próximo.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Perceptivo (1 PE): Não possui exatamente a apuração em um sentido físico, mas sim em sua capacidade de percepção. Consegue notar armadilhas e perceber emboscadas mais facilmente, além de estar sempre ligado para um possível ataque surpresa.

• Rastreador (1 PE): Identifica com facilidade sinais de pegadas e de outros sinais de passagem, seja de animais ou humanos, identificando as trilhas que foram tomadas por seu alvo.

• Recuperação Espantosa (2 PE): O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para ferimentos ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).

Resoluto (1 PE): O personagem é incansável, capaz de passar dias inteiros sem dormir ou se exercitar por horas sem mostrar exaustão. Após um longo período acordado, a pessoa dorme dias inteiros sem intervalo, sendo inútil qualquer tentativa de acordá-lo.
mp
^
Tanaka
 Posted: Mar 3 2016, 09:35 PM
citar


Tanaka




PIRATA



225 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Pirata




Capitulo 4 - A Entrega!



Margot inocentemente achou que daria algum trabalho para a oficial mas o primeiro ataque da marinheira e facilmente bloqueado para a frustração da jovem que olha que se espanta com a facilidade que Meg parou seu ataque. O segundo ataque tambem não teve efeito, Meg joga seu corpo para trás e escapa do golpe com facilidade, logo depois disso Ryan atacou e assim como Margot seus ataques não surtiram efeito em Meg e a coisa ainda piorou quando a oficial revidou e jogou Ryan contra Margot derrubando os dois no chão.

Alem das dores do impacto Margot sentia algo mais sobre seu peito e quando olha para ver do que se tratava ela não gosta muito do que vê, Ryan estava com a mão sobre um dos seios da marinheira e ela claramente não gostava daquilo, seu rosto franzia e encarava Ryan que tentava se desculpar.

- Dessa vez passa, mas da próxima vou cortar algo seu que você vai sentir muita falta.-

Ela então se levantava quando Meg dava outro aviso sobre o tempo, Margot percebia que a tenente não tinha muita habilidade em combate que não fosse com suas armas, mas sua força e seus reflexos já eram bastante assustadores, a tarefa não seria nada. Ryan agora estava disposto a se redimir com Margot e tenta criar uma brecha para a marinheira atacar.

Margot então se prepara e observa o movimento de Ryan, assim que observa uma brecha ela ataca, usa a velocidade do seu estilo de luta e vai contra Meg, um saque rápido de sua espada mirando a perna esquerda da oficial, alguma parte que estivesse desprotegida, um corte na horizontal, depois vem o segundo ataque novamente na mesma perna e no mesmo local dessa vez na diagonal.

Com isso ela esperava finalmente acertar a tenente, ela ia com tudo, como se sua vida estivesse dependendo daquele ataque.




Vantagens:

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Interrogador (1PE): Não importa o método... tortura, intimidação, enganação, pedindo por favor... o importante é: você consegue extrair informações. Algumas pessoas dão trabalho, outras são mais fáceis, mas você sempre acaba sabendo o que quer.

• Lábia (1 PE): Você mente e as pessoas acreditam. Capaz de convencer os demais de que o céu é de outra cor, apenas contando uma história. Mas tome cuidado com o bom-senso, nem todas as pessoas são idiotas!

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Líder (1 PE): Não importa o método usado: intimidação ou carisma, o fato é: você indiscutivelmente é o chefe. Você dá as ordens e é obedecido, sendo que é uma qualidade indispensável para um capitão de tripulação.

• Mercador (1 PE): Você entende de preços e barganhas. Consegue negociar com facilidade, muitas vezes conseguindo comprar algo por um preço mais baixo ou vender por um valor maior.
mp
^
Sorata
 Posted: Mar 9 2016, 11:19 AM
citar


Sorata




N/A



965 posts

Ficha

Sorata is Offline

Narrador




A entrega - 03
Começo de algo

Ryan caía por cima de Margot e no processo acabava apalpando sua aliada. E enquanto Ryan ficava sem graça e Margot ameaçava torná-lo eunuco, Meg simplesmente cruzava os braços e ria da situação. - Com uma ameaça dessas, nem vou precisar pensar em puni-lo depois! - Comentava de forma brincalhona. E por um segundo a dupla podia perceber que Meg tinha baixado a guarda, mas tão logo os dois se colocavam de pé a segunda tenente parecia se recompor do acesso de risos.

Decidido a compensar pela apalpada, Ryan anunciava que ele tomaria a dianteira dessa vez. Ele avançava a toda velocidade, parecendo que atacaria Meg diretamente. A segunda tenente ficava parada esperando pelo golpe, ainda de braços cruzados, e por isso se surpreendeu quando Ryan deu um salto por cima de sua cabeça. O que parecia ser uma brecha apareceu, e então Margot avançou.

Os dois ataques eram quase simultâneos, com Ryan tentando atingir as costas de Meg com sua mais nova técnica enquanto que Margot tentava atingi-la na perna. Meg por sua vez descruzava os braços e parecia endurecer o corpo, como se estivesse se preparando para o impacto. Ela conseguia então bloquear o golpe de Ryan com seu escudo (que estava preso nas suas costas) enquanto que girava um pouco sua perna esquerda, apenas o suficiente para que Margot atingisse uma parte coberta pela armadura.

O impacto aconteceu, e para a surpresa dos dois marinheiros Meg não se movia um único centímetro. No entanto a dupla não se abalava e tentava um novo ataque, cada um dessa vez mirando uma perna diferente. Meg por sua vez afastava um pouco as pernas e recebia em cheio o impacto de ambos os golpes novamente, e nada parecia acontecer, aparentemente. - Até que são espertos. Achei que demorariam mais... - Ela comentava com um discreto sorriso no rosto, e antes que qualquer um ali pudesse fazer alguma coisa ela puxava seu escudo das costas e atingia Ryan e Margot com a lateral do mesmo. Ambos os marinheiros conseguiam bloquear o golpe (com dificuldade), mas eram empurrados alguns metros para trás.

Mas ainda falta bastante. Vocês tem um minuto e vinte segundos pra me surpreender. Ataquem como se quisessem me matar. - Anunciava, mantendo o discreto sorriso no rosto enquanto colocava novamente o escudo nas costas. Ela então voltava a cruzar os braços, esperando pelo próximo ataque de seus subordinados...



OFF:

QUOTE
Status:
Ryan: 95%
Três metros a direita de Meg

Margot: 97%
Quatro metros a esquerda de Meg
mp
^
Tanaka
 Posted: Mar 13 2016, 12:30 PM
citar


Tanaka




PIRATA



225 posts

Ficha

Tanaka is Offline

Pirata




Capitulo 4 - A Entrega!



Os golpes dos marinheiros nada causam a Meg, a oficial os anulava com facilidade e isso estava começando a irritar Margot, parecia que não havia maneira de se ferir a oficial, a armadura era espaça e a tenente sabia usa-la, mesmo quando Margot mirava em locais descobertos o tempo de resposta da marinheira era muito bom e assim com pequenos movimentos ela conseguia anular os cortes.

- Eu sinto que falta algo.- Diz Margot para si mesmo mas em voz alta, logo após sofrer o golpe de escudo.

[Meg]-Mas ainda falta bastante. Vocês tem um minuto e vinte segundos pra me surpreender. Ataquem como se quisessem me matar.-

- Isso é fácil.-

Margot já um pouco impaciente da alguns passos a frente segurando sua espada olhando fixamente para Meg, ela usa então seu estilo de luta e desaparece diante dos olhos da tenente e aparece de frente para ela, um saque rápido de sua espada dando um corte na horizontal mirando o pescoço de Meg, um ataque frontal mas que dessa vez carregava toda a determinação da marinheira.

Ela embainha a espada e depois desembainha para o segundo golpe, outro corte na horizontal e mirando novamente o pescoço da tenente, logo depois os ataques Margot procura se afastar para evitar outro contra ataque rápido de Meg.

- Cuidado eu posso acertar um golpe de sorte e acabar lhe machucando seriamente minha querida Meg.- Fala Margot ironicamente.

Os marinheiros tinham pouco tempo para se provar por isso a marinheira tentava apressar as coisas, tentaria sufocar Meg ao máximo para então torcer para que seus golpes tivessem o sucesso que queria.






Vantagens:

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Interrogador (1PE): Não importa o método... tortura, intimidação, enganação, pedindo por favor... o importante é: você consegue extrair informações. Algumas pessoas dão trabalho, outras são mais fáceis, mas você sempre acaba sabendo o que quer.

• Lábia (1 PE): Você mente e as pessoas acreditam. Capaz de convencer os demais de que o céu é de outra cor, apenas contando uma história. Mas tome cuidado com o bom-senso, nem todas as pessoas são idiotas!

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Líder (1 PE): Não importa o método usado: intimidação ou carisma, o fato é: você indiscutivelmente é o chefe. Você dá as ordens e é obedecido, sendo que é uma qualidade indispensável para um capitão de tripulação.

• Mercador (1 PE): Você entende de preços e barganhas. Consegue negociar com facilidade, muitas vezes conseguindo comprar algo por um preço mais baixo ou vender por um valor maior.

This post has been edited by Tanaka: Mar 13 2016, 12:30 PM
mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Mar 14 2016, 08:54 PM
citar


Redenblack D. Ryan




Subtenente



569 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador




Redenblack D. Ryan
O caminho da Justiça não é algo que você diz percorrer,
Mas sim é algo que você prova a cada dia.
A Verdadeira Justiça é fazer o correto em prol das pessoas e das que mais necessitam!
A entrega!

Antes de me lançar ao ataque e tentar criar uma abertura para a minha parceira, não pude deixar de reparar que Meg havia baixado a guarda, rindo da situação embaraçosa e constrangedora da qual fui protagonista. isso me fez pensar, talvez a segundo tenente fosse o tipo de pessoa que não conseguiria aguentar a graça diante de algo engraçado e, se isso fosse verdade, ainda era uma carta que valia a pena ser jogada mais tarde.

Não obstante consegui surpreender Meg com o meu salto e ainda Margot-san conetou o ataque dela com o meu, parecia que ainda não era suficiente! Sem problemas defendeu de ambos os nossos golpes, sendo que o meu mais novo golpe acabou sendo bloqueado pelo escudo nas costas dela e, meso que ambos os nossos segundos golpes acertaram em cheio as pernas dela, não surtiram qualquer efeito por causa da armadura que as revestia. Realmente a luta estava difícil e nem sequer conseguimos fazê-la se mover de algum centímetro.

Em seguida, Meg nos acertava com a lateral do escudo. o movimento fora rápido e quase nem o acompanhei. Por puro instinto, coloquei os braços a frente do corpo a tempo para me defender, mas o impacto era tão forte que me empurrou para atrás, arrastando os pés no chão e procurando manter o equilíbrio e balanço para não cair. Cruzando novamente os braços, ela nos incitava a atacá-la novamente, dessa vez como se tentássemos a matar. Isso era um problema para mim, pois eu não sou do tipo de matar alguém a sangue frio, não gosto disso e nem sequer pensar ou me imaginar fazer isso, além do mais eu não queria matar Meg, não que eu fosse capaz, mas nuca teria tal desejo. No lugar disso, podia tentar me esforçar mais, dar o melhor de mim. Se até agora estava dando o meu 100%, teria de dar 150% ou até 200%.

Margot-san partia na frente, dessa vez sem mais estrategias ou trabalho de equipe. parecia mais que ela pretendia atacar sozinha, provar para Meg e para si mesma que, se fosse para lutar a sério, ela seria capaz de acertá-la ou feri-la. Eu reprovava tal atitude. Até o momento a segundo tenente havia pegado leve conosco e mesmo assim não fomos capaz de sequer fazê-la mover, sem contar de que era capaz de bloquear os nossos golpes. E olha que estávamos lutando e conjunto e dando o nosso melhor. Mesmo que colocasse toda a sua determinação ou força vital em seus golpes, sozinha ou sem um bom plano não conseguiria fazer nada com apenas força bruta ou sede de sangue.

Mesmo assim, respeitaria a vontade dela. Para dizer a verdade, não estava interessado em machucar a Meg ou até mesmo ganhar a aposta. nem sequer ligava para o que fosse o tão temeroso castigo que nos reservava caso falhássemos. Mas havia tomado como missão pessoal, em prol do meu próprio orgulho, fazer mover a nossa superior nem sequer fosse apenas de um centímetro. E para isso, mais do que os músculos, colocaria a minha mente a trabalhar.

Eu respirei fundo, fechei os olhos e me concentrava, procurava limpar a minha mente e prepará-la para o que eu pretendia fazer. Assim que a marinheira de cabelos azulados estava terminando de desferir seu segundo golpe e pronta para recuar, eu já pegava o impulso, encurtando a distância que me separava de Meg. Meus olhos, completamente abertos, estavam frios, apagados, sem aquele brilho que sempre ostentavam, e fitando claramente os olhos de Meg, como se os penetrassem e perscrutassem a sua alma, assim como meu semblante estava completamente fechado e sério, sem aquele sorriso sarcástico que eu tinha enquanto lutava, Terceiros poderiam muito bem compreender que eu estava intencionado a lutar pra valer, lutar pra matar.

Mas quando faltava realmente muito pouco para chegar perto de Meg, eis que minha face se abria e, tal como premeditado, começava a esboçar uma sequencia de caretas ( #1, #2 e #3), uma mais engraçada do que a outra, não tirando os olhos dela. Se minha observação anterior fosse acertada, tal como aconteceu antes, Meg acabaria não resistindo e abaixaria a sua guarda, rindo. E ali estaria a minha chance!

Até aquele momento havia feito uso das minhas técnicas mais fortes do meu repertório, porém ainda faltava uma que, apesar de ser mais fraca de que as anteriores, ainda era minha técnica assinatura: o Rōgafūfūken! Mesmo que por poucos segundos, eu tinha de aproveitar caso Meg abaixasse a guarda e desferiria uma série de punhos, com a mão aberta em forma de garra, bem no tórax dela e finalizando com um golpe com ambas as mãos unidas no pulso, parecido com o Rōgafūfūken Sen de mais cedo, alvejando o abdome. Era claro que eu colocava toda minha força nas minhas mãos pois esperava que meus golpes, mais do que danificar a armadura dela, a fizessem vacilar ou obrigar a recuar de leve. Até mesmo se fosse capaz de empurrá-la já seria bom.


Mas ainda não tinha terminado! Como não poderia usar a mesma estrategia duas vezes de seguida, comecei a correr ao redor de Meg em sentido horário, de uma forma veloz. Sabia que, por mais que eu pudesse correr mais rápido, a marinheira ainda acompanharia meus movimento, mas não era isso minha intenção, queria mesmo que ela se acostumasse a me ver correr naquela direção. Após ter dado cinco voltas ao redor dela, dei uma meia volta no sentido contrário e, de seguida, desferi um golpe, de baixo para cima, com a mão em forma de garras, contra o ombro dela, empurrando o meu corpo contra o dela de modo a desequilibrá-la.


[Ryan] -VAAAAAAIIIII!!!!!! -

Coded by Lint Roller of RPG-Directory.com


Off: Como atualizei a ficha, fiz alguma alterações no que estava em spoiler.

Estilo Avançado: Estilo Avançado: Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) (4 PE)
Numa tentativa falha de aprender o "Punho do Dragão", o estilo de seu falecido pai, Ryan acabou criando um outro estilo de combate. Esse estilo comporta em movimentos, acrobacias e passos rápidos, tentando imitar a velocidade e a ferocidade de um lobo em seus golpes; o movimento das mãos e a posição dos dedos imitam as garras e a mordida de um lobo. É possível notar como que a aura de um lobo por detrás do Ryan quando adota esse estilo de combate. (Requisitos: Lutador de Rua/ Acrobata)
Bônus: +5 Acerto, +2 ND, +1 Dano

Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) [0,5 PE]
Descrição: Trata-se do golpe assinatura que ganhou o nome do próprio estilo. Consiste num a serie rápida de punhos, com as mãos em forma de garras, e finalizar com um golpe de duas mãos unidas nos pulsos, como a mordida de um lobo.
Nível: Tier 1
Requisito: Estilo de Combate "Rōgafūfūken"
Bônus: +1 Dano
Cooldown: 1 Turnos

Lutador de Rua (1 PE): O personagem sabe lutar com socos e pontapés, sem precisar seguir um estilo de marte marcial predefinido. Pode combinar este talento com uma série de outros para ampliar suas capacidades (ex: acrobacias, Haki, Akuma no Mi, estilos avançados). Caso equipe alguma arma, ainda pode combinar com chutes, cotovelas, agarrões etc.

Historiador (2 PE): Muitas vezes, tudo que você precisa é conhecimento. O historiador não desempenha nenhuma função fundamental ao bando, como o médico ou navegador. No entanto, é sempre aquele quem está por dentro dos rumores, quem entende da cultura local e dos eventos do mundo.

Arqueólogo (1 PE): Conhecimento dos povos antigos a partir da análise de vestígios materiais. Inclui o conhecimento da existência dos povos antigos, sua cultura, lendas etc.

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Perceptivo (1 PE): Não possui exatamente a apuração em um sentido físico, mas sim em sua capacidade de percepção. Consegue notar armadilhas e perceber emboscadas mais facilmente, além de estar sempre ligado para um possível ataque surpresa.

• Rastreador (1 PE): Identifica com facilidade sinais de pegadas e de outros sinais de passagem, seja de animais ou humanos, identificando as trilhas que foram tomadas por seu alvo.

• Recuperação Espantosa (2 PE): O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para ferimentos ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).

Resoluto (1 PE): O personagem é incansável, capaz de passar dias inteiros sem dormir ou se exercitar por horas sem mostrar exaustão. Após um longo período acordado, a pessoa dorme dias inteiros sem intervalo, sendo inútil qualquer tentativa de acordá-lo.

This post has been edited by Redenblack D. Ryan: Mar 14 2016, 08:55 PM
mp
^
Sorata
 Posted: Mar 22 2016, 11:50 AM
citar


Sorata




N/A



965 posts

Ficha

Sorata is Offline

Narrador




A entrega - 04
Convocação

Margot era a primeira a atacar, e dessa vez a marinheira era levada totalmente pela frustração de não estar conseguindo atingir seu alvo. Sequer tentava combinar algo com Ryan e apenas avançava, atacando Meg duas vezes visando atingir o pescoço em ambos os ataques. Meg "simplesmente" usava seu antebraço direito e bloqueava os dois ataques com sua armadura, sem qualquer dificuldade. Margot então recuava temendo algum contra-ataque, mas esse nunca veio.

Tsc Tsc. Tente manter a cabeça fria. Se tivéssemos forças parecidas isso teria feito alguma diferença, mas atacar assim sem pensar contra um inimigo claramente mais forte poderia ter custado a sua vida... - A segunda tenente falava com um tom que misturava decepção e preocupação.

Eis então que Ryan atacava. Assim como Margot ele parecia ter a intenção de matar Meg... isso é, até se aproximar o suficiente e começar a fazer suas caretas. A segunda tenente era pega completamente desprevenida por uma tática daquelas e então começava a rir, abrindo uma brecha boa o suficiente para que Ryan a atingisse com sua técnica assinatura. Ela amolecia o corpo e recuava dois centímetros para trás, e foi quando se recuperou, limpando uma lágrima que escorria de seus olhos.

Ótimo trabalho Ryan! Eu... realmente não esperava por essa! Hahahahaha! - Ela ria mais um pouco, animada e tirando totalmente a vontade do marinheiro de tentar seu segundo ataque. Ryan percebia então que tinha conseguido movê-la, embora seus golpes não tivessem causado o menor dano na armadura ou na segunda tenente. Mas ainda assim ele tinha conseguido lhe atingir, e aquele era um enorme progresso.

Puru-puru-puru-puru - Antes que pudessem falar mais alguma coisa, um Den Den Mushi tocava. Meg o pegava de dentro de sua armadura e atendia a ligação. Do outro lado conseguiam escutar a voz de Medaka: - Meg, poderia por favor enviar Ryan e Margot para o meu escritório? Todos os outros marinheiros já estão aqui. Hora de comunicar a eles.

Ok... - Meg falava, e o sorriso em seu rosto desaparecia quase que completamente. Ela olhava para Adon e o chamava com a cabeça, em seguida virando-se para a dupla que estava a sua frente: Bem, Ryan passou no teste e Margot não. Como vocês não vão ter o tempo que os outros tiveram Margot não será punida. Apenas vão até o antigo escritório do Capitão Daichi que Medaka estará lá.

Ela acenava com a mão direita pedindo para eles irem e então dava meia volta, indo em direção ao leme. Algumas dúvidas poderiam surgir naquele momento, mas o agora trio (incluindo Adon) deveriam ir o mais rápido possível até o escritório para receberem as próximas informações...

mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Mar 23 2016, 08:48 PM
citar


Redenblack D. Ryan




Subtenente



569 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador




Redenblack D. Ryan
O caminho da Justiça não é algo que você diz percorrer,
Mas sim é algo que você prova a cada dia.
A Verdadeira Justiça é fazer o correto em prol das pessoas e das que mais necessitam!
A entrega!

O que Meg falava para Margot-san era exatamente o mesmo que passava pela minha cabeça. Deixar as emoções levar a melhor num combate seria o mesmo que assinar a própria sentença de morte. Sem uma estrategia, um plano, atacando sem pensar e carregado pela raiva e frustração apenas deixaria a própria pessoa com varias brechas, o que seria um prato rico para o oponente aproveitar. Era um erro que eu tentava não cometer, mas tinha de admitir que isso era bem difícil e a prova disso fora o acontecido de 10 dias atrás e os surtos que eu tive.

Mas, voltando o nosso foco para o treino com a Meg, eu colocava meu plano em pratica. Não sabia exatamente se fosse eficaz ou não mas valia a pena tentar. Utilizaria qualquer tática (desde que não fosse desleal) para conseguir faze-la mover. Esse era o meu objetivo! Uma vez próximo dela, desfazia minha cara séria e fazia as minha caretas e, assim que vi ela rindo e abaixando a guarda, eu a acertei com o meu Rōgafūfūken no abdome dela. E dessa vez ela não bloqueou.

Ela me parabenizava e foi só então que eu me dei conta e eu... não conseguia acreditar! Minha observação realmente fora acertada, ela realmente baixou a guarda assim como, com o meu golpe, ela recuou, mesmo que por apenas dois centímetros. Eu ficava atônito, de boca aberta, sem palavras. ELA SE MEXEU!!! Eu... tinha conseguido... Não tinha como eu me segurar. Aquela era a minha segunda luta contra a segundo tenente e dessa vez eu consegui obrigá-la a sair de sua posição, consegui movê-la. Um largo sorriso se abria na minha face, ergui os punhos e braços para os céus, comecei a saltar no local e a soltar o meu grito de vitória.


[Ryan] -ELA SE MOVEU! SAIU DO LOCAL! SE MEXEU! EU VI, EU VI, NINGUÉM ME CONTOU! YAHOOOOO! EU CONSEGUI!!!!!! -

Certo, era verdade que eu não causei o minimo dano para ela mas isso pouco me importava. Consegui acertá-la e, de brinde, fazê.la mover tal como eu queria e isso já era o bastante para mim. Não me importava muito com a promoção ou a possibilidade de fazer o que eu quisesse por três dias, apesar que poderia usá-los para treinar ainda mais e até procurar informações sobre a morte do meu pai. No momento, o que me interessava era tal feito e até me sentia mais confiante, definitivamente eu estava bem mais forte de quando eu tinha ingressado na marinha.

Mas os meus festejos foram interrompidos pelo som do Den Den Mushi da Meg tocando. Pelo que pude ouvir, quem estava na linha era Medaka e ela pedia para que eu e Margot-san fossemos até ao escritório dela, onde os demais marinheiros já se encontravam. Porém a feição séria de Meg e as ultimas palavras que foram ditas antes do Den Den Mushi brochar me fizeram parar de ficar na bobeira e ficar um pouco mais sério. "Hora de comunicar a eles..." Comunicar o que? A julgar pela expressão da Meg não devia ser nada de bom.

Enfim, foi ordenado a mim, Margot-san e Adon-san para que fossemos até ao antigo escritório do capitão Daichi. Porquê será que Medaka-san falou que o escritório era dela? será que ela se tornou a nossa nova capitã.

De todo modo eu seguia os meus companheiros, nos dirigindo até ao escritório, porém eu, de braços cruzados, me mantinha pensativo, tentando imaginar o que poderia ser tão sério ao ponto que todos os marinheiros do navio foram convocados. Não conseguindo essa pulga atrás do meu ouvido, decidi questionar o Adon-san.


[Ryan] -Adon-san, você sabe algo sobre o motivo pela qual Medaka-san está nos chamando? -

Uma vez chegados no local eu, de forma educada, bateria á porta, esperando para que ela desse a autorização para entrarmos.

Coded by Lint Roller of RPG-Directory.com



Estilo Avançado: Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) (4 PE)
Numa tentativa falha de aprender o "Punho do Dragão", o estilo de seu falecido pai, Ryan acabou criando um outro estilo de combate. Esse estilo comporta em movimentos, acrobacias e passos rápidos, tentando imitar a velocidade e a ferocidade de um lobo em seus golpes; o movimento das mãos e a posição dos dedos imitam as garras e a mordida de um lobo. É possível notar como que a aura de um lobo por detrás do Ryan quando adota esse estilo de combate. (Requisitos: Lutador de Rua/ Acrobata)
Bônus: +5 Acerto, +2 ND, +1 Dano

Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) [0,5 PE]
Descrição: Trata-se do golpe assinatura que ganhou o nome do próprio estilo. Consiste num a serie rápida de punhos, com as mãos em forma de garras, e finalizar com um golpe de duas mãos unidas nos pulsos, como a mordida de um lobo.
Nível: Tier 1
Requisito: Estilo de Combate "Rōgafūfūken"
Bônus: +1 Dano
Cooldown: 1 Turnos

Lutador de Rua (1 PE): O personagem sabe lutar com socos e pontapés, sem precisar seguir um estilo de marte marcial predefinido. Pode combinar este talento com uma série de outros para ampliar suas capacidades (ex: acrobacias, Haki, Akuma no Mi, estilos avançados). Caso equipe alguma arma, ainda pode combinar com chutes, cotovelas, agarrões etc.

Historiador (2 PE): Muitas vezes, tudo que você precisa é conhecimento. O historiador não desempenha nenhuma função fundamental ao bando, como o médico ou navegador. No entanto, é sempre aquele quem está por dentro dos rumores, quem entende da cultura local e dos eventos do mundo.

Arqueólogo (1 PE): Conhecimento dos povos antigos a partir da análise de vestígios materiais. Inclui o conhecimento da existência dos povos antigos, sua cultura, lendas etc.

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Perceptivo (1 PE): Não possui exatamente a apuração em um sentido físico, mas sim em sua capacidade de percepção. Consegue notar armadilhas e perceber emboscadas mais facilmente, além de estar sempre ligado para um possível ataque surpresa.

• Rastreador (1 PE): Identifica com facilidade sinais de pegadas e de outros sinais de passagem, seja de animais ou humanos, identificando as trilhas que foram tomadas por seu alvo.

• Recuperação Espantosa (2 PE): O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para ferimentos ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).

Resoluto (1 PE): O personagem é incansável, capaz de passar dias inteiros sem dormir ou se exercitar por horas sem mostrar exaustão. Após um longo período acordado, a pessoa dorme dias inteiros sem intervalo, sendo inútil qualquer tentativa de acordá-lo.
mp
^
Sorata
 Posted: Mar 28 2016, 11:17 AM
citar


Sorata




N/A



965 posts

Ficha

Sorata is Offline

Narrador




A entrega - 05
A verdade sobre Medaka

Após uma exagerada (porém merecida) comemoração por ter conseguido mover Meg, Ryan logo se recompunha ao ver a expressão da segunda tenente ao falar no Den Den Mushi com Medaka. Ao mesmo tempo, algumas dúvidas surgiram em sua mente sobre os motivos pelos quais a mais nova integrante membro do Esquadrão 55 estaria na sala do falecido capitão Daichi. Ele então lançava essa pergunta para Adon enquanto o trio caminhava para lá.

Ah, você e Margot-chan ficaram presos em seus quartos nesses últimos dias, então não sabem disso... - Adon falava, coçando a cabeça enquanto tentava se lembrar das informações que faltavam aos seus dois companheiros. - Medaka escondia o jogo de todo mundo o tempo todo. Ela na verdade é uma Major da marinha e depois do que aconteceu em Sagan ela resolveu contar essa informação para todos.

Aquela informação certamente surpreendia Ryan e Margot, mas ao mesmo tempo explicava muitas coisas. O fato da mera presença da garota colocar medo em um bando de tritões e também que sozinha ela conseguiu impedir o ataque dos tritões/bandidos as minas de Sagan. Margot se lembrava naquele momento da luta que tiveram na 80th Branch e então reparava que o tempo todo Medaka parecia estar se contendo ao máximo.

E após mais alguns minutos de caminhada o trio chegava no escritório e logo Ryan tomava a dianteira, batendo na porta. Ele escutava um "pode entrar" do lado de dentro e o fazia, sendo seguido pelos seus dois companheiros. Dentro do escritório notava que todos os marinheiros recrutas já estavam ali dentro, com Medaka sentada na mesa do antigo capitão com os cotovelos encostados na mesa e os dedos entrelaçados.

Creio que Meg ou Adon tenham falado pra vocês sobre o meu atual status nessa tripulação. Eu não gostaria muito de me estender nesse assunto, mas se tiverem qualquer dúvida sintam-se livres para perguntar o que quiserem. Estou prestes a explicar a nossa próxima missão e quero a mente de vocês 100% focada nisso, por isso vamos tirar quaisquer dúvidas do caminho... - Ela falava séria, alternando calmamente seu olhar entre cada um dos marinheiros ali. Esperava então por quaisquer perguntas que poderiam vir a lançar...

mp
^
Redenblack D. Ryan
 Posted: Mar 28 2016, 08:23 PM
citar


Redenblack D. Ryan




Subtenente



569 posts

Ficha

Redenblack D. Ryan is Offline

Narrador




Redenblack D. Ryan
O caminho da Justiça não é algo que você diz percorrer,
Mas sim é algo que você prova a cada dia.
A Verdadeira Justiça é fazer o correto em prol das pessoas e das que mais necessitam!
A entrega!

Durante o trajeto, eu perguntava pro Adon-san sobre o porquê de Medaka-san nos chamar no escritório do capitão Daichi e ele explodiu a bomba na minha cara. Fiquei sem palavras, parando no caminho e encarando para ele, por um tempo, com os olhos semi-cerrados como se não acreditasse no que ele dizia, até que abri completamente a boca e arregalei os olhos, erguendo ambos os braços e ficando sobre apenas a perna esquerda, retraindo o corpo para atrás e exclamando em alta voz.


[Ryan] -OOO QUÊEEEEE?? MEDAKA-SAN É UM... MAJOR????!! -

Não conseguia acreditar mas, voltando atrás para tudo o que passou em Sagan, até que fazia sentido. Afinal os tritões estavam bastante intimidados por ela, sozinha conseguiu deter o ataque nas minas e sem nos esquecer que, no navio onde Kurthnaga estava, ela fora a unica sobrevivente. Mas que seria difícil se acostumar a isso, era um fato!

Uma vez diante da porta do escritório dei três leves batidas. assim que ouvi uma voz nos dando a autorização para entrar, eu engolia seco a saliva e entrei. Meu coração palpitava e me sentia meio constrangido, afinal era a primeira vez que encontrava um Major e na minha cabeça passava uma pergunta: será que alguma vez faltei de respeito para Medaka-san? Será que me comportei de maneira inapropriada diante da Major?


[Ryan] -C-com l-licença! -

Com a voz tremendo, eu abria lentamente a porta e entrava, todo nervoso. Vários outros recrutas estavam no local e, assim que vi Medaka-san sentada na mesa, me posicionei a frente dela, fazendo o tipo cumprimento da marinha e permanecendo firme e rígido, olhando para o alto.


[Ryan] - Recruta Redenblack D. Ryan se apresentando ao serviço! -

Realmente, não sabia como devia me comportar diante de um Major, mas tentava ser o mais educado possível. Ela perguntava se eu ou Margot tivéssemos alguma duvida quanto á sua posição pois nos queria focados na missão e sem nenhuma distração. Eu, por minha parte, estava de boa com aquilo. Eu acreditava que, se estava naquela posição, foi por merecimento e devia ter seus bons motivos por não o ter revelado antes. Tudo o que eu mais queria saber era sobre a nossa nova missão e já me preparar para essa.


[Ryan] -Nenhuma duvida quanto a isso, Major-san!Dada a sua posição não tem o que se justificar para nós, apenas temos de obedecer. Sendo assim, nos fale sobre a missão, minha mente já está focada nisso! -

Após ter dado um longo suspiro, sentindo-me um pouco mais calmo, eu falava de forma sincera para a Major - apesar de um pouco confusa pois não esperava que estava pronta para se justificar - mas mantendo a educação e o respeito. Agora restava ver se Margot-san tinha ou não suas duvidas e ouvir sobre o que a nossa missão se trataria.

Coded by Lint Roller of RPG-Directory.com



Estilo Avançado: Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) (4 PE)
Numa tentativa falha de aprender o "Punho do Dragão", o estilo de seu falecido pai, Ryan acabou criando um outro estilo de combate. Esse estilo comporta em movimentos, acrobacias e passos rápidos, tentando imitar a velocidade e a ferocidade de um lobo em seus golpes; o movimento das mãos e a posição dos dedos imitam as garras e a mordida de um lobo. É possível notar como que a aura de um lobo por detrás do Ryan quando adota esse estilo de combate. (Requisitos: Lutador de Rua/ Acrobata)
Bônus: +5 Acerto, +2 ND, +1 Dano

Rōgafūfūken (Punho Presas de Lobo) [0,5 PE]
Descrição: Trata-se do golpe assinatura que ganhou o nome do próprio estilo. Consiste num a serie rápida de punhos, com as mãos em forma de garras, e finalizar com um golpe de duas mãos unidas nos pulsos, como a mordida de um lobo.
Nível: Tier 1
Requisito: Estilo de Combate "Rōgafūfūken"
Bônus: +1 Dano
Cooldown: 1 Turnos

Lutador de Rua (1 PE): O personagem sabe lutar com socos e pontapés, sem precisar seguir um estilo de marte marcial predefinido. Pode combinar este talento com uma série de outros para ampliar suas capacidades (ex: acrobacias, Haki, Akuma no Mi, estilos avançados). Caso equipe alguma arma, ainda pode combinar com chutes, cotovelas, agarrões etc.

Historiador (2 PE): Muitas vezes, tudo que você precisa é conhecimento. O historiador não desempenha nenhuma função fundamental ao bando, como o médico ou navegador. No entanto, é sempre aquele quem está por dentro dos rumores, quem entende da cultura local e dos eventos do mundo.

Arqueólogo (1 PE): Conhecimento dos povos antigos a partir da análise de vestígios materiais. Inclui o conhecimento da existência dos povos antigos, sua cultura, lendas etc.

• Acrobata (1 PE): Com grande capacidade de equilíbrio, consegue entrar com facilidade em locais de difícil acesso, executar difíceis manobras e realizar acrobacias diversas.

• Estrategista (1 PE): Você possui uma capacidade tática notável, consegue organizar melhor as tropas e fazer planos notáveis. Provavelmente você passou no Teste de Einstein.

• Leitor (1 PE): Você sabe ler. Não estou falando de livros! Você é capaz de ler a força das pessoas. Só de olhar alguém, consegue identificar sua força e talvez seus pontos fracos e fortes. Em batalha é capaz de ver claramente os movimentos do inimigo... claro, acompanha-los já é outra história.

• Perceptivo (1 PE): Não possui exatamente a apuração em um sentido físico, mas sim em sua capacidade de percepção. Consegue notar armadilhas e perceber emboscadas mais facilmente, além de estar sempre ligado para um possível ataque surpresa.

• Rastreador (1 PE): Identifica com facilidade sinais de pegadas e de outros sinais de passagem, seja de animais ou humanos, identificando as trilhas que foram tomadas por seu alvo.

• Recuperação Espantosa (2 PE): O personagem possui uma recuperação fora do normal, seja para ferimentos ou para fadiga. Enquanto uma pessoa normal estaria de cama, recuperando-se duma batalha, você já está ativo e pronto para a próxima. Geralmente, o personagem possui um tipo preferido de recuperação (ex: comendo ou descansando).

Resoluto (1 PE): O personagem é incansável, capaz de passar dias inteiros sem dormir ou se exercitar por horas sem mostrar exaustão. Após um longo período acordado, a pessoa dorme dias inteiros sem intervalo, sendo inútil qualquer tentativa de acordá-lo.
mp
^
0 User(s) are reading this topic (0 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Pages: (5) 1 2 3 ... Last »
fechado
novo tópico
fazer enquete