Santuário RPG
versão 8.1

Profile
Personal Photo

No Photo

Options
Custom Title
Magi doesn't have a custom title currently.
Personal Info
Location: No Information
Born: No Information
Website: No Information
Interests
No Information
Other Information
Atalho 2: No Information
Atalho 3: No Information
Ficha:: http://rpgonepiece.com/index.php?act=ST&f=7&t=5580
Atalho 1: No Information
Imagem da Facção: http://files.jcink.net/uploads/bnwrpg/aventureiro.png
Cargo da Facção: No Information
Cor da Facção: cecece
Pronome:: Ele
Idade: No Information
Alias: Sinbad
Statistics
Joined: 13-February 18
Status: (Offline)
Last Seen: May 16 2018, 09:20 PM
Local Time: May 20 2018, 10:48 AM
9 posts (0.1 per day)
( 0.02% of total forum posts )
Contact Information
AIM No Information
Yahoo No Information
GTalk No Information
MSN No Information
SKYPE No Information
Unread Message Message: Click here
Unread Message Email: Private
Signature
View Signature

Magi

Aventureiro

Topics
Posts
Comments
Friends
My Content
Mar 15 2018, 01:05 AM
[dohtml]<blockquote><justify><font=Verdana>Parecia ser mais um dia qualquer no "famoso" Reino de Parthevia. Afinal, nunca se espera que uma aventura venha a ter início em um dia comum. <b>- Bem..Acho que é hora de ir! - </b>disse para mim mesmo, em mim habitação, - sequer podia chamar aquele lugar de casa - um lugar pútrido e com poucos móveis. Dei um longo suspiro, pensativo, arrumando o pouco que me restava, à medida em que me vesti com uma túnica totalmente branca, com o símbolo de "Parthevia" próximo ao peito da roupa. Por mais que eu fosse um nativo do reino, isso não me impedia de possuir um pensamento de rebeldia em relação ao que estava sendo feito com o arquipélago: pesados impostos, governantes abusivos e, é claro, descontentamento de grande parte da população. <i>"Eu..vou mudar isso. Farei desse reino meu,
algum dia."
</i>Um pensamento um tanto quanto presunçoso de minha parte, contudo, devo admitir de que, no fundo, havia determinação na forma em que eu pensava. Dando uma última olhada para o que eu, por muito tempo, chamei de "lar", eu daria um sorriso, antes de enfim virar de costas e tornar a andar. Deixar "tudo" para trás quando não se tem "nada" não era tão difícil quanto parecia, no fim das contas. Um garoto, 200 mil berries e um sonho. Tudo para dar certo,
não?[/dohtml]

[dohtml]Eu tornaria a andar pela cidade, observando tudo e todos, com certo interesse, buscando analisar tudo minuciosamente. Sem querer me gabar, eu tinha certeza de para onde eu estava indo(Senso de Direção) ou, pelo menos, para onde eu desejava que minhas pernas me levavam: Qishan, talvez o único resquício do que sobrou do "melhor" e do "pior" do reino. Deixe-me explicar melhor, para situar-lhe na situação em que a capital de Parthevia se encontrava: de um lado, um lugar grandioso, em ascensão, onde não parecia haver escassez de comida e pobreza. De outro, porém, apenas a parcela privilegiada da população. Ricos, comerciantes, nobres.. Tsc, só de ficar cercado de pessoas que contribuíam para a situação alarmante no restante do reino chegava a me dar ânsia de vômito. Apesar disso, eu seguiria caminhando, com certa postura de um nobre (Compostura), por mais que aquilo, para mim, não passasse de puro fingimento. [/dohtml]

[dohtml]Caso encontrasse uma mulher sozinha, eu me aproximaria da mesma, com um sorriso cativante e amigável no rosto, por mais que estivessem sendo um tanto quanto forçados. Pegaria-lhe a mão, olhando-a nos olhos e, após suspirar calmamente e pausadamente, eu tornaria a falar. - Olá, senhorita.
Por acaso, sabes me indicar para onde devo ir a fim de encontrar a loja de armamentos mais próxima? -
falaria, fingindo certo sotaque, na tentativa de parecer ser de uma classe social mais elevada. Após ser respondido, eu soltaria a mão dela, caso ela ainda não o tivesse feito e, após isso, seguiria meu rumo: a loja de armas.
</font>
</justify>
</blockquote>[/dohtml]
Last Visitors


May 16 2018, 09:40 PM




May 16 2018, 09:21 PM




Mar 18 2018, 02:10 AM



Comments
No comments posted.
Add Comment